PUBLICIDADE

Topo

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Pikmin 3 Deluxe leva você para um passeio no quintal da Nintendo

Monte sua tropa de Pikmins e saia por aí resolvendo os desafios - Divulgação
Monte sua tropa de Pikmins e saia por aí resolvendo os desafios
Imagem: Divulgação

Tiago Alcantara

Colaboração para o START

05/12/2020 04h00

Desenvolver e promover bons jogos é uma tarefa árdua. Por vezes, títulos incríveis ficam de fora do radar e longe dos controles de jogadores —as listas de indicados em prêmios de melhores do ano estão aí para provar o ponto: cheias de ótimos jogos que provavelmente você não jogou em 2020. Em alguns casos, marcas são relegadas pelas próprias donas, que preferem investir mais no marketing de outros produtos. A franquia Pikmin partilha desse sentimento.

Criado em 2001, Pikmin é uma das últimas investidas do game designer Shigeru Miyamoto antes de se aventurar em projetos mais experimentais, como: Nintendogs e Wii Fit. Como a história iria provar, o GameCube, console da Nintendo nessa época, teve alguns momentos de brilho (a chegada de Animal Crossing no ocidente, por exemplo), mas não foi exatamente a melhor plataforma para o lançamento de uma nova marca.

E se eu disser que o mesmo criador de Mario, Donkey Kong, Star Fox e The Legend of Zelda tem um outro jogo incrível? E que esse tal game seria sua visão para o estilo estratégia em tempo real. Ficou curioso? É por esse motivo que Pikmin —que chega ao Nintendo Switch com o lançamento de Pikmin 3 Deluxe— merece e muito a sua atenção.

Vida de Inseto (ou algo quase lá)

Shigeru Miyamoto Pikmin E3 2001 - Ken Lubas/Los Angeles Times/Getty Images - Ken Lubas/Los Angeles Times/Getty Images
Shigeru Miyamoto mostra o primeiro Pikmin, no GameCube, durante a E3 2001
Imagem: Ken Lubas/Los Angeles Times/Getty Images

A terceira edição de Pikmin reúne as ideias de gerenciamento do primeiro Pikmin com os desafios de cavernas e seus chefes empolgantes da continuação, Pikmin 2 (para Wii). Assim, Pikmin 3 Deluxe é outro ótimo jogo que encontra a redenção depois de ter sido transportado para o Nintendo Switch.

Pikmin 3 continua a visão de Miyamoto de como um jogo de estratégia em tempo real se encaixa para a casa de Super Mario. Em poucas palavras: bonito, com uma trilha sonora relaxante, controles responsivos e verdadeiros momentos de arrancar os cabelos. Dizem que o lendário designer de games se inspirou nas formigas de seu jardim para o game.

Um dos pontos altos está nos diálogos divertidos e na escrita bem-humorada do game, que atrai os menores pela fofura, mas é cheio de pequenas referências aos livros (Robinson Crusoé, principalmente) e ao cinema de ficção científica

Pikmin 3 Deluxe - Reprodução/START - Reprodução/START
Imagem: Reprodução/START

Essas criaturas que você recruta são chamadas Pikmin e dão nome ao game. Cada cor de Pikmin possui propriedades diferentes e, por algum motivo, eles parecem gostar de você. Em questão de minutos de jogatina, você já tem o básico para entender como gerenciar essas "formiguinhas sementes alienígenas" a seu favor.

Pikmins vermelhos são bons de briga e aguentam altas temperaturas. Os amarelos saltam mais alto e são resistentes a eletricidade, os azuis conseguem nadar, os rosas possuem asas e podem voar e os mais gordinhos, conhecidos como Rock Pikmin, são feitos de pedra e quebram vidros.

Ao todo você pode caminhar pelos jardins com 100 pequenas criaturas, além dos três escoteiros do espaço. Parece complexo, mas o design do jogo é inventivo o suficiente para permitir que quem está no controle tenha tempo de aprender as mecânicas.

Em pouco tempo você estará gerenciando com seu apito a produção e a vida desses pequenos seres. E, claro, se divertindo bastante enquanto isso.


Os caçadores da fruta perdida

Pikmin 3 Deluxe - Reprodução/START - Reprodução/START
Imagem: Reprodução/START

Para quem está chegando agora, sem problemas: não há ressalvas para começar a se aventurar pelo planeta PNF-404 pelo terceiro jogo —nossa aposta é que o nome do planeta seja algo como Planet Not Found-404.

Quem controla os Pikmin é o trio de exploradores Alph, Charlie e Brittany. O tal planeta é hostil, repleto de joaninhas, borboletas e insetos agressores, se parece bastante como um jardim abandonado desses que todo mundo já viu pelo bairro.

A história é simples: os heróis precisam superar os desafios logísticos e técnicos para encontrar comida e voltar ao seu planeta natal. Cada sessão de jogatina é dividida pelo tempo de um dia, o que significa que, ao final de cada dia, os membros da tripulação contam a quantidade de mantimentos conquistada e alimentam o diário da expedição.

Um dos pontos altos está nos diálogos divertidos e na escrita bem-humorada do game, que atrai os menores pela fofura, mas é cheio de pequenas referências aos livros (Robinson Crusoé, principalmente) e ao cinema de ficção científica.

