PUBLICIDADE

Topo

Call of Duty bane 350 mil jogadores por comportamentos racistas e tóxicos

Divulgação/Activision
Imagem: Divulgação/Activision

Amanda Santos, do Start

Em São Paulo

28/05/2021 09h38

Mais de 350 mil contas de jogos como Call of Duty: Warzone, Black Ops Cold War, Modern Warfare e CoD: Mobile foram banidas pela Activision por toxicidade. Não é novidade que o ambiente dos jogos online é tóxico e a comunidade passa um bom tempo levantando hastags e enviando denúncias de racismo, machismo, homofobia etc.

Pensando nisso, a Activision publicou na última quarta-feira (26) um relatório oficial revelando a quantidade de bans aplicados nos últimos 12 meses, boa parte deles por tickets de denúncias, nicknames racistas e por ferramentas que a própria empresa utiliza para detectar infrações.

A Activision diz que os números mostram o esforço deles na luta contra essas posturas preconceituosas e desrespeitosas. A empresa promete que este é apenas o começo, que vão aumentar o sistema de moderação e que terão voz mais ativa com a comunidade do Call of Duty.

Recentemente, o START realizou uma reportagem sobre casos de perseguição e toxicidade com streamers na Twitch. Confira abaixo:

SIGA O START NAS REDES SOCIAIS

Twitter: https://twitter.com/start_uol
Instagram: https://www.instagram.com/start_uol/
Facebook: https://www.facebook.com/startuol/
TikTok: https://www.tiktok.com/@start_uol/
Twitch: https://www.twitch.tv/start_uol