PUBLICIDADE
Topo

Denise Tremura

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Pfizer é Grifinória? No Twitter, vacinação tem tudo a ver com Harry Potter

Harry Potter usa o chapéu seletor em Hogwarts em cena do filme "Harry Potter e a Pedra Filosofal" - Reprodução
Harry Potter usa o chapéu seletor em Hogwarts em cena do filme "Harry Potter e a Pedra Filosofal" Imagem: Reprodução
Conteúdo exclusivo para assinantes
Denise Tremura

Denise Tremura estudou Letras, é escritora, blogueira, leitora, twitteira, youtuber, palpiteira, web influencer engajada nas redes sociais e sempre atenta ao que vira tendência.

01/09/2021 04h00Atualizada em 01/09/2021 21h56

É cada vez mais comum no Brasil encontrar os amigos vacinados, independente da idade. A curiosidade em saber qual o laboratório da vacina que o coleguinha tomou foi o tema de um tuíte do Rafael Gonzaga (@rafaaagonz) que viralizou nesta semana.

Rafael, jornalista, 30 anos, conta à coluna que esse diálogo tem acontecido muito entre ele e seus amigos, conforme a vacinação avança:

"Não é sobre escolher vacina, mas quando um amigo avisa que vacinou, a gente quer saber qual foi o imunizante por curiosidade mesmo. Daí se é o mesmo que o seu, rola aquela identificação, você quer saber se as reações foram parecidas etc. A gente esperou tanto para vacinar que, quando rola, parece que a gente quer compartilhar esse alívio através dessas conversas bobas mesmo."

Muitos internautas se identificaram com o autor do tuíte:

E observaram que a vacina pode se tornar mais uma característica da pessoa, como o signo ou a casa de Hogwarts à qual ela pertence:

E por falar na escola frequentada pelo bruxinho Harry Potter (que é dividida em casas de acordo com a personalidade dos alunos), o pessoal definiu as vacinas de acordo com as quatro casas de Hogwarts:

Rafael Gonzaga achou hilário as comparações da galera potterhead:

"Já adianto que eu mesmo acho que a CoronaVac seria a Lufa-Lufa por ser subestimada equivocadamente por muitos, a Pfizer seria a Grifinória por ter sido boicotada pelo Gabinete do Ódio, a Janssen seria a Corvinal por entregar eficiência em uma dose e a AstraZeneca a Sonserina porque a imunização ali é violenta hahaha."

Notou-se uma cumplicidade nos efeitos adversos de quem compartilhou da mesma vacina:

Afinal, assim como o signo, o time do coração ou a casa de Hogwarts, o imunizante também virou motivo de orgulho e de identificação entre os internautas:

Rafael diz que acha importante a gente falar muito da vacina.

"É uma alegria se vacinar e poder compartilhar isso com os amigos, familiares. E se falar sobre pode estimular mais pessoas a irem atrás da imunização, melhor", finaliza.

Quem quiser seguir o Rafael no Instagram, o seu perfil é @rafaaagonz.