PUBLICIDADE

Topo

Call of Duty: cheat pode render banimento para sempre em todos os jogos

Divulgação/Blizzard Activision
Imagem: Divulgação/Blizzard Activision

De START, em São Paulo

16/11/2021 11h58

Em uma nova postagem no blog da franquia Call of Duty, a equipe responsável pelo novo sistema contra trapaças e hacks anunciou que os termos de punição foram atualizados. Agora, existe a possibilidade de banir um jogador permanentemente de todos os jogos Call of Duty - inclusive os que ainda nem foram lançados.

"Suspensões permanentes por infrações de segurança agora podem ser aplicadas para toda a franquia, incluindo Call of Duty Vangard, bem como qualquer outro título do passado, presente ou futuro da franquia", afirma o texto.

Ou seja, quem usar um cheat em Vanguard pode ser expulso não só desse jogo, mas também de Pacific Warzone, por exemplo. A pessoa simplesmente nunca mais vai tocar em um CoD.

O novo sistema anti-cheat, chamado Ricochet, deve entrar em funcionamento em dezembro. Ele é similar ao que a Riot implementou em jogos como League of Legends, e que foi bem recebido pela comunidade.

São quatro pilares principais: aumento na segurança dos jogos por meio de melhorias nos servidores; checagem em nível "kernel" (termo de TI que se refere ao "núcleo" do código) para descobrir aplicativos ou softwares tentando modificar o jogo; proteção à privacidade mantendo o driver do jogo ativo apenas quando o jogo estiver rodando; e melhorias nos sistemas de denúncias feitas pelos próprios jogadores.

SIGA O START NAS REDES SOCIAIS

Twitter: https://twitter.com/start_uol
Instagram: https://www.instagram.com/start_uol/
Facebook: https://www.facebook.com/startuol/
TikTok: https://www.tiktok.com/@start_uol?
Twitch: https://www.twitch.tv/startuol