PUBLICIDADE

Topo

Os filmes em animação CG de Resident Evil fazem justiça aos jogos?

Leon em cena de "Resident Evil: No Escuro Absoluto" - Reprodução/YouTube
Leon em cena de 'Resident Evil: No Escuro Absoluto' Imagem: Reprodução/YouTube

Makson Lima

Colaboração para o START

10/10/2020 04h00

Resident Evil vai ganhar mais uma animação. Como parte das comemorações de 25 anos da franquia em 2021, a Capcom revelou Resident Evil No Escuro Absoluto, uma produção em parceria com a Netflix.

Diferente das famosas adaptações para o cinema (que são bem isso, somente adaptações), as animações em computação gráficas de Resident Evil são protagonizados pelos mesmos personagens dos jogos e fazem até parte do cânone oficial. Mas será que eles entregam o que muitos criticam dos outros derivados de Resident Evil?

É bom esclarecer que o que falaremos aqui tratar-se de algo totalmente diferente da série com atores reais (ou live-action, como preferir) anunciada também pela Netflix no final de agosto, com produção da Constantin Film (a mesma da série de filmes estrelados por Mila Jovovich) e enredo que contará a história das filhas de Wesker vivendo em New Raccoon City.

Animação Resident Evil No Escuro Absoluto - Reprodução/YouTube - Reprodução/YouTube
Claire também está na nova animação de Resident Evil
Imagem: Reprodução/YouTube

Além disso, recentemente também foi anunciado um reboot de Resident Evil nos cinemas, que dessa vez será mais fiel aos games, com ambientação em Raccoon City e com Leon, Claire, Jill, Chris e Wesker como personagens.

No total, são três animações lançadas de Resident Evil: Degeneração (Degeneration), Condenação (Damnation) e A Vingança (Vendetta).

Todas são feitas em computação gráfica, para deixar mais próximo ao visual dos games, e servem muito para esclarecer o que aconteceu com alguns personagens depois dos jogos.

Vamos relembrar cada uma delas.

Degeneração (2008)

A primeira animação da série foi também a primeira vez que Leon e Claire se reencontraram depois dos eventos de Resident Evil 2.

Para qualquer um que se apegou aos personagens no clássico de PlayStation, presenciar o reencontro dos protagonistas por si só faz valer a pena.

A história acontece sete anos depois dos acontecimentos em Raccoon City, ou seja, Leon e Claire já podem ser considerados veteranos quando o assunto é lidar com aberrações genéticas.

Assim, os dois acabam em meio a um incidente no aeroporto de Hardville, com zumbis por todos os lados.

O grande algoz da vez é Curtis Miller, um pesquisador do conglomerado farmacêutico WilPharma e com G-virus correndo em suas veias, além de muito ódio e rancor, afinal de contas, perdeu sua família na famigerada operação "bacillus-terminate", responsável por obliterar Raccoon City do mapa (visto em Resident Evil 3).

Condenação (2012)

O mesmo diretor de Degeneração, Makoto Kamiya, volta alguns anos depois encabeçando outro projeto em animação: Resident Evil Condenação.

Leon e Ada protagonizam a história que se passa num país em guerra civil no leste europeu, um pouco antes dos eventos de Resident Evil 6.

Armas biológicas fazem parte do arsenal tanto do governo de Svetlana Belikova quanto das forças rebeldes, e quem detém o controle das Las Plagas (no caso, um ex-professor primário apelidado de Buddy) detém o controle do agressivo exército de Lickers.

E como deter tal exército? Com Tyrants, claro.

Condenação foi lançado em 2012 e esse foi um ano que não bem lembrado pelos fãs de Resident Evil pelo ápice da saturação da série.

Além do sexto capítulo numerado, tivemos também o lançamento de Operation Raccoon City, Revelations no Nintendo 3DS, Resident Evil 5: Retribuição nos cinemas, além de versões remasterizadas de Umbrella e Darkside Chronicles.

A Vingança (2017)

A última animação até o momento, A Vingança, coloca Leon e Chris trabalhando juntos após seu primeiro e fatídico encontro em Resident Evil 6.

Quem se envolveu com a produção executiva desse trabalho foi ninguém menos que Takashi Shimizu, criador da franquia de terror O Grito.

Shimizu é entusiasta de videogame e sua colaboração com Resident Evil foi, no mínimo, bizarra: quando se esperava algo mais voltado ao terror, tivemos aqui a mais repleta de ação dentre as três animações.

O que gerou uma das cenas de troca de tiros mais estapafúrdias de todo Resident Evil, e que viralizou.

O interessante do roteiro gira em torno do retorno de Rebecca Chambers, ex-S.T.A.R.S. e agora professora universitária, desenvolvendo uma vacina para um vírus recém-descoberto.

Seu destino se cruza com o de Chris e Leon quando seu laboratório é atacado e a BSAA entra na jogada.

No Escuro Absoluto (2021)

Diferente das outras animações, No Escuro Absoluto será episódico e trará Leon Kennedy e Claire Redfield como protagonistas.

TMS Entertainment e Quebico (esse último também responsável pela animação Resident Evil A Vingança, de 2017), com supervisão de Hiroyuki Kobayashi, prometem entregar um visual ultrarrealista, misturando terror e ação, assim como vimos nas animações passadas.

Fora isso, ainda não temos quase nada de informações a respeito do enredo e de onde exatamente essa história estará na linha temporal de Resident Evil.

Animações ou Filmes?

Assim como a própria série de jogos, as animações de Resident Evil têm seus altos e baixos, mas se comparado a outras adaptações, principalmente aos filmes, elas apelam bem mais aos fãs de videogame.

Resident Evil Condenação - Divulgação/Sony Pictures - Divulgação/Sony Pictures
Imagem: Divulgação/Sony Pictures

Mesmo nas piores situações, os personagens continuam bem caracterizados. As tramas são autossuficientes e com elementos que fazem sentido para quem acompanha os jogos: BSAA, Las Plagas, Terra Save etc.

Talvez a única coisa que realmente incomoda é a insistência em colocar sempre Leon como o centro das atenções. Tudo bem, ele é o personagem queridinho dos fãs (inclusive o meu também), mas ser sempre ele o protagonista das animações é, no mínimo, bizarro.

SIGA O START NAS REDES SOCIAIS

Twitter: https://twitter.com/start_uol
Instagram: https://www.instagram.com/start_uol/
Facebook: https://www.facebook.com/startuol/
TikTok: http://vm.tiktok.com/Rqwe2g/
Twitch: https://www.twitch.tv/start_uol