PUBLICIDADE
Topo

Pergunta pro Jokura

Qual é o animal faz mais sexo? E qual é mais bem dotado?

Baleia azul: imagina o tamanho dessa virilidade... - Getty Images
Baleia azul: imagina o tamanho dessa virilidade... Imagem: Getty Images
Tiago Jokura

Tiago Jokura é jornalista e, portanto, curioso profissional. Passou os últimos 15 anos respondendo as dúvidas mais complexas e inusitadas dos leitores na mídia impressa ? na tentativa infinita de explicar como o mundo funciona com clareza e bom humor. Agora, continua essa saga aqui no UOL. Mande sua pergunta cabeluda que ele faz questão de pentear.

30/09/2019 04h00

Pergunta de Leonardo Leopoldo, de Arroio do Tigre (RS)

Caro cidadão tigrense, vou te ensinar uma coisa: essa coisa de virilidade no reino animal é difícil de ranquear. São muitas e variadas as espécies com performances de causar inveja a quem valoriza a quantidade de relações, para nos fixarmos em um critério objetivo.

Se você pensou no coelho, errou. Ele nem entra na lista dos mamíferos que mais copulam, já os leopardos, seus quase xarás, por exemplo, foram observados em maratonas de acasalamento que duraram até 3 dias, mantendo uma cópula a cada 15 minutos. Ou seja, são quatro transas por hora, em média.

Há quem diga também que leoas e leões não ficam para trás na volúpia. Durante o período fértil das leoas, que dura pelo menos três dias, a atividade é intensa. Os animais podem copular a cada 15 minutos noite e dia, até a completa exaustão. Alguns especialistas garantem que os leões podem chegar a ter mais de 80 cópulas em um só dia.

Outras espécies menos conhecidas até superam a performance dos felinos: um exemplo é o kaluta (Dasykaluta rosamondae), marsupial australiano que, quando atinge a maturidade, se engaja em sexo frenético com várias parceiras, em sessões que podem durar até 14 horas seguidas. É tanto sexo que o bichinho de 10 cm morre de tanto transar.

Durante o cio da chimpanzé fêmea, cerca de sete dias, elas encontram vários parceiros sexuais e podem se dedicar a atividade até 10 vezes ao dia. A espécie também é adepta ao sexo grupal.

Já o pequeno marsupial (mesma classe dos cangurus) do gênero Antechimus preza pela fidelidade, pelo menos por um dia. Apesar de o macho ter várias parceiras, sua ejaculação dura pelo menos três horas e ele fica preso à fêmea por até 12 horas para garantir que seu esperma fique dentro dela. O esforço do bichinho é tão grande que muitos machos acabam morrendo de tanto fazer sexo.

A virilidade do peixinho de aquário Guppy é tanta que os aquaristas recomendam colocar pelo menos cinco fêmeas para cada macho no aquário. O macho da família Poecilidae é capaz de copular cinco vezes por minuto.

Mas vamos gozar desses dados de virilidade como preliminares e listar, rapidinho, outros expoentes do sexo animal:

O mais liberal

BONOBO: Os mais despudorados são essa espécie de macaco. Como comem de tudo - folhas, frutos, raízes e pequeno animais -, os bonobos não brigam por alimento. Tanta tranquilidade estimula a invenção de brincadeiras sexuais das mais ousadas para passar o tempo. Além de copularem sem fins reprodutivos -raridade entre os animais -, topam qualquer parada: macho com macho, fêmea com fêmea, masturbação, sexo oral, variadas posições... tudo muito natural.

O mais bem dotado

BALEIA AZUL: O maior animal do planeta tinha mesmo que ser o dono do órgão sexual mais avantajado. Ele fica guardado dentro do corpo enquanto o clima não esquenta. Ao ser exposto, chega a medir mais de três metros de comprimento. Nada de mais para um bicho com cerca de 30 metros de comprimento e 150 toneladas.

Proporcionalmente, entretanto, os animais mais bem dotados são algumas espécies de crustáceos, popularmente conhecidas como cracas, nas quais o dito cujo mede oito vezes mais do que o próprio corpo. E sabe quem, curiosamente, era tarado por (estudar) esses bichos? Um tal de Charles Darwin...

Tem alguma pergunta? Deixe nos comentários!