PUBLICIDADE
Topo

Pergunta pro Jokura

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Qual foi o primeiro reality show? Imaginou o BBB na TV em preto e branco?

Origem do reality show tem relação com as videocassetadas e pegadinhas com câmera escondida - Unsplash
Origem do reality show tem relação com as videocassetadas e pegadinhas com câmera escondida Imagem: Unsplash
Conteúdo exclusivo para assinantes
Tiago Jokura

Tiago Jokura é jornalista e, portanto, curioso profissional. Passou os últimos 15 anos respondendo as dúvidas mais complexas e inusitadas dos leitores na mídia impressa, na tentativa infinita de explicar como o mundo funciona com clareza e bom humor. Agora, continua essa saga aqui no UOL.

21/02/2022 04h00

Qual foi o primeiro reality show? - Pergunta de Filinto Hermano, Lagoa Real (BA) - quer enviar uma pergunta também? Clique aqui.

Agora você me colocou contra o paredão, caro lagoa-realense. Escavemos a história televisiva para eliminar essa dúvida —ou quem sabe até aumentá-la.

Digo isso porque há vários critérios para determinar o pioneiro entre os programas de TV sem roteiro pré-definido, com câmeras registrando a "vida real".

Com base nesta simplória definição, o primeiro reality teria sido o "Candid Camera" —sim, um dos fornecedores das videocassetadas que até hoje são narradas pelo Faustão em seu programa de auditório e que também foi fonte de inspiração para as antigas pegadinhas do Gugu e do Silvio Santos.

Lá pelos idos de 1948, já se filmava, com câmeras escondidas, situações em que alguém pregava uma peça em desavisados para provocar risadas na audiência.

Nos anos 1950, começaram a pipocar os game shows, gincanas televisivas que, embora não documentassem a vida dos participantes, seriam ingredientes fundamentais para os reality shows de competição como conhecemos hoje.

Em 1964, no Reino Unido, o programa "Seven Up!" ousou no fôlego da produção e pode ser considerado o primeiro reality show de longo prazo.

A maratona televisiva consistia em documentar parte da vida de garotos de sete anos de idade e a cada sete anos voltar a entrevistá-los para um novo episódio.

No total, a "Up Series", como ficou conhecido o material final, teve nove episódios e durou 56 anos, visitando os personagens dos sete aos 63 anos de idade.

A década seguinte foi pródiga em programas de TV captando o cotidiano de famílias. É o caso dos seriados "An American Family" (1973) —que terminou em divórcio e com um dos filhos do casal Loud revelando sua homossexualidade— e do britânico "The Family" (1974), que acompanhou a família Wilkins.

Mas foi só nos anos 1990 que o conceito de câmeras acompanhando desconhecidos confinados por um longo período de tempo se estabeleceu. O embrião do Big Brother foi a produção holandesa "Nummer 28", de 1991. O resultado era como uma novela da vida real.

Só que ainda faltava o tempero do game show. E ele apareceu na Suécia, em 1997. O programa "Expedition Robinson" (que depois virou "Survivor" em outros países e "No Limite" aqui no Brasil), incorporou elementos de competição e eliminação que faltavam no caldo do confinamento/isolamento.

Estava pronta a receita para o holandês "Big Brother" estrear na Holanda, em 1999, e chegar aqui no Brasil em 2002. O resto é história, caro lagoa-realense.

Tem alguma pergunta? Deixe nos comentários ou mande para nós pelo WhatsApp.