PUBLICIDADE

Topo

CBLoL 2020 chega às semifinais; veja trajetórias das equipes

Semifinais do CBLoL acontecem neste fim de semana: paiN x PRG no sábado, INTZ x KaBuM no domingo - Arte/UOL
Semifinais do CBLoL acontecem neste fim de semana: paiN x PRG no sábado, INTZ x KaBuM no domingo Imagem: Arte/UOL

Gabriel Oliveira

Colaboração para o START

21/08/2020 04h00

A 2ª Etapa do Campeonato Brasileiro de League of Legends (CBLoL) de 2020 chega às semifinais nestes sábado (22) e domingo (23), com paiN Gaming, INTZ, KaBuM e Prodigy Esports na disputa.

Os confrontos ocorrerão pela internet, em melhor de cinco partidas (md5). O primeiro duelo será entre paiN e Prodigy, no sábado, às 13 horas (horário de Brasília), enquanto o embate entre INTZ e KaBuM está marcado para domingo, na mesma hora. Os vencedores se enfrentarão na final, também online, em 5 de setembro.

Última edição antes da implantação do modelo de franquias no Brasil, a 2ª Etapa do CBLoL 2020 começou com uma fase de classificação que teve oito equipes participantes se enfrentando em três turnos durante dez semanas.

Foi uma disputa marcada pelo equilíbrio, com altos e baixos dos times participantes. Em jogo nesta reta decisiva estão o prêmio de R$ 70 mil destinado à campeã e a classificação para o Campeonato Mundial, em Xangai.

O START entrevistou cyber-atletas das quatro semifinalistas e traz agora a trajetória das equipes e as expectativas para as partidas decisivas deste fim de semana.

paiN Gaming: liderança após fiasco

brTT paiN - Divulgação/Riot Games Brasil - Divulgação/Riot Games Brasil
brTT tem um "risco" de tatuagem no rosto para cada título do CBLoL: 2 pela paiN, 1 pela Vivo Keyd, 1 pela RED Canids Kalunga e 1 pelo Flamengo
Imagem: Divulgação/Riot Games Brasil

Com elenco 100% brasileiro, a paiN Gaming liderou a fase de classificação do CBLoL, após uma 1ª Etapa decepcionante, quando tinha uma equipe com dois pro-players sul-coreanos e não passou para as semifinais.

O time, do astro Felipe "brTT" Gonçalves, engatou uma sequência de oito vitórias entre a 2ª e a 5ª semanas e depois caiu de produção, embora tenha se mantido na ponta. Foram 14 triunfos e sete derrotas no total.

Cariok - Reprodução/Instagram/paiN Gaming - Reprodução/Instagram/paiN Gaming
Para Cariok, as derrotas da paiN serviram de aprendizado
Imagem: Reprodução/Instagram/paiN Gaming

"Além de não termos evoluído o bastante porque só estávamos vencendo, os outros times começaram a jogar melhor", justifica Marcos "CarioK" Oliveira, caçador da paiN, sobre a desaceleração da equipe a partir da 6ª semana.

Ele acredita que as derrotas serviram de aprendizado, inclusive as duas sofridas para a adversária das semifinais. CarioK e companhia só levaram a melhor em um dos três jogos contra a PRG na primeira fase.

"Todos os nossos jogos contra a PRG são meio complicados. É um adversário perigoso", admite CarioK, que, apesar disso, está confiante para as semifinais. "Eu acredito que será um confronto difícil, mas a expectativa é que a gente ganhe. Estamos treinando bastante para isso".

Todos os nossos jogos contra a PRG são meio complicados. É um adversário perigoso
CarioK, da paiN

INTZ: altos e baixos

INTZ Shini - Divulgação/Riot Games Brasil - Divulgação/Riot Games Brasil
Shini (ao centro) e sua INTZ só conseguiram a classificação na últiima semana da fase de pontos
Imagem: Divulgação/Riot Games Brasil

A INTZ avançou às semifinais com a 2ª posição da fase de classificação. Foram 12 vitórias e nove derrotas - os mesmos 57% de aproveitamento da KaBuM, que ficou com o 3º lugar devido à desvantagem no confronto direto. Os intrépidos tiveram dois triunfos contra um da equipe de Limeira (SP).

