PUBLICIDADE

Topo

Funcionários da Ubisoft apoiam protestos da Activision Blizzard

AmandaFleure/UOL
Imagem: AmandaFleure/UOL

Do START,

Em São Paulo

29/07/2021 12h40

Cerca de 500 funcionários e ex-funcionários de 32 estúdios da Ubisoft assinaram uma carta aberta nesta quarta (28) em solidariedade aos seus colegas da Activision Blizzard após polêmicas envolvendo assédio sexual, discriminação e uma cultura profissional tóxica.

A carta, publicada no site Axios e enviada aos executivos da Ubisoft, revelou que apesar de escândalos semelhantes acontecerem na Ubisoft envolvendo vários de seus diretores em 2020, nada mudou desde então. E portanto, os funcionários exigem ações mais sérias sobre isso.

"Já não é mais surpresa para ninguém: funcionários, executivos, jornalistas e jogadores sabem sobre esses atos hediondos que estão acontecendo. É hora de parar de fingir surpresa. Nós exigimos que medidas reais sejam tomadas para evitar esses problemas. Os culpados precisam ser responsabilizados por suas ações", revela a carta aberta.

Recentemente Chris Metzen, ex-presidente e cocriador de Diablo na Blizzard, lançou em seu Twitter sua declaração sobre o processo do estado da Califórnia contra a Activision Blizzard, admitindo que alguns de seus funcionários foram prejudicados por sua omissão em não perguntar e ouvir o que houve com seus subordinados.

SIGA O START NAS REDES SOCIAIS

Twitter: https://twitter.com/start_uol
Instagram: https://www.instagram.com/start_uol/
Facebook: https://www.facebook.com/startuol/
TikTok: http://vm.tiktok.com/Rqwe2g/
Twitch: https://www.twitch.tv/startuol