PUBLICIDADE

Topo

Jogador de Call of Duty morre aos 21 anos após múltiplos ataques cardíacos

O jogador de Call of Duty Maurice "Fero" - Divulgação/Florida Mutineers
O jogador de Call of Duty Maurice "Fero" Imagem: Divulgação/Florida Mutineers

Do START, em São Paulo

11/11/2020 13h54Atualizada em 12/11/2020 09h35

O jogador de Call of Duty Maurice Henríquez, conhecido como "Fero", morreu aos 21 anos de ataque cardíaco nos Estados Unidos, segundo comunicado do Florida Mutineers, time que defendia na Call of Duty League.

A postagem faz questão de salientar que a morte de Fero não foi causada por um suicídio, hipótese levantada nas redes sociais.

"A família Mutineers, com tristeza, confirma hoje o falecimento repentino de Maurice "Fero" Henríquez por múltiplos ataques cardíacos. A pedido da família, declaramos que a sua trágica morte não foi um suicídio. Essa é a uma perda imensurável para sua família, amigos e nossa equipe da Florida Mutineers. Ele fará muita falta todos os dias", escreveu o time no Twitter.

"Obrigada por impactar positivamente a vida de tantas pessoas. A comunidade gamer nunca se esquecerá do seu humor, sua gentileza, e sua dedicação", disse o Florida Mutineers em outra postagem.

A Call of Duty League disse que "está de coração partido com a perda trágica de Maurice 'Fero' Henriquez". "A sua falta será sentida durante a liga e por toda a comunidade de Call of Duty esports. Nossos corações estão com todos os fãs de Fero e seus familiares", escreveu a liga no Twitter.

SIGA O START NAS REDES SOCIAIS

Twitter: https://twitter.com/start_uol
Instagram: https://www.instagram.com/start_uol/
Facebook: https://www.facebook.com/startuol/
TikTok: https://www.tiktok.com/@start_uol/
Twitch: https://www.twitch.tv/start_uol