A INTZ fez uma campanha inconstante e só conseguiu a classificação para a fase final no penúltimo dia da 10ª e decisiva semana.

Ainda assim, o topo da INTZ, Rodrigo "Tay" Panisa, classifica o desempenho da equipe como satisfatório, considerando que, nos dois torneios anteriores, as performances na primeira fase foram piores. Na 1ª Etapa do CBLoL 2020, o time ficou na 7ª colocação e precisou disputar a repescagem para continuar na elite e, na 2ª Etapa do CBLoL 2019, passou raspando, com 11 vitórias e dez derrotas.

Tay INTZ - Divulgação/Riot Games Brasil - Divulgação/Riot Games Brasil
Tay afirma que a inconstância foi uma característica da INTZ, mas que o time tem confiança na classificação
Imagem: Divulgação/Riot Games Brasil

"Esta inconstância é uma característica do nosso time. Tem semanas que são muito boas e outras que jogamos bem abaixo. É algo que precisamos trabalhar", comenta Tay, salientando que a inconstância pode ser consequência da dificuldade da equipe em se adaptar rapidamente às mudanças promovidas pelas atualizações do LoL. "Como o jogo muda muito rápido, às vezes nos perdemos e nos enrolamos".

Ele vê a união da equipe, que mantém a base do elenco há muito tempo, como principal força da INTZ e se mostra confiante para as semifinais contra a KaBuM.

"A expectativa é sempre vencer e temos total capacidade, mesmo que muitas pessoas não apostem em nós. Desde o CBLoL que vencemos, não somos muito acreditados, mas nosso time acredita que conseguimos chegar à final", prevê Tay, fazendo referência ao título conquistado na 1ª Etapa do CBLoL 2019.

Tem semanas que são muito boas e outras que jogamos bem abaixo. É algo que precisamos trabalhar
Tay, da INTZ

KaBuM: retrospecto à prova

KaBuM Etapa 1 - Divulgação/Riot Games Brasil - Divulgação/Riot Games Brasil
Depois de conquistar a Primeira Etapa de 2020 com dois sul-coreanos, a KaBuM voltou a ter um time 100% brasileiro
Imagem: Divulgação/Riot Games Brasil

Após ser campeã da 1ª Etapa do CBLoL 2020, a KaBuM se despediu de dois jogadores sul-coreanos e voltou a ter uma line-up só de brasileiros, com as adições dos veteranos Gabriel "Revolta" Henud (caçador) e Felipe "Yang" Zhao (topo).

Na fase de classificação, entre altos e baixos, o time da empresa de Limeira conseguiu 12 vitórias e nove derrotas - mesma campanha da INTZ, que passou como 2ª colocada por ter tido vantagem no confronto direto.

Com o retrospecto de duas derrotas e uma vitória contra a INTZ na primeira fase, a KaBuM irá encarar os intrépidos na md5 das semifinais.

Yang paiN/CBLoL - Divulgação/Riot Games Brasil - Divulgação/Riot Games Brasil
Yang, que já passou por INTZ, Keyd e paiN, agora tenta o título com a KaBuM
Imagem: Divulgação/Riot Games Brasil

"Estamos bem confiantes para o confronto contra a INTZ", assegura Yang. "Eu acho que será uma md5 bem 'pegada', com [placar de] 3 a 2 ou 3 a 1. Portanto, como é provável que sejam jogos bem longos, não será fácil. Mas, eu acredito que sairemos com a vitória".

Yang aponta que a KaBuM é poderosa no jogo em equipe e nas individualidades e tem buscado melhorar o preparo psicológico.

"Todos têm uma lane muito forte, seja para 'givar' [abrir mão da lane ou de objetivos] ou jogar na frente. Quanto ao trabalho em equipe, melhoramos muito ao longo do Split. Um dos pontos que temos trabalhado bastante é o lado mental, para evitar 'tiltar' com a pressão do jogo. Portanto, acredito que isso não será um problema no domingo", comenta o pro-player, que diz não sentir pressão extra pelo fato de a KaBuM ser a atual campeã.

