PUBLICIDADE

Topo

CS:GO: Danilo Avelar, zagueiro do Corinthians, assume ato racista em jogo

Amanda Santos, do Start

Em São Paulo

23/06/2021 16h42

Na manhã de hoje (23) o zagueiro Danilo Avelar, do Corinthians, admitiu em suas redes sociais ter feito comentários racistas em uma partida de Counter Strike:Global Offensive (CS:GO). O jogador foi acusado de racismo na noite de terça, após o jogador "obd" postar no Twitter um print do chat do CS:GO que revelava o atleta (com o nick D.A35) xingando outra pessoa de "fih de rapariga preta".

O tweet foi compartilhado e teve inúmeros retweets da comunidade de esports cobrando uma resposta do jogador e do Corinthians:

Alexandre "Gaules", principal streamer brasileiro e corinthiano, reagiu após o ato racista de Avelar: "Você fica decepcionado, né? Acho que todos nós. Você acha que eu não fico decepcionado? Todo mundo. A palavra é decepção mesmo", desabafou o streamer.

Gaules foi eleito o maios streamer do brasil - Game XP/Tuiki Borges - Game XP/Tuiki Borges
Imagem: Game XP/Tuiki Borges

Danilo é um dos nomes do futebol brasileiro que é fã de Counter Strike: Global Offensive, além de ser sócio da organização Bears e-Sports. Esse é o terceiro caso em menos de uma semana envolvendo atos de racismo e transfobia dentro dos esportes eletrônicos. O primeiro foi o de Hastad no Valorant, e em seguida Buxexa e Racha do Free Fire, que cometeram ato de transfobia em live.

Hoje pela manhã, Danilo Avelar se pronunciou sobre o caso e admitiu o ato: "Errei, falhei e me envergonho muito disso".

"Fala, galera. Venho aqui falar para vocês sobre a injúria de conotação racial que tem rolado pelas redes sociais atrelada ao meu nome.

Antes de mais nada, quero admitir o meu erro. O que eu escrevi durante a partida não condiz com o que penso e o que vou ensinar a meu filho.

Todos sabem que eu jogo CS:GO e, em uma das partidas, fui ofendido por um jogador estrangeiro na minha condição de brasileiro. Perdi a cabeça, mas, infelizmente piorei a situação: cometi o grave erro de escrever a um adversário uma frase de conotação racista.

Errei, falhei e me envergonho muito disso. Na nossa sociedade temos que abolir qualquer forma de racismo.

Gostaria de me desculpar com todos, sem exceção, mas sobretudo com a comunidade afrodescendente. De coração aberto, estou disposto a fazer desse erro um aprendizado honesto e integral.

Este caso me abriu os olhos para este grave problema em nossa sociedade. A reflexão que fica é que devemos fazer mais para combater o racismo com vigor e urgência, sem brechas nem exceções.

Também quero me desculpar com o Corinthians, uma instituição que desde sempre prega e luta pela igualdade, com a Fiel torcida e com meus companheiros de equipe.

Reitero, uma vez mais, que meu histórico e meu caráter não condizem com o que escrevi e que estou disposto a crescer, melhorar e mudar.

Abraços, Danilo Avelar."

A diretoria do Corinthians se reuniu nesta manhã para decidir qual decisão será tomada até o fim do dia para o atleta. Apesar dos torcedores pressionarem por uma rescisão, o clube informou em nota que está apurando o caso:

"O Sport Club Corinthians Paulista informa que tomou conhecimento do incidente que envolveu o nome do atleta Danilo Avelar nas redes sociais e que está apurando os fatos e o contexto. Atualizaremos nossa posição tão logo seja possível."

SIGA O START NAS REDES SOCIAIS

Twitter: https://twitter.com/start_uol
Instagram: https://www.instagram.com/start_uol/
Facebook: https://www.facebook.com/startuol/
TikTok: http://vm.tiktok.com/Rqwe2g/
Twitch: https://www.twitch.tv/startuol