PUBLICIDADE

Topo

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Sem filmes em 2020, o grande evento dos heróis da Marvel foi em Fortnite

Heróis da Marvel não se reuniram nos cinemas em 2020, mas no videogame, sim - Divulgação/EpicGames
Heróis da Marvel não se reuniram nos cinemas em 2020, mas no videogame, sim Imagem: Divulgação/EpicGames

Thaime Lopes

Colaboração para o START

10/01/2021 04h00

O ano de 2020 foi bem atípico. Pela primeira vez em uma década, não houve nenhum filme de heróis da Marvel nos cinemas. Viúva Negra foi adiado para 2021, assim como outros projetos do Universo Cinematográfico Marvel (MCU).

Sem estarem na grande tela dos cinemas, Thor, Capitão América, Homem de Ferro e cia. encontram outro ambiente para se destacarem na cultura pop: os videogames.

Apesar de um jogo próprio dos vingadores ter disso lançado em 2020, foi em Fortnite que os heróis se tornaram mais fortes. O game entregou conteúdo atrás de conteúdo dos super-heróis, com eventos do nível dos filmes, só que dentro de um jogo.

Muitos podem não ter ideia do quão grandioso eles foram. Por isso vamos contar aqui o que os fãs perderam.

Iniciativa Marvel Fortnite

Fortnite iténs vingadores - Reprodução - Reprodução
No início, somente iténs dos heróis ficaram disponíveis no game
Imagem: Reprodução

A parceria entre Fortnite e Marvel começou lá atrás, ainda em 2018. Na época, o jogo recebeu o Thanos em comemoração ao lançamento do filme Guerra Infinita.

E como o vilão se encaixava em um jogo como Fortnite? Em um modo especial no game que usava a temível manopla com as seis Joias do Infinito.

No game, funcionava assim: o primeiro jogador a pegar a Manopla do vilão se tornava o próprio Thanos, com poderes especiais, e os outros players deveriam derrotá-lo e roubar o equipamento para si. Ganhava, claro, o último sobrevivente.

Depois, em 2019, a parceria retornou na mesma época do último filme com a formação original dos Vingadores, o Ultimato. Dessa vez, armas como martelo do Thor e escudo do Capitão América fizeram suas estreias no jogo, sendo usados como itens especiais pelos jogadores nas partidas. Mais uma vez, os jogadores lutavam para derrotar Thanos em um evento especial.

A parceria já tinha dado certo e, então, a Epic Games começou a construir, aos poucos, a base para o que seria um evento de proporções galácticas.

Assim, nossos meses seguintes, personagens como Viúva Negra, Star-Lord, Capitão América e até Deadpool e Cable começaram a aparecer como bonecos que podiam ser usados dentro do game.

Avante, Vingadores!

Fartnite Marvel - Reprodução/Thaime - Reprodução/Thaime
Muitos heróis da Marvel estão em Fortnite, até aqueles fora do MCU
Imagem: Reprodução/Thaime

Em agosto de 2020, estava todo mundo trancado em casa de quarentena há quatro meses. A essa altura, o filme da Viúva Negra já havia sido adiado uma vez e não tínhamos previsão de quando poderíamos ir ao cinema tranquilamente de novo.

Foi quando Fortnite pegou um monte de herói da Marvel e colocou no Passe de Batalha do game.

O Passe, para quem não sabe, é uma espécie de conta bônus com conteúdo extras e exclusivos, que ainda é paga e possui 100 níveis. Ao completar desafios e partidas, os jogadores sobem de nível e ganham recompensas como skins, envelopamentos de armas e V-Bucks, a moeda do jogo.

Fortnite Viúva Negra - Reprodução/START - Reprodução/START
Itens, skins e emotes da Viúva Negra em Fortnite
Imagem: Reprodução/START

O passe com os heróis da Marvel ainda vinha com uma narrativa digna de filme: Thor, Homem de Ferro, Mulher-Hulk, Mística, Groot, Tempestade, Wolverine e Doutor Destino iniciaram a mais ambiciosa saga do Fortnite até então.

