PUBLICIDADE

Topo

Cinco dicas para melhorar seu desempenho na Mid Lane do League of Legends

A regra é clara: o Yasuo adversário sempre vai ser melhor que o seu - Divulgação/Riot Games
A regra é clara: o Yasuo adversário sempre vai ser melhor que o seu Imagem: Divulgação/Riot Games

Daniel Moura

Do GameHall

13/11/2020 04h00

A rota do meio em League of Legends, conhecida popularmente como "Mid Lane", é a que mais revelou jogadores famosos e de alto nível, considerados por muitos os deuses do jogo.

Mas o que meros mortais podem fazer para se igualar a nomes como Knight, Doinb, Faker, Kami ou Bjergsen? Veja abaixo 5 dicas importantes para quem quer brilhar no Mid.

1. Entender qual sua função na composição

Temos a ilusão de que um jogador incrível é aquele que consegue fazer 1v5 e matar até o vendedor da loja de itens, porém nem sempre um jogador do Mid vai ser um mestre assassino. Muitas vezes, é possível se destacar jogando de mago de controle. Veja algumas funções e tente se identificar com alguma:

Mago Controle: Campeões como Orianna, Syndra, Viktor, Lux, Vladmir, Ziggs e até mesmo Veigar se encaixam nesse perfil. A função aqui é fazer o controle do jogo através do zoneamento de terreno possível com as habilidades. Esses campeões geralmente são usados em composições mais lentas com foco em tomar objetivos e buscar lutas.

Mid que Escala: Campeões como Corki, Azir, Kassadin, Veigar entre outros. O nome já diz tudo: aqui estão aqueles que ficam fortes com o passar do tempo e chegam até em níveis descontrolados (Kassadin).

Mid Assassino: Essa costuma ser a função mais popular para ranqueadas, já que geralmente é a única função Mid capaz de vencer o jogo sozinho. Zed, Katarina, Talon, Leblanc, Ahri e podemos incluir a Zoe aqui devido a sua capacidade de causar bastante dano em pouco tempo. Assassinos geralmente cumprem a função de roaming, que é quando sai da rota para ajudar nas laterais, falaremos disso no próximo tópico.

League of Legends Zoe - Divulgação/Riot Games - Divulgação/Riot Games
Zoe é capaz de quebrar o joguinho se você souber jogar direito
Imagem: Divulgação/Riot Games

Mid Melee que pode ou não ser Assassino: Não existe descrição exata para essa função, porém são campeões que lutam mais no corpo-a-corpo e costumam ser ideais em composições de Team Fight. Diana, Fizz, Ekko, Sylas, Irelia, Jayce e Galio. Essa categoria também faz parte da lista de campeões do meio que trabalham com roaming.

2. Roaming e como beneficiar a equipe

Em 2019 conhecemos o poder da FPX e suas estratégias inusitadas. O grande diferencial da equipe era as escolhas de campeões peculiares na rota do meio que eram simplesmente incríveis nas mãos do Doinb.

Escolhas como Nautilus, Malphite, Pyke e Rumble ajudaram a equipe vencer o mundial e trouxe um novo significado a função de "Mid Laner".

Veja como o Doinb impactou os jogos:

Um detalhe notável sobre Doinb é o seu Controle de Wave. Essa mecânica é um fator muito importante para executar a rotação/roaming com perfeição, portanto fique ligado no próximo tópico!

3. Controle de Wave

Controle de Wave LoL - Reprodução/Medium/daller - Reprodução/Medium/daller
Controlar as ondas de minions é fundamental para ditar o ritmo do jogo
Imagem: Reprodução/Medium/daller

O Controle de Wave na rota do meio é fundamental para o roaming e garantir objetivos. A Wave do meio pode ajudar a definir qual lado do mapa vai tomar mais pressão e qual objetivo o caçador inimigo vai dar prioridade, como por exemplo, uma wave empurrada é porta aberta para o caçador invadir a selva inimiga. Veja algumas maneiras de controlar os minions:

Verde - Freeze: Como o nome mesmo diz, congelar. A estratégia aqui é manter os seus minions e os minions do oponente travados em determinada região da rota. Nesse caso depende de onde você pretende manter o Freeze e qual sua estratégia para tirar vantagem com esse Controle da Wave. Acima podemos ver um Freeze básico que ocorre no meio da rota, mas há momentos em que é possível realizar esse controle próximo da sua torre —basta manter essa estratégia de ter as duas waves equilibradas para não empurrar em nenhuma direção.

