PUBLICIDADE
Topo

Pergunta pro Jokura

Dá para ir à Lua e voltar: quais são as maiores migrações do reino animal?

Pixabay
Imagem: Pixabay
Tiago Jokura

Tiago Jokura é jornalista e, portanto, curioso profissional. Passou os últimos 15 anos respondendo as dúvidas mais complexas e inusitadas dos leitores na mídia impressa ? na tentativa infinita de explicar como o mundo funciona com clareza e bom humor. Agora, continua essa saga aqui no UOL. Mande sua pergunta cabeluda que ele faz questão de pentear.

07/09/2020 04h00

Pergunta de Eduardo Parrerito, de Brasília (DF) - quer enviar uma pergunta também? Clique aqui

Salve, Eduardo. Não sou a Mônica, mas vou te explicar coisas sobre o céu, a terra, a água e o ar —mais especificamente sobre as espécies recordistas em deslocamento nesses meios.

O animal que mais viaja na vida, disparado, é a andorinha-do-ártico. Todo ano, cerca de 2 milhões desses pássaros viajam, em média, 71 mil km para tirar férias de verão, voando da Groenlândia para a Antártida —e voltando depois da farra, claro. Para fins de comparação, a viagem equivale a quase duas voltas ao redor da Terra (1,77 volta para ser mais preciso).

Como essas diminutas aves, que pesam cerca de 115 g, chegam a viver mais de 30 anos, estima-se que, ao longo de sua existência uma andorinha-do-ártico percorra 2,4 milhões de quilômetros —pouco mais de três viagens à Lua, ida e volta.

A rota das andorinhas-do-ártico só foi mapeada depois que cientistas desenvolveram um rastreador leve o bastante (1,4 g) para as aves suportarem carregar. E o caminho é tão extenso porque elas ziguezagueiam ao longo da trip interpolar. Na volta, fazem escala pela África e pela América do Sul, cruzando o Atlântico num esforço aparentemente desnecessário. A hipótese para isso é de que elas aproveitam padrões de vento atmosférico que, apesar de aumentarem o percurso, diminuem o esforço delas nessa mais de volta e meia ao mundo.

Uma menção para lá de honrosa entre as aves cabe também à pardela-escura, segundo lugar na migração animal mundial. Seus 20 milhões de indivíduos voam 64 mil km, anualmente.

No mar e entre os mamíferos, embora se fale muito das jubartes nadando 25 mil km por ano, esse trajeto é o total percorrido. Falando apenas de rotas migratórias, a maior já observada, entre Brasil e Madagascar, foi de 9.800 km. Concorrem com as baleias os elefantes-marinhos-do-norte e seus 21 mil km percorridos anualmente.

Na superfície terrestre, as distâncias diminuem, mas não deixam de impressionar: as renas percorrem até 5,5 mil km no total, mas a maior rota migratória documentada foi de 1.350 km. Será que veio daí a tradição de puxarem o trenó do Papai Noel mundo afora?

Fontes: Artigos - Tracking of Arctic terns Sterna paradisaea reveals longest animal migration; Double Migrations of the Northern Elephant Seal, Mirounga angustirostris e Longest terrestrial migrations and movements around the world.

Tem alguma pergunta? Deixe nos comentários ou mande para nós pelo WhatsApp.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL.