PUBLICIDADE

Topo

Diablo II Resurrected: dicas para criar um poderoso Necromante de Evocação

Daniel Esdras

do GameHall

01/10/2021 04h00

O Necromante é uma das classes mais amadas de Diablo II. E continua popular (e muito bem indicada) para a remasterização do jogo, Diablo II Ressurrected, lançada em setembro.

Sua versatilidade permite abordar a batalha de várias formas, seja invocando aliados das trevas com magia negra para fazer o serviço sujo ou aplicando efeitos adversos nos inimigos.

Builds para Necromancer em Diablo II Ressurrected

Necro - Reprodução/Daniel Esdras - Reprodução/Daniel Esdras
Diablo 2: Necromancer
Imagem: Reprodução/Daniel Esdras

Há várias builds possíveis para essa classe. A escolha depende da sua experiência em Diablo II e de seu estilo preferido. Vamos destacar as três mais famosas e aprofundar em uma delas, a Evocação.

Lança de Ossos

A build Lança de Ossos se concentra em minar a movimentação dos inimigos. Essa habilidade invoca um espeto de osso mortal para empalar os rivais e causar dano massivo, desde que as outras habilidades que a melhoram (como Dentes e Parede de Ossos) também tenham recebido pontos anteriormente.

Nova Venenosa

Quem investe na Nova Venenosa está em busca de um alto dano em área. Essa variação do Necromante é uma das melhores para demolir hordas de inimigos de uma só vez. É possível envenenar tanto de perto quanto de longe, o que também abre possibilidades e diminui algumas fraquezas. Mais indicada para veteranos.

Evocação

Essa é a build que indicamos para quem irá jogar com a classe pela primeira vez. Utilizando esqueletos e golens, ela deixa os lacaios convocados cuidarem dos combates físicos, enquanto o Necromante foca em diminuir a resistência dos rivais ou explodir corpos para causar dano em área. Seu objetivo será conseguir auras poderosas e itens que melhorem a eficiência das magias escolhidas.

Atributos

Diablo - Reprodução/Daniel Esdras - Reprodução/Daniel Esdras
Diablo 2: Necromancer
Imagem: Reprodução/Daniel Esdras

Enquanto o Necreomante de Evocação se posiciona da forma mais segura possível, seus esqueletos serão responsáveis por causar e receber todo o dano. No entanto, nem sempre isso será suficiente para segurar os inimigos, até porque, muitas vezes, eles estarão em maior quantidade. Assim, a vitalidade será um dos atributos mais importantes do personagem, para aumentar sua resistência a danos.

Força: Incremente apenas o suficiente para equipar as melhores armaduras do jogo. Algo entre 150 e 210 pontos, dependendo dos seus itens. O escudo chamado Espírito pede 156, por exemplo.

Destreza: De novo, incremente apenas o suficiente para equipar as melhores armaduras e armas. Algo em torno de 50 a 70 pontos.

Vitalidade: Adicione todos os pontos restantes aqui. Quanto mais, melhor.

Energia: Evite colocar pontos em energia; somente alguns ajustes, se necessário.

Habilidades

Habilidades - Reprodução/Icy Veins - Reprodução/Icy Veins
Diablo 2: Necromante habilidades
Imagem: Reprodução/Icy Veins

Como o objetivo é a invocação de esqueletos, primeiro você deve maximizar a habilidade Reviver Esqueleto. Além disso, coloque um ponto em Amplificar Dano logo no início, já que é a maldição responsável por aumentar o dano dos minions.

Assim que a habilidade Golem de Barro for liberada, no nível 6, coloque um ponto nela. Esse lacaio vai aguentar muito dano e facilitará o caminho pelos dois primeiros atos.

A partir daí, você deve maximizar a Maestria do Esqueleto, que dará ainda mais resistência e dano a esses mortos-vivos. Por volta do nível 40, você deve terminar o ato V na dificuldade normal e chegar até essa etapa da build.

Para dominar as outras dificuldades, você poderá escolher entre os outros Golens ou causar dano com Explosão de Corpos.

Lembre-se que é possível redistribuir os seus pontos até três vezes, ao conversar com Akara no Acampamento Renegado. O ideal, porém, é guardar pelo menos uma dessas oportunidades para depois do nível 75, quando as dificuldades insanas vão exigir um refinamento ainda maior. Se você já gastou as três vezes com a Akara, é possível resetar sua build por outros meios depois, mas é bem complicado.

