PUBLICIDADE
Topo

Pergunta pro Jokura

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Por que a ordem das teclas de números muda do telefone para a calculadora?

Pixabay
Imagem: Pixabay
Conteúdo exclusivo para assinantes
Tiago Jokura

Tiago Jokura é jornalista e, portanto, curioso profissional. Passou os últimos 15 anos respondendo as dúvidas mais complexas e inusitadas dos leitores na mídia impressa, na tentativa infinita de explicar como o mundo funciona com clareza e bom humor. Agora, continua essa saga aqui no UOL.

29/11/2021 04h00Atualizada em 29/11/2021 16h13

Por que o teclado numérico do telefone é invertido em relação ao da calculadora? - Pergunta de Maitê Clara Lima, de Telêmaco Borba (PR) - quer enviar uma pergunta também? Clique aqui.

Quantos anos você tinha quando descobriu isso, cara telêmaco-borbense? São variadas as respostas para o seu questionamento —até porque ninguém sabe ao certo o porquê dessa inversão numérica. Afinal, por que as teclas de calculadoras começam com o número 1 lá embaixo e os telefones iniciam a contagem na parte superior?

O que se sabe é que as calculadoras vieram antes e que elas não foram consideradas como um padrão na hora de montar os primeiros teclados telefônicos.

Na verdade, a primeira hipótese é de que tenha sido justamente o contrário.

Há quem diga que os números do telefone tenham sido invertidos de propósito para que as pessoas, já acostumadas a operar calculadoras, não digitassem tão rápido —o que poderia atrapalhar o funcionamento dos aparelhos à época.

Quando vieram os teclados de computador, o uso era basicamente matemático, então a configuração das calculadoras prevaleceu.

Outra explicação, digamos, mais documentada para a inversão está no estudo Human Factor Engineering Studies of the Design and Use of Pushbutton Telephone Sets feito pela fabricante de aparelhos Bell nos anos 1960.

Os caras testaram 18 modelos de teclados (veja na imagem a seguir), incluindo formatos com duas fileiras de 5 dígitos, piramidal, em cruz e até com os números distribuídos em padrão circular, lembrando as antigas rodas de discagem.

A configuração que demonstrou ser de mais fácil uso foi a de matriz 3x3, com 1, 2 e 3 na parte de cima mesmo.

Teclado - Reprodução - Reprodução
Imagem: Reprodução

Outra justificativa para a consagração da inversão seria a de que teclados com os primeiros números na parte de cima facilitaram a adaptação do alfabeto nas teclas (ABC na tecla 1, DEF na tecla 2 e assim por diante).

Imagina o alfabeto começando lá embaixo no teclado, na ordem contrária à leitura convencional, que confusão.

Tem alguma pergunta? Deixe nos comentários ou mande para nós pelo WhatsApp.