PUBLICIDADE

Topo

LISTA: Top 10 jogos para começar no videogame

Da tranquilizante aquarela de Gris ao enigmático Batman Telltale Series: confira nossa lista de games para quem não está por dentro dos games tão  - Divulgação/Nintendo
Da tranquilizante aquarela de Gris ao enigmático Batman Telltale Series: confira nossa lista de games para quem não está por dentro dos games tão Imagem: Divulgação/Nintendo

João Varella

Colaboração para o START

26/07/2020 04h00

Nunca é tarde para começar a jogar videogame. Com as pessoas ficando mais tempo em casa pela Covid-19, os jogos eletrônicos viraram ótimos companheiros. Prova disso são os robustos números de vendas de títulos como The Last of Us Part II, escassez de hardware, empresas do segmento aumentando expectativas de faturamento.

A festa está boa, mas quem quiser começar nesse hobby, como faz? Para iniciantes nessa mídia não se perderem, eis um ranking com os dez melhores jogos para dar os primeiros passos e pulos. São títulos sem grande complexidade na jogabilidade, bons para ganhar familiaridade e repertório.

A fim de apimentar a seleção e não cair em clichês, o seguinte critério foi adotado:

  • Máximo de um jogo por desenvolvedor;
  • Disponibilidade no PC e em ao menos dois consoles;
  • Pega o joystick (ou o teclado) e joga. Nada de necessidades especiais com periféricos extras, ultra banda larga, mais pessoas, etc.;
  • Lançado há no máximo cinco anos.

Achou chato? Então vá até o final deste texto para conferir sugestões sem essas restrições. Sem mais delongas, vamos aos dez melhores jogos para não jogadores:

10) Rime

Rime - Deviantart/Tohad - Deviantart/Tohad
Imagem: Deviantart/Tohad

Desenvolvedor: Tequila Works
Classificação etária: Livre
Ano de lançamento: 2017
Disponível para Windows, PlayStation 4, Switch, Xbox One

Rime é uma introdução a diversas mecânicas presentes em jogos contemporâneos. Do uso das alavancas analógicas de jogos 3D, escaladas ao estilo Tomb Raider até específicos enigmas visuais presentes em títulos como Hellblade e God of War III, Rime cobre tudo, exceto pelo combate. Mais do que reflexos, é necessário pensar em como resolver os problemas, apresentados somente com elementos visuais.

Os mais experimentados podem torcer o nariz por ele ter um pouco de tudo e um muito de nada. Vale insistir. O final dá um sentido metafórico que reformula a jornada do game.

A ambientação e a jogabilidade tomam emprestados elementos de Ico, Journey e The Witness. Se gostar, vale a pena buscar os títulos que inspiraram Rime.

9) Stardew Valley

Stardew Valley  - Divulgação/StardewValleyWiki - Divulgação/StardewValleyWiki
Imagem: Divulgação/StardewValleyWiki

Desenvolvedor: ConcernedApe
Classificação etária: Livre
Ano de lançamento: 2016
Disponível para PlayStation 4, Windows, Switch, Xbox One, Vita, Android, Linux, macOS, iOS

Relaxe, você herdou uma fazenda. Agora você pode interagir com esse mundo feito com o fino da pixel art como quiser. Escolha o que cultivar, pesque, explore as cavernas, faça amigos, crie hábitos dentro de ciclos diários e anuais.

Quem não consegue decidir pode focar na reforma do centro comunitário. Seres misteriosos tomaram o espaço e pedem itens específicos e variados. É uma maneira guiada de conhecer o amplo leque deste simulador rural com elementos de RPG criado por Eric Barone.

Sim, um sujeito sozinho fez este jogo imenso, que drena centenas de horas de muitos jogadores desde seu lançamento. Um dado que deixa a experiência de jogar Stardew Valley ainda mais atraente.

8) Batman Telltale Series

Batman Telltale Series - Divulgação/Palmtop - Divulgação/Palmtop
Imagem: Divulgação/Palmtop

Desenvolvedor: Telltale
Classificação etária: 18 anos
Ano de lançamento: 2016
Disponível para Windows, Android, macOS, iOS, Switch, PlayStation 4, Xbox One

Telltale é uma desenvolvedora que é quase sinônimo de adventure moderno. Se antes era um gênero restrito ao mouse (point and click era uma forma de denominar esse tipo de jogo), a desenvolvedora conseguiu trazer as narrativas interativas aos consoles com sucesso. Nos jogos da Telltale, o jogador toma decisões que influenciam os rumos da história.

