PUBLICIDADE

Topo

Battlefield 2042: beta já sofre com ataques de hackers e cheaters

Divulgação/EA
Imagem: Divulgação/EA

De START

Em São Paulo

08/10/2021 10h52

Battlefield 2042 mal entrou em beta aberto, na quarta (6), e já foi invadido por hackers. Exemplos já estão surgindo nas redes sociais.

As cenas acima mostram hacks relativamente simples, mas que já envolvem aimbots e wallhacks, por exemplo. E são particularmente preocupantes para a imagem da EA, que passou meses promovendo um sistema chamado Easy Anti-Cheat, que supostamente facilitaria o combate aos trapaceiros.

Por outro lado, a desenvolvedora Dice incluiu no jogo ferramentas que dão mais autonomia aos usuários na hora de denunciar os cheaters. Dependendo do caso, eles poderão até receber autorização para punir ou excluir quem burlou as regras. O problema é que isso ainda não foi liberado nesta fase de beta. Só estará ativo quando o jogo for lançado, em 19 de novembro.

Enquanto isso, já existem relatos de fornecedores de cheats no mercado negro. Um deles, na China, vendia essa vantagem para o beta por US$ 2 dólares por dia.

É possível que a invasão do sistema da EA, ocorrida em junho, possa ter facilitado a criação de cheats e hacks, já que um dos dados vazados foi o código-fonte do motor Frostbite, utilizado no jogo.

A EA ainda não se manifestou sobre o ocorrido.

SIGA O START NAS REDES SOCIAIS

Twitter: https://twitter.com/start_uol
Instagram: https://www.instagram.com/start_uol/
Facebook: https://www.facebook.com/startuol/
TikTok: https://www.tiktok.com/@start_uol?
Twitch: https://www.twitch.tv/startuol