Galáticos Fortnite - Divulgação/Epic Games - Divulgação/Epic Games
Imagem: Divulgação/Epic Games

O motivo por trás de toda essa galera no jogo? Segundo a história, contada por meio de comics divulgados dentro do próprio Fortnite e desenvolvidos pela Marvel, Galactus detectou um poder interessante na ilha onde o jogo acontece.

Em uma tentativa de alertar os jogadores, Thor se desloca ao local, chama seus amigos super-heróis e passam a temporada inteira tentando evitar uma catástrofe total.

Uma saga de HQ em modo videogame

Com um Passe inteiro dedicado à Marvel, a Epic Games foi além dos itens cosméticos e ofereceu aos jogadores uma imersão completa no universo dos quadrinhos. De marcas da bifrost indicando por onde Thor passou às Indústrias Stark, não faltaram referências às histórias dos super-heróis.

Ao longo da temporada, os jogadores viram Galactus, que passou o tempo todo surgindo aqui e ali no mapa com seus drones. Enquanto isso, a história dos heróis contada por Fortnite indicava que eles estavam se preparando para uma grande guerra - algo que nos lembrou bem a treta com o Thanos no cinema.

Visitamos a casa do Homem Formiga, prestamos homenagem ao Pantera Negra em frente à sua estátua e ficamos a temporada inteira testando os mais diversos poderes. Da prancha do Surfista Prateado ao agarrão do Venom, todos os heróis tiveram seus 15 minutos de fama em Fortnite.

Fortnite Deadpool - Reprodução/START - Reprodução/START
Imagem: Reprodução/START

Mesmo que a saudade das tretas épicas que vimos com tanta empolgação no cinema, nada conseguiu parar o hype dos jogadores quando foi anunciado o evento especial de fim de temporada.

15.3 milhões de players participaram da Guerra contra Galactus, em um evento ao vivo que convocava todos os jogadores a se unirem aos heróis para derrotar o grande vilão.

Pela primeira vez, os players deixaram de ser espectadores e lutaram lado a lado com Tony Stark, Thor e Wolverine, comandando o Ônibus de Batalha e juntando forças para derrotar Galactus em uma enorme explosão no espaço.

Essa experiência imersiva conseguiu atingir algo que os filmes do MCU até agora não tiveram a oportunidade de fazer: convocar os fãs para também serem heróis, cada um com sua habilidade, lutando junto com aqueles que eles tanto idolatram.

A guerra contra Galactus marcou por ser emocionante, extremamente imersiva e divertida.

O evento não foi nem de perto tão longo quantos os filmes - foram cerca de 10 minutos. Mas, ainda assim, o maior e mais ambicioso evento do Fortnite até então entregou para os jogadores, eles sendo fãs da Marvel ou não, o controle total da narrativa.

Evento Fortnite Galacticus - Reprodução/START - Reprodução/START
Como todo evento de final de temporada, momento não pode mais ser replicado no jogo, somente assistindo pelo Youtube
Imagem: Reprodução/START

Para dar uma dimensão do que os eventos ao vivo do jogo significam, é preciso entender que eles são divididos em duas frentes: os que contam um pouco mais da lore do Fortnite, normalmente no fim de temporadas; e os que acontecem no modo Festa Royale, com transmissão de shows, trailers de filmes e outros conteúdos.

Mesmo em eventos grandiosos, como o show imersivo do rapper Travis Scott em abril do ano passado, os jogadores não faziam muito além de assistir e dançar (veja abaixo como normalmente funciona).

Por isso a importância de rolar uma experiência imersiva na Guerra contra Galactus e, não à toa, esse evento ficou marcado como o mais importante de Fortnite.

Então sim, 2020 foi um ano atípico para fãs da Marvel. Ainda bem que foram os videogames que serviram de palco para os eventos épicos dos heróis.

SIGA O START NAS REDES SOCIAIS

Twitter: https://twitter.com/start_uol
Instagram: https://www.instagram.com/start_uol/
Facebook: https://www.facebook.com/startuol/
TikTok: https://www.tiktok.com/@start_uol/
Twitch: https://www.twitch.tv/start_uol

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL