PUBLICIDADE
Topo

Nunca Vi 1 Cientista

ANÁLISE

Texto baseado no relato de acontecimentos, mas contextualizado a partir do conhecimento do jornalista sobre o tema; pode incluir interpretações do jornalista sobre os fatos.

Série de comédia Space Force comete o velho erro de estereotipar cientistas

Ana Bonassa e Laura de Freitas

Nunca Vi 1 Cientista é um grupo de divulgação científica encabeçado pelas jovens cientistas Ana Bonassa e Laura de Freitas para estimular o contato com a ciência.

Com colaboração de Marcella Souza

26/04/2021 04h00

Você não sabe o que exatamente faz um cientista? Este vídeo da nossa série sobre erros científicos da ficção vai esclarecer muitas de suas dúvidas. Vamos pegar o "Space Force", da Netflix, e mostrar todos os vacilos da série de comédia ao retratar os cientistas. E spoiler: os personagens só reforçam estereótipos.

Não conhece a história da série? Vamos lá: em 2018 o presidente norte-americano Donald Trump anunciou a criação de um novo braço das Forças Armadas dos Estados Unidos: a Space Force (sim, aquela cujo logo foi acusado de plagiar o de "Star Trek"). A trama aborda o dia a dia dessa grande instituição militar.

O objetivo da Space Force (ou Força Espacial, na tradução para o português) é colocar as pessoas de volta à Lua. Para isso, cientistas são designados para executar a missão. E é aí que as gafes começam a surgir.

Na série, os cientistas têm suas especialidades, mas será que é assim na vida real? Onde que a ficção forçou a barra e criou um profissional que faz coisas que não fazem sentido algum?

No vídeo, a Marcella Souza, doutora em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos, mostra uma listinha de absurdos que vão surgindo nos episódios.

E se você gostou e quer ajudar nosso trabalho, convidamos para colaborar com a nossa vaquinha virtual.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL