PUBLICIDADE

Topo

De Lukaku a Thiago Alcântara: reações e injustiçados em FIFA 21

Thiago Alcântara, agora no Liverpool, caiu de 87, em FIFA 20, para 85 no FIFA 21 - Reprodução/Liverpool FC twitter
Thiago Alcântara, agora no Liverpool, caiu de 87, em FIFA 20, para 85 no FIFA 21 Imagem: Reprodução/Liverpool FC twitter

Tiago Alcantara

Colaboração para o START

23/09/2020 04h00

Na lista de aborrecimentos de um jogador de futebol, certamente há um item especial para as notas baixas a cada ano em FIFA. E com FIFA 21, que revelou seu Top 100 recentemente, a história não foi diferente.

Já lembramos que Neymar teve uma queda em sua nota entre FIFA 20 e a nova edição do simulador de futebol. O "overall" do craque brasileiro é ligeiramente menor em FIFA 21, o que não é nem de longe o maior "rebaixamento" de nota no jogo.

Enquanto o brasileiro não "acusou o golpe", deixando que as reclamações ficassem a cargo dos fãs, o atacante belga Lukaku foi um pouco mais incisivo em suas redes sociais, dizendo que as notas "erradas" só servem para gerar publicidade para o game.

O lance é que fifeiros e boleiros se importam —e muito— com as notas que são atribuídas aos jogadores no FIFA nosso de cada dia. Essa não é a primeira vez e, provavelmente, não é a última que atletas ficam bolados com seus atributos no game.

Outro que expressou seu descontentamento com um de seus atributos foi o zagueiro francês Aymeric Laporte:

Apesar da "chororô" nas redes sociais, o defensor do Manchester City é o quarto melhor do game.

Por falar em defensores, o melhor zagueiro de FIFA 21 demonstrou sua satisfação na rede social. Com um belo de um 90 de média, Virgil Van Dijk, do Liverpool, não tem mesmo do que reclamar:

Nada mal mesmo. Outro jogador que tem muito a comemorar no elenco do Liverpool é o lateral-direito Trent Alexander-Arnold, que viu seu card de FIFA 21 em primeira mão no programa Match of the Day, da BBC.

Além das reações em redes sociais, resolvemos pesquisar no banco de dados algumas das maiores injustiças de FIFA 21. Sim, atletas que mereciam mais carinho nas notas dadas pelo game.

Thiago Alcântara (Liverpool)

Se existe um exemplo de injustiça no game ele atende pelo nome de Thiago Alcântara. Recém-contratado pelo Liverpool, o filho de Mazinho foi um dos melhores jogadores do Bayern de Munique na conquista da Champions League, mas viu seu card cair de uma média de 87 em FIFA 20 para 85 em FIFA 21.

Godín (Inter de Milão)

Godín - Soccrates Images/Getty Images - Soccrates Images/Getty Images
Godín, da Inter, em partida contra o Sevilla pela UEFA Europa League, em agosto de 2020
Imagem: Soccrates Images/Getty Images

Apesar da temporada decepcionante para a Inter, o zagueiro chegou às finais da Europa League e não teve culpa pela terceira colocação do clube no campeonato italiano. O uruguaio viu sua nota despencar de 88 para "apenas" 85 em FIFA 21.

Modric (Real Madrid)

Modric  - Susana Vera/Reuters - Susana Vera/Reuters
Modric (esq.) disputa a bola durante o clássico entre Real Madrid x Atlético de Madri
Imagem: Susana Vera/Reuters

Ok, não foi uma temporada brilhante para o Real Madrid. Dito isso, o meia croata teve destaque na conquista do campeonato espanhol pelos merengues. Além disso, liderou sua seleção com o mesmo talento de sempre. Não foi o suficiente para o vencedor da Bola de Ouro de 2018 manter seus 90 pontos. Na edição atual do game, ele parte de uma nota 87.

Antoine Griezmann (Barcelona)

Antoine Griezmann - Quality Sport Images/Getty Images - Quality Sport Images/Getty Images
Imagem: Quality Sport Images/Getty Images

Mesmo sendo uma contratação para lá de cara, não dá para dizer que a culpa do futebol fraco do Barcelona seja de Griezmann. O francês viu sua nota cair de 89 para 87 depois de uma temporada para esquecer do time do Camp Nou.

SIGA O START NAS REDES SOCIAIS

Twitter: https://twitter.com/start_uol
Instagram: https://www.instagram.com/start_uol/
Facebook: https://www.facebook.com/startuol/
TikTok: http://vm.tiktok.com/Rqwe2g/
Twitch: https://www.twitch.tv/start_uol