Batman Telltale Series segue os preceitos da Telltale expandindo o universo do homem-morcego com muita criatividade. Bruce Wayne, Coringa, Gordon, Alfred e a turma conhecida está lá, mas a história ruma por caminhos imprevistos, revela novas facetas dos personagens.

Espere por uma jornada de corrupção e questionamentos morais que podem ser colocados entre as melhores tramas com o morcegão.

7) Pikuniku

Pikuniku - Divulgação/Steam - Divulgação/Steam
Imagem: Divulgação/Steam

Desenvolvedor: Sectordub
Classificação etária: Livre
Ano de lançamento: 2019
Disponível para Linux, Windows, macOS, Xbox One, Switch

Um jogo de plataforma impreciso, Pikuniku traz um mundo que mistura espírito brincalhão com capitalismo selvagem e rebelião. Em um mundo em que ninguém tem braços, o jogador é um monstro de longas e poderosas pernas que sai de uma caverna para causar e resolver problemas.

Diálogos engraçados, arte pictográfica com cores básicas, trama que avança por caminhos inesperados (prepare-se para participar de uma competição de dança) e uma física que torna divertido o ato de chutar coisas garantem algumas horas sorridentes. Pikuniku é um jogo família sem ser infantil.

6) Oxenfree

Oxenfree - Divulgação/Steam - Divulgação/Steam
Imagem: Divulgação/Steam

Desenvolvedor: Night School Studio
Classificação etária: 12 anos
Ano de lançamento: 2016
Disponível para Windows, PlayStation 4, Switch, Android, Xbox One, Linux, iOS, macOS

Um grupo de jovens vai fazer uma festa em uma ilha misteriosa. Se isso parece começo de história de terror, bem, Oxenfree é isso mesmo.

O jogador encarna Alex, uma adolescente rebelde e desbocada (pleonasmo?). Munida de um rádio, ela deverá explorar o passado militar da região.

Com uma mistura de exploração, quebra-cabeça leve e elementos de jogos da Telltale, as ações feitas ao longo do jogo terão consequências no final. É um título que lida de maneira original com conflitos familiares profundos e o sobrenatural.

5) Gris

Gris - Canaltech - Canaltech
Imagem: Canaltech

Desenvolvedor: Nomada Studio
Classificação etária: Livre
Ano de lançamento: 2018
Disponível para Windows, macOS, iOS, Android, Switch, PlayStation 4

Se for para falar de beleza, Gris é o grande destaque desta lista. O visual aquarelado é o pilar central da narrativa, na qual uma uma garota deve buscar as cores do mundo e reencontrar a própria voz —a temática é aberta para interpretações, então fique à vontade para dar sua própria leitura.

Plataforma bidimensional, no caminho há alguns puzzles, mas nada muito complicado. É uma jornada de encher olhos e ouvidos - a trilha sonora é um deleite. Coloque a poltrona para trás e relaxe com este jogo.

Está em busca de experiências tranquilas? Leia aqui outros exemplos de jogos para jogar de boa na lagoa, suave na nave.

4) Horizon Chase Turbo

Horizon Chase Turbo - Aquiris - Aquiris
Imagem: Aquiris

Desenvolvedor: Aquiris Game Studio
Classificação etária: Livre
Ano de lançamento: 2018
Disponível para Windows, PlayStation 4, Switch e Xbox One

Se estivéssemos nos anos 1990, esta lista seria publicada na revista Super GamePower com a indicação de você ir na locadora mais próxima pegar Top Gear ou Out Run. Como estamos em 2020, o sucessor espiritual desse gênero de corrida é Horizon Chase Turbo.

Único jogo brasileiro nesta lista, não busque realismo. Aqui a proposta é arcade: acelera, freia, usa nitro, bate, capota, segue em frente para concluir provas que vão de um a três minutos. Mas os poucos comandos não são sinônimo de moleza. Basta uma curva mal feita para perder preciosas posições nas disputas.

Para simplificar, no ano passado foi agregada a campanha Rookie, que exclui o ranking, combustível, moedas colecionáveis e facilita o destravamento de pistas. Marcelo Kamikaze, Lord Mathias e a equipe da Super GamePower aprovariam.

3) Night in the Woods

Night in the Woods - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

Desenvolvedor: Infinite Fall
Classificação etária: 12 anos
Ano de lançamento: 2017
Disponível para Windows, macOS, Linux, PlayStation 4, Xbox One, Switch

Uma exploração bidimensional por personalidades fascinantes. É essa a proposta de Night in the Woods, protagonizado por Mae, uma gata que contém sua raiva interior como pode. Ela volta a sua cidade natal depois de desistir da faculdade.

