PUBLICIDADE

Topo

El Gato e influenciadores da Los Grandes são diagnosticados com covid-19

El Gato, criador da Los Grandes, anunciou pelas redes sociais que está infectado - Cesar Galeão/Garena
El Gato, criador da Los Grandes, anunciou pelas redes sociais que está infectado Imagem: Cesar Galeão/Garena

Gabriel Oliveira

Colaboração para o START

10/10/2020 06h42

O dono da organização de Free Fire Los Grandes, Rodrigo "El Gato" Fernandes, e cinco influenciadores da empresa estão com covid-19. O empresário anunciou a infecção dele e dos contratados do clube em publicações nas redes sociais.

El Gato contou que procurou o hospital após manifestar febre e dor de cabeça. Ele está se sentindo melhor, mas com o olfato e o paladar alterados, como é característica das infecções pelo novo coronavírus.

Eu só estou sentindo o cheiro muito forte das coisas, está tudo muito fedorento. Eu sinto o sabor, mas o cheiro dá vontade de vomitar, é bem pesado
El Gato, sobre os sintomas

Outros influenciadores da Los Grandes, uma das principais empresas de criação de conteúdo na internet, realizaram exames após o diagnóstico de El Gato, também descobriram estar com a doença e começaram a apresentar sintomas.

Os influenciadores que tiveram teste positivo são: Lucas "Whisky" Andrey, maumauzk, Gabriel "GB" Espinosa, Bruno "vanquila" Souza e Norley "nzao" Pereira. Eles moram juntos ou têm convivência rotineira.

"Pobre é uma desgraça", brinca El Gato

Free Fire El Gato - Cesar Galeão/Garena - Cesar Galeão/Garena
El Gato no estúdio da Liga Brasileira de Free Fire (LBFF), em São Paulo, em fevereiro de 2020
Imagem: Cesar Galeão/Garena

Seguido por mais de 4,4 milhões de pessoas no Instagram e criador da Los Grandes, El Gato contou que passou por avaliação no hospital e recebeu a confirmação de que está com covid-19, na quinta-feira (8).

"Eu só estou sentindo o cheiro muito forte das coisas, está tudo muito fedorento. Eu sinto o sabor, mas o cheiro dá vontade de vomitar, é bem pesado", declarou o influenciador e empresário.

El Gato Instagram - Reprodução/El Gato/Instagram - Reprodução/El Gato/Instagram
El Gato fala sobre o assunto nos Stories do Instagram
Imagem: Reprodução/El Gato/Instagram

"Obrigado pela preocupação de todos. Eu realmente não posso morrer agora que fiquei rico, né, é sacanagem", brincou El Gato. "Pobre é uma desgraça. Foi pobre a vida inteira. Ficou 1 aninho rico e morre".

Contratado em setembro pela Los Grandes, GB fez o teste no Aeroporto de Guarulhos depois do diagnóstico de El Gato e constatou estar infectado.

Ele deu a notícia aos seguidores no Instagram ontem (9) e contou, de manhã, que iria ao médico para fazer exames de imagem do pulmão. À tarde, disse que estava se sentindo bem.

Outros influenciadores

Já no início da madrugada de hoje (10), El Gato confirmou no Instagram que outros influenciadores também testaram positivo: Whisky, maumauzk, vanquila e nzao, além de GB.

Eles moram juntos em uma mansão e convivem com El Gato, que possui a própria residência de luxo. Os influenciadores fazem lives em plataformas de streaming e gravam vídeos para o YouTube, atraindo milhões de visualizações.

"Estão todos muito bem, conto com a oração de vocês, continuem orando por nós, pedindo a Deus para que possa estar nos protegendo", falou o empresário.

No Twitter, whisky contou que os influenciadores estão com sintomas leves da covid-19: falta de ar, dor de cabeça e paladar alterado.

Os testes da influenciadora Mari Tavares, do videomaker da empresa e de funcionários das mansões da Los Grandes deram negativo, de acordo com El Gato.

Situação da pandemia

O Brasil tem 5.057.190 casos confirmados e 149.692 mortes por covid-19, segundo atualização das 20h de ontem do consórcio de veículos de imprensa do qual o UOL faz parte.

Em São Paulo, onde ficam as casas da Los Grandes, a disseminação do novo coronavírus está em decréscimo. São, no total, 342.345 infecções e 13.096 óbitos na cidade desde o início da pandemia.

Como medidas para evitar a contaminação, os especialistas recomendam: usar máscara sempre que sair de casa, lavar as mãos constantemente com água e sabão e, quando não for possível, com álcool em gel, evitar aglomerações e manter distância de pelo menos 2 metros de outras pessoas. Ao tossir ou espirrar deve-se cobrir a boca e/ou o nariz com o braço.

SIGA O START NAS REDES SOCIAIS

Twitter: https://twitter.com/start_uol
Instagram: https://www.instagram.com/start_uol/
Facebook: https://www.facebook.com/startuol/
TikTok: http://vm.tiktok.com/Rqwe2g/
Twitch: https://www.twitch.tv/start_uol