PUBLICIDADE
Topo

Nunca Vi 1 Cientista

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Usa caixinhas para guardar remédios? Provavelmente você está fazendo errado

iStock
Imagem: iStock
Conteúdo exclusivo para assinantes
Ana Bonassa e Laura de Freitas

Nunca Vi 1 Cientista é um grupo de divulgação científica encabeçado pelas jovens cientistas Ana Bonassa e Laura de Freitas para estimular o contato com a ciência.

01/12/2021 16h00

Você tem o hábito de tirar os comprimidos da cartela e distribui tudo em caixinhas de plásticos com divisórias pelos dias da semana? Muitas pessoas acreditam que ao fazer isso elas terão maior controle sobre a administração de seus remédios. Porém, se o processo não for feito de maneira correta, existem riscos para a saúde.

As embalagens, como cartelas, envelopes e blister, são desenvolvidas para proteger os medicamentos da exposição ao ambiente. Elas garantem a conservação das características físico-químicas, farmacológicas e microbiológicas dos materiais.

Como você pode ver na explicação que demos no vídeo acima, ao manter os remédios fora de suas embalagens originais, a umidade e o contato com o ar podem ter impacto direto nos materiais.

Com isso, é possível uma diminuição de sua eficácia e até a criação de substâncias tóxicas para quem os consumir.

As populares caixinhas de plástico, chamadas de porta remédios, só devem ser usadas se os comprimidos forem mantidos dentro da embalagem original.