Um dos pontos que temos trabalhado bastante é o lado mental, para evitar 'tiltar' com a pressão do jogo
Yang, da KaBuM

PRG: a união fez a força

PRG CBLoL - Divulgação/Riot Games Brasil - Divulgação/Riot Games Brasil
A PRG fez o que parecia milagre: recuperou-se na reta final e conseguiu uma combinação de resultados perfeita na última rodada
Imagem: Divulgação/Riot Games Brasil

A Prodigy Esports (ou PRG Esports) fez o quase impossível, em uma incrível campanha de recuperação.

Das oito partidas nas quatro primeiras semanas, a PRG perdeu sete. Da 5ª à 7ª semanas, a equipe venceu os seis jogos. Entre triunfos e tropeços nas rodadas seguintes, o time chegou ao último dia da fase de classificação necessitando ganhar da paiN e torcer pelo Santos.

A PRG fez o que precisava, mas ainda dependia do Peixe. Àquela altura, o clube da Baixada Santista estava eliminado, sem pretensões na competição, e enfrentava o Flamengo, que buscava a vitória para avançar às semifinais. Deu Santos! Para euforia dos jogadores da PRG (veja vídeo no tuíte abaixo).

Foi um déjà vu do que aconteceu na 1ª Etapa do CBLoL 2020, quando a PRG venceu o seu último jogo da fase de classificação, mas ainda dependia de outro resultado para avançar. A Vivo Keyd, já classificada como líder, perdeu para a KaBuM e fez com que a PRG ficasse fora das semifinais. Desta vez, houve um final feliz.

Garo PRG - Divulgação/Riot Games Brasil - Divulgação/Riot Games Brasil
Garo comenta o drama da PRG: vitória nos treinos, mas desempenho ruim na "hora H"
Imagem: Divulgação/Riot Games Brasil

O atirador da PRG Humberto "Garo" Peixoto não sabe dizer por que a equipe começou o torneio tão mal, já que os treinamentos iam bem, mas tem certeza que a união do grupo salvou a campanha.

"Ganhamos mais do que perdemos nos treinos, mas, chegava no CBLoL, não rolava. Jogávamos mal, comunicávamos mal, tudo dava errado. Fomos melhorando semana a semana", rememora Garo.

Esta recuperação ocorreu a partir da contratação da psicóloga Natália Zakalski, que teve uma bem sucedida passagem pela INTZ, com duas finais e um título no currículo.

"Ela alinhou a nossa mentalidade, deixou bem claros os objetivos de cada um e uniu o grupo", conta Garo.

Esta união, aliás, é a arma com a qual o jogador da PRG conta para as semifinais contra a paiN Gaming. "Nosso grupo é muito bom. Todo mundo se gosta, não tem treta. O que tem de errado, nós sentamos e resolvemos sem nenhum atrito".

Ganhamos mais do que perdemos nos treinos, mas, chegava no CBLoL, não rolava
Garo, da PRG

Como assistir

CBLoL 2020 - Bruno Alvares/Riot Games Brasil - Bruno Alvares/Riot Games Brasil
Imagem: Bruno Alvares/Riot Games Brasil

Para assistir às semifinais da 2ª Etapa do CBLoL 2020, é só acessar os canais da Riot Games Brasil na Twitch ou no YouTube. O canal SporTV 3, do Grupo Globo, também transmitirá as partidas nos dois dias.

Semifinais CBLoL 2020 - Segunda Etapa

Sábado (22)
13h - paiN Gaming x Prodigy (PRG)

Domingo (23)
13h - INTZ x KaBuM

SIGA O START NAS REDES SOCIAIS

Twitter: https://twitter.com/start_uol
Instagram: https://www.instagram.com/start_uol/
Facebook: https://www.facebook.com/startuol/
TikTok: http://vm.tiktok.com/Rqwe2g/
Twitch: https://www.twitch.tv/start_uol