Os amigos e o pequeno município estão diferentes. A monotonia, mais pesada do que nunca. Porém, eventos misteriosos na floresta e figuras desconhecidas abalam Mae e estes bichos humanos, demasiadamente humanos.

2) What Remains of Edith Finch

What Remains of Edith Finch - Divulgação/Steam - Divulgação/Steam
Imagem: Divulgação/Steam

Desenvolvedor: Giant Sparrow
Classificação etária: 14 anos
Ano de lançamento: 2017
Disponível para Windows, PlayStation 4, Xbox One, Switch

Tacoma

Desenvolvedor: Fullbright
Classificação etária: 14 anos
Ano de lançamento: 2017
Disponível para Windows, PlayStation 4, Xbox One, macOS, Linux

Lançado em 2013, Gone Home é um dos jogos mais importantes dos últimos anos e se não fosse pela regrinha de jogos novos, certamente aqui estaria. Nele o jogador encarna uma garota que volta para a casa da sua família depois de um intercâmbio na Europa. Porém, a residência está vazia. O que aconteceu? Para descobrir, é preciso explorar os cômodos, numa proposta sem inimigos ou ameaças, porém com alta dose de suspense.

A repercussão desse game pode ser sentida em jogos como Tacoma (dos próprios criadores de Gone Home) e What Remains of Edith Finch.

Tacoma propõe uma viagem a uma estação espacial, num futuro onde os conflitos de classe estão mais sensíveis do que nunca. What Remains of Edith Finch aposta em um mergulho por uma família amaldiçoada em uma casa cheia de passagens secretas.

Ambos contam com narrativas intrigantes. Dá para ir do início ao fim nos dois jogos no tempo de um longa metragem. Qual dos dois merece a medalha de prata deste ranking?

Resposta: empate. Não veja isso como um tapetão. Indicar onze jogos em um top 10 é um ganha-ganha, vai.

Ah, não deixe de conhecer outros walking simulators nesta lista do START.

1) Untitled Goose Game

Untitled Goose Game - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

Desenvolvedor: House House
Classificação etária: Livre
Ano de lançamento: 2019
Disponível para PlayStation 4, Windows, Xbox One, macOS, Switch

O melhor jogo para um iniciante em videogame tem como protagonista um ganso que deve infernizar a vida de uma pequena cidade. Untitled Goose Game foi assim resenhado pelo START:

Numa perspectiva isométrica, com gráficos charmosos e sem qualquer espécie de contorno, fazendo uso da técnica de cel shading que tão bem simula desenho animado em 3D, uma trilha sonora dinâmica, que acompanha o desenrolar dos eventos e que conversa com o erudito, Untitled Goose Game desenrola o dia a dia de pessoas vivendo tranquilamente numa adorável cidade inglesa.

Com comandos simples, cabe ao jogador cumprir tarefas anotadas em um caderninho. Fazer uma pessoa comprar o próprio objeto, derrubar um balde na cabeça de um segurança mal-encarado, aparecer na televisão e apavorar uma criança estão entre as tarefas que o ganso mais espírito de porco da história resolveu executar naquele dia. Dispõe para isso de seu bico para agarrar objetos, grasnos e um rebolado maravilhoso.

Com um humor de filmes de Jaques Tati e Charles Chaplin, Untitled Goose Game ganha pela sua inventividade. Afinal, só um videogame para te colocar no papel de um ganso existencialista.

Espera aí que tem mais um pouquinho

Journey  - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

E essa é a lista. Se você chegou até aqui, segura que a gente vai dar as sugestões sem restrição nenhuma: Tetris, Journey, Wii Sports, Rock Band, Guitar Hero, Just Dance, Out Run, Animal Crossing: New Horizon, World of Goo, Wolf Among Us.

Cansou? Espera aí que ainda tem Celeste (considere as opções de acessibilidade), Mario Kart 8 (também com acessibilidade), The Lego Ninjago Movie Video Game, Box Boy + Box Girl, To the moon, Golf With Friends, Knack 2, Flower, Minecraft Story Mode, Yoshi's Crafted World.

Socorro, lembrei agora de Flow, Snipperclips, Gone Home, Top Gear, Dance Central, Ms. Pac-Man, Pokémon Snap, After Party, Full Throttle e tá bom, né? Escolha seu jogo e divirta-se.

SIGA O START NAS REDES SOCIAIS

Twitter: https://twitter.com/start_uol
Instagram: https://www.instagram.com/start_uol/
Facebook: https://www.facebook.com/startuol/
TikTok: http://vm.tiktok.com/Rqwe2g/
Twitch: https://www.twitch.tv/start_uol