Amarelo - Slow Push: Empurrar lentamente para permitir a chegada de outras ondas de minions aliados é a estratégia que utilizamos para tomar torres. Basicamente, queremos juntar pelo menos 3 ondas de minions e construir o que é chamado de Big Wave para fazer cerco na torre, forçando o inimigo a perder muita experiência e ouro. Para essa estratégia funcionar, basta matar dois minions magos para reduzir o dano sobre seus minions e deixar os minions lutadores travando-os até ir acumulando ondas. Um detalhe muito importante sobre essa estratégia: o Slow Push funciona melhor quando é feito no lado oposto do objetivo que sua equipe quer tomar. Assim, cria essa divisão de escolhas que a equipe inimiga é forçada a fazer: defender torre ou garantir objetivo?

Laranja - Push: Empurrar a wave é a estratégia que utilizamos para criar pressão no inimigo e poder encaixar dano enquanto ele tenta farmar. Com essa ideia de empurrar a wave, também possibilitamos espaço para o jungler trabalhar naquela região, ou seja: se você quer um gank do seu jungler, empurre sua wave até a torre e isso vai fazer com que eventualmente a do inimigo empurre na sua direção, forçando o oponente a sair do conforto dele e dando espaço para um gank do jungler. Para empurrar a wave basta atacar todos os minions e matar mais rápido possível com habilidades e o que tiver disponível.

Quando for sair da rota, sempre deixe a wave debaixo da torre do inimigo. Essa pressão ajuda evitar rotações do campeão inimigo e ajuda a deixar a wave em um bom lugar para quando voltar na rota.

Concluindo, geralmente não tem muito freeze na rota do meio, o que acontece com mais frequência é um empurrar em direção do outro, até porque a rota é menor que as outras então dependendo do controle da wave, um freeze fora de hora por exemplo, pode gerar um dive contra você.

Veja como Faker tira vantagem dessa mecânica básica para ganhar do oponente com tranquilidade:

4. Conhecer o Meta

Um bom Mid Laner precisa se adaptar ao meta e ser flexível com os estilos de jogo diferentes que podem surgir.

Mid Lane God Tier LoL - Reprodução/Mobalytics tier list - Reprodução/Mobalytics tier list
Mid Lane God Tier LoL
Imagem: Reprodução/Mobalytics tier list

Como pode ver acima, o meta está girando em torno de escolhas mais agressivas nas ranqueadas, como o potencial de carregar o jogo sozinho é alto, geralmente os jogadores ficam mais sedentos com essas escolhas e fica nas mãos dos oponentes a tarefa de segurar o jogo e acompanhar. Mid é depender de muita disciplina na fase de rotas e muita ousadia durante o mid/late game, o importante é encontrar o equilíbrio perfeito, ou seja, independente da sua escolha, faça o possível para jogar dentro do meta e extrair o máximo do campeão e as suas mecânicas!

5. Mecânica e o impacto

Em um artigo anterior, sobre Top Lane, eu mencionei que mecânica bruta não impacta tanto assim nas partidas, no Mid as coisas são diferentes. Top geralmente são campeões mais tanques que aguentam umas porradas, já no Mid, os campeões são mais frágeis, morrendo rápido se você não ficar esperto.

Algumas dicas rápidas:

Você que é jogador de Leblanc, treine a manipulação da passiva e esses pulos de W aí.

Vai jogar de Katarina? Preste atenção e treine bastante seus resets e pulos!

Mecânica para um Mid Laner é de extrema importância, um erro pode custar sua vida e quiçá a partida!

Katarina LoL - Divulgação/Riot Games - Divulgação/Riot Games
Jogar de Katarina não é fácil: o risco é alto, mas a recompensa também
Imagem: Divulgação/Riot Games

Recomendo jogar partidas normais ou personalizadas contra bots até conseguir encaixar o combo do campeão que você está interessado. Estude bastante o que os profissionais fazem, assista muitos gameplays de pessoas que só jogam com aquele campeão, por fim, busque inspiração com os melhores do mundo.

Concluindo: Jogar na rota do meio não é tarefa fácil, mas tem espaço para todos, até mesmo os que não tem tanta mecânica assim e jogam de Veigar. Boa sorte nos campos da justiça invocador!

Agora pra encerrar, este vídeo icônico do Faker, o mestre dos mestres:

SIGA O START NAS REDES SOCIAIS

Twitter: https://twitter.com/start_uol
Instagram: https://www.instagram.com/start_uol/
Facebook: https://www.facebook.com/startuol/
TikTok: https://www.tiktok.com/@start_uol/
Twitch: https://www.twitch.tv/start_uol