PUBLICIDADE

Topo

Rocket League: o "futebol com carros" se torna grátis e busca lugar ao sol

Com a Epic Games por trás, Rocket League ganha semelhanças com Fortnite e pode atingir um novo público ao se tornar gratuito - Divulgação
Com a Epic Games por trás, Rocket League ganha semelhanças com Fortnite e pode atingir um novo público ao se tornar gratuito Imagem: Divulgação

Thaime Lopes

Colaboração para o START

20/09/2020 04h00

Criado em 2015 pela Psyonix, o game de futebol com carros Rocket League poderá ser baixado gratuitamente a partir do dia 23 de setembro (quarta-feira) em todas as plataformas em que o jogo está disponível: PC, Xbox One, PS4 e Nintendo Switch.

A notícia chega com a novidade de que os jogadores poderão vincular suas contas aos seus usuários da Epic Games, permitindo que Rocket League tenha progressão multiplataforma e ganhe também o programa Apoie-Um-Criador, em que produtores de conteúdo ficam com parte do valor gasto por quem usar seus códigos.

Um misto de futebol com carros personalizáveis, o Rocket League é um jogo bem peculiar e divertido, principalmente quando dividido com amigos. E, como adiantou o colunista do START Leo Bianchi, essa nova fase "gratuita" deve dar um novo impulso ao jogo de futebol com carros no campo dos eSports.

Velozes e furiosos num campo

A graça de Rocket League é que ele não faz sentido nenhum: dois times, num campo de futebol, usam veículos movidos a foguete (daí o nome Rocket) e tentam fazer gol do outro lado. Não basta só ser bom de bola, é necessário ser bem bom no volante também. Drifts, impulsos, saltos e zerinhos fazem parte das manobras que o jogador precisa dominar para conseguir ter controle do carro e "chutar" a bola.

A direção é influenciada pela personalização dos veículos: são 500 trilhões de combinações, que ficam a critério dos jogadores. De veículos coloridos e cores neon a carros com cores primárias, tudo é válido. Roda, antena, banner, tudo pode ficar do jeito que a gente quiser.

Rocket League - Divulgação - Divulgação
Não é só estilo: cada carro tem diferenças importantes no gameplay
Imagem: Divulgação

Alô, Neymar?

Uma mistura de velocidade com futebol exige que o jogador saiba o mínimo sobre jogar bola, né? A diferença é que aqui o toque na bola é feito com veículos, então é um pouco mais complicado do que um FIFA ou PES. Um simples drible ou "chute" ao gol pode levar a manobras aéreas dignas de filmes hollywoodianos.

Mas, como é um jogo baseado em regras do futebol, aprender a jogar Rocket League é bem parecido com aprender os controles de qualquer outro game do gênero. Tocar para o amigo, driblar, fazer jogada aérea e mandar a bola pro gol são só algumas das muitas habilidades que você aprende. E assim como no esporte verdadeiro, quanto mais treino, melhor você fica.

Museu contemporâneo de carros modernos

Quando pensamos em carros icônicos, alguns vem à cabeça: Batmóvel, Knight Rider, Ecto-1 dos Caça-Fantasmas e por aí vai. E se você achava que nunca ia ver a frase "carros de Jurassic Park disputando uma partida de fut", bom... Rocket League vai te mostrar o contrário.

De tempos em tempos o jogo faz parcerias com marcas que transformaram seus carros em figuras que fazem parte da memória da galera. Além das parcerias já mencionadas, também já rolou Hot Wheels, Stranger Things, super-heróis da DC e, claro, a franquia Velozes e Furiosos.

Mais passe de batalha e ranks

Rocket League rankings - Divulgação/Epic Games - Divulgação/Epic Games
Imagem: Divulgação/Epic Games

Possuir passe de batalha é uma coisa normal hoje em dia para os jogos multiplayer online, e Rocket League não fica de fora. Com o lançamento gratuito em setembro, o game também vai ganhar o Rocket Pass, que terá a mesma duração da primeira temporada. A cada início de season, um novo passe com novas recompensas, bem ao estilo Fortnite.

Serão 70 níveis e duas versões: gratuita e Premium, que custará 1000 créditos. Mais níveis serão desbloqueados ao obter o Premium, que terão edições especiais de itens do passe.

Além da possibilidade de "upar" o passe entre 23 de setembro e 9 de dezembro, no mesmo período haverá desafios semanais que ajudarão a desbloquear XP e prêmios. Toda quarta-feira, os desafios mudam e os anteriores expiram, então os jogadores precisam ficar atentos para não deixar as missões para a última hora.

A parte competitiva também será renovada a cada temporada e o sistema de ranks, já existente no jogo, será reformulado. Antes as patentes iam do Bronze ao Campeão, passando por Prata, Ouro, Platina e Diamante, cada um com três níveis. O rank mais alto, Supercampeão, era único. Agora, Supercampeão também será dividido em três e uma nova patente foi adicionada: Lenda Supersônica.

Epic Games, chega aqui

Uma das grandes novidades do Rocket League é a parceria com a Epic. A desenvolvedora do Fortnite agora estará por trás de parte da estrutura do jogo de carros, incluindo a possibilidade de os jogadores linkarem suas contas Epic às já utilizadas no RL.

Com isso, os players poderão evoluir no jogo nas diferentes plataformas em que ele está disponível, desde que use sempre a mesma conta. Outra ferramenta que a Epic disponibilizará para o Rocket é o Apoie-Um-Criador, já conhecido da galera que curte Fortnite.

Falando em Fortnite, uma parceria entre os dois foi anunciada, o evento Llama-Rama. Ainda sem muitos detalhes revelados, o crossover vai incluir recompensas que poderão ser resgatadas em ambos os jogos.

Além disso tudo, quem obter o game via Epic Games Store no PC ainda vai ganhar um cupom de R$ 40 para ser utilizado na loja.

SIGA O START NAS REDES SOCIAIS

Twitter: https://twitter.com/start_uol
Instagram: https://www.instagram.com/start_uol/
Facebook: https://www.facebook.com/startuol/
TikTok: http://vm.tiktok.com/Rqwe2g/
Twitch: https://www.twitch.tv/start_uol