Uma build de Dentes e Lança de Ossos, com apenas um Golem para segurar o dano, é mais rápida na dificuldade normal. A build de evocação é poderosa, mas depende mais de itens e níveis para atingir seu ápice. Se achar que a progressão na primeira dificuldade está lenta, mude a construção e só retorne para ela após o nível 75.

Você também pode utilizar uma calculadora de habilidade e fazer vários testes clicando aqui.

Mercenário

Diablo 2 - Reprodução/Daniel Esdras - Reprodução/Daniel Esdras
Diablo 2: Mercenários
Imagem: Reprodução/Daniel Esdras

Em Diablo II, é possível recrutar um mercenário para te acompanhar. Para o Necromante, o ideal é que o mercenário utilize uma aura, por isso a sugestão é contratar um do Ato 2, de Lut Gholein.

A melhor aura é a clássica Força/Poder, uma aura ofensiva que aumenta o dano das suas evocações. Só que ela só está disponível na dificuldade Pesadelo. Na sua jornada pelo Normal, a alternativa é escolher um mercenário com a aura Prece.

Itens

Itens - Reprodução/Daniel Esdras - Reprodução/Daniel Esdras
Diablo 2: Necromancer Itens
Imagem: Reprodução/Daniel Esdras

No início, basta equipar os melhores que encontrar e que sirvam no arquétipo do Necromante, como varinhas que melhoram as habilidades que você está utilizando. Para acelerar o ritmo, você pode conseguir equipamentos com engastes dos vendedores já no segundo ato e inserir runas de palavras com o Cubo Horádrico. Um capuz simples com duas runas Ral garante 60% de defesa contra fogo, por exemplo.

Nos níveis de dificuldade mais avançados, os itens ideais para Necromante são aqueles que garantem resistências elementais, melhoram as habilidades de evocação e aceleram a velocidade de conjuração.

Separamos os itens mais indicados, que vão ser bem difíceis de conseguir, e alguns substitutos nos espaços que permitem uma variação maior.

Use essa lista para o conteúdo do Pesadelo para cima, pós nível 70. Os nomes aqui ainda estão em inglês, já que ainda não conseguimos todos os itens na nova versão do jogo que acabou de sair e conta com localização inédita em português. Basta pegar o item que irá procurar e buscar em sites como este aqui, que até conta com interface na nossa língua.

Inventário: O ideal é conseguir os Patuás que aumentam a eficiência de evocação, mas eles são mais raros. O básico será conseguir os que dão resistência elemental, como o Emerald Grand Charm. A Hellfire Torch também é uma grande melhora.

Arma: A arma básica será uma Espada de Cristal com quatro espaços para runas. As runas seriam Thal, Thur, Ort e Amn. Já o melhor é o famoso Berserker Axe com cinco runas: Bel, Tir, Um, Mal e Lum, formando assim o Beast.

Elmo: O Shako é a opção mais indicada, com a runa Ber. É o famoso Harlequin Crest.

Armadura: A mais utilizada é a Archon Plate, com as runas Jah, Ith e Ber. Formam a Enigma.

Escudo: Coloque as runas Tal, Thul, Ort, Amn em um Monarch. Assim, você cria o Spirit.

Botas: Aldur's Advance Boots é a mais indicada, mas, até consegui-la, use qualquer bota que aumente a resistência elemental.

Luvas: Trang-Oul's são as mais populares. Assim como no caso das botas, use qualquer uma que aumente a resistência elemental até encontrá-las

Cinto: O melhor é Arachnid Mesh. No início, Carrion Harness é um bom tapa-buraco.

Anéis: Entropy Loop para a opção mais fácil. Para quem vai destrinchar o endgame, procure por dois Stone of Jordan.

Amuleto: O básico é o Stone Talisman. Já o ideal é Mara's Kaleidoscope.

SIGA O START NAS REDES SOCIAIS

Twitter: https://twitter.com/start_uol
Instagram: https://www.instagram.com/start_uol/
Facebook: https://www.facebook.com/startuol/
TikTok: https://www.tiktok.com/@start_uol?
Twitch: https://www.twitch.tv/startuol