Pikmin 3 continua a visão de Miyamoto de como um jogo de estratégia em tempo real se encaixa para a casa de Super Mario. Em poucas palavras: bonito, com uma trilha sonora relaxante, controles responsivos e verdadeiros momentos de arrancar os cabelos

Pikmin 3 Deluxe - Reprodução/START - Reprodução/START
Imagem: Reprodução/START

Deluxe de verdade?

Quem jogou a versão original vai perceber que a mudança do Wii U para o Switch tornou necessárias algumas adaptações. Antes, o game usava o controle tablet do para o gerenciamento do mapa da fase em uma tela separada, permitindo a alternância entre os três heróis exploradores em uma jogabilidade assimétrica. Essa edição substituiu o controle de toque por um clique no controle do novo videogame.

Na versão Deluxe, a Nintendo incluiu todas as DLCs, além de missões inéditas com os protagonistas dos dois primeiros títulos. Outra adição agradável foi o modo cooperativo entre duas pessoas para a aventura principal do game, em tela dividida. Isso porque o jogo ganha nova vida com essa função.

Ponto negativo: o modo não tem suporte online, o que faria todo sentido para um lançamento em pleno ano de pandemia. Pikmin 3 Deluxe também traz um novo nível de dificuldade, ainda mais intenso. Vale frisar que a dificuldade padrão do título é agradável a qualquer tipo de jogador.

Não deixa de ser um respiro jogar um game de estratégia em tempo real que não envolva tiros, castelos ou mortos-vivos para todos os lados

Pikmin 3 Deluxe

O game também facilita a jogabilidade para que você consiga movimentar suas hordas de Pikmins. A inteligência artificial dos Pikmins foi melhorada para que você perca o mínimo de tempo possível. De forma geral, são ótimas adições já que a Nintendo cobra preço cheio em mais essa releitura. No entanto, quem já fechou o game no Wii U tem poucos motivos para voltar.

Por outro lado, transportar os controles de um game de estratégia em tempo real para console não é tarefa fácil. E Pikmin 3 pode dar um nó na cabeça dos jogadores nessa transposição. Por sorte, você pode sempre "refazer" o dia para aumentar sua eficiência ou corrigir esses pequenos deslizes.

Um jogo sobre pequenos heróis

Não se enganem pelo aspecto relaxante e proposta simpática. Pikmin 3 Deluxe é desafiador o suficiente para que um belo passeio no jardim se transforme em uma tragédia com senso de sobrevivência em questão de segundos. Não é raro perder a noção do tempo com o Switch nas mãos. Aquela coisa de "só mais um dia" para me preparar para um chefe que acaba virando sessão de várias horas.

Lançar mão apenas de Pikmins vermelhos para atacar um inimigo que lança labaredas de fogo enquanto você protege os esquadrões mais frágeis pode ser um desafio. Sim, pássaros, gafanhotos e mariposas podem ser bem malvados —e acabar com metade do seu exército em segundos.

Quem tiver mais interesse em entender esses curiosos personagens, pode conferir uma série de curtas disponibilizados no canal oficial da Nintendo no YouTube.

Organização com limite de tempo é a chave do sucesso enquanto você se torna o "rei do quintal" em Pikmin 3 Deluxe. Completando o pacote, é possível admirar que a direção de arte que resistiu ao teste do tempo para um jogo de 2013. Apesar da ausência de anti-aliasing para suavizar algumas extremidades, há a presença do efeito de blur em alguns pontos da tela em dosagem acertada, permitindo uma imersão muito agradável a esse mundo de miniatura.

A experiência é agradável na TV e também se sai bem quando as sessões acontecem na pequena tela do Switch. Os mapas são variados e a presença de bons efeitos de luz, com texturas realistas de plantas e frutas se chocam com o ar lúdico e colorido do game. Não deixa de ser um respiro jogar um game de estratégia em tempo real que não envolva tiros, castelos ou mortos-vivos para todos os lados.


Pikmin 3 Deluxe traz adições suficientes para convencer fãs dos games originais a retornarem, mas também convida novos exploradores a essa série que transborda qualidade. Com o sucesso do Switch, a franquia tem nova chance de vermos os games dos pequenos alienígenas feitos de planta em novas incursões intergalácticas. Quem sabe em um futuro, assim espero, não tão distante.

Pikmin 3 Deluxe é desafiador o suficiente para que um belo passeio no jardim se transforme em uma tragédia com senso de sobrevivência em questão de segundos

Pikmin 3 Deluxe - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

Lançamento: 07/10/2020
Plataforma: Nintendo Switch
Preço Sugerido: R$ 299,00
Classificação Indicativa: Livre
Desenvolvimento: Nintendo
Publicação: Nintendo
Jogue também: Animal Crossing: New Horizons, série Pikmin, série Overlord

SIGA O START NAS REDES SOCIAIS

Twitter: https://twitter.com/start_uol
Instagram: https://www.instagram.com/start_uol/
Facebook: https://www.facebook.com/startuol/
TikTok: https://www.tiktok.com/@start_uol/
Twitch: https://www.twitch.tv/start_uol

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL