PUBLICIDADE

Topo

FIFA 21: O que já sabemos e o que esperamos da próxima edição do game

FIFA 20  - Divulgação/AE
FIFA 20 Imagem: Divulgação/AE

Tiago Alcantara

Colaboração para o START

10/06/2020 04h00

Resumo da notícia

  • Expectativa é de lançamento entre julho e setembro, com versões para a nova geração no final do ano
  • Além de melhorias visuais e de gameplay, jogadores esperam novidades nos modos carreira e VOLTA
  • Novidades do game devem ser reveladas em evento online no dia 18 de junho

Fifeiros e fifeiras ainda não têm muitas novidades sobre FIFA 21, mas as notícias oficiais não vão demorar muito a chegar. A EA anunciou que seu evento online, que sofreu um atraso por conta das manifestações antirracismo que acontecem no mundo todo, deve acontecer em 18 de junho.

Enquanto o anúncio e as primeiras informações sobre FIFA 21 não chegam, resolvemos listar um pouco do que se sabe sobre a nova versão do simulador de futebol, e ainda coletamos algumas das sugestões do que a comunidade gostaria de ver dentro de campo.


Vai atrasar?

O fato é que a pandemia afetou o desenvolvimento de games nos mais diversos cantos do planeta, o que pode refletir em FIFA 21. Porém, a EA garante que o game deve sair ainda em 2020.

No mês passado, a empresa revelou seu relatório fiscal e apontou que a janela de lançamento para FIFA 21 deve ser entre julho e setembro. Nos últimos anos, a empresa tem lançado o jogo no mês de setembro, quando as principais ligas europeias estão iniciando novas temporadas.

Resta saber qual vai ser o impacto da parada dos campeonatos no simulador, já que algumas ligas terminaram suas competições, mas outras estão retornando aos gramados após a pandemia estar controlada.

"Cross" com a nova geração

Com o lançamento de FIFA 21 bem próximo da nova geração de consoles, é bem provável que o game seja lançado tanto para as plataformas atuais quanto para PlayStation 5 e Xbox Series X, que devem chegar mais no final do ano. Seria uma boa oportunidade de aumentar o catálogo inicial dos novos videogames, e também a chance de mostrar um novo impacto visual no simulador de futebol.

De qualquer forma, as apostas mais certeiras são de gráficos ainda mais realistas, melhorias na física da bola e na movimentação dos jogadores, tudo graças a uma nova camada de polimento na engine do jogo. Também devem surgir melhorias na atmosfera dos estádios e na interface do game, que simula as transmissões de TV.

Outra mudança que é quase certa: a inclusão dos árbitros de vídeo no jogo. Resta saber como o VAR seria adicionado às partidas, já que, em teoria, ele não seria necessário para um game. O recurso, se bem utilizado, pode dar um tom divertido para a jogatina.

via GIPHY

O que queremos ver

Novas lendas

A lista de jogadores icônicos do game já é bastante rica, com a edição de 2019 ganhando nomes como Zidane, Riquelme e Guardiola. Por outro lado, ainda temos alguns nomes do passado recente que podem ganhar um merecido lugar no panteão de craques de FIFA 21.

De cabeça, dá para dizer que Totti, Cafu, John Terry e Batistuta são apenas alguns dos nomes que podem agradar os torcedores com cards especiais. Como sonhar não é pecado, dá para imaginar uma lista com alguns craques nacionais, como: Marcos, Zico, Romário, Bebeto e por aí vai.

FIFA lendas - Divulgação/EA Sports - Divulgação/EA Sports
Imagem: Divulgação/EA Sports

Melhorias no modo Volta

Um dos recursos trazidos em FIFA 20 foi o modo Volta, que é uma reimaginação do game FIFA Street. Por conta da popularidade com os jogadores, o modo poderia ter o catálogo de quadras expandido.

Sendo uma das opções mais divertidas para quem está mais ligado na jogatina casual e nos truques do que em partidas complexas contra oponentes online, seria legal ver o modo Volta ganhar um pouco mais de carinho do time da EA. Talvez até algumas jogadas menos realistas e mais arcade, quem sabe.

via GIPHY


Um modo carreira mais consistente

Todos os anos, o modo carreira tem apenas melhorias pontuais, mas não chega a empolgar. Em FIFA 21 seria incrível se os desenvolvedores apostassem em mais realismo, no lugar de conferências de imprensa meio sem graça.

Uma dica? Focar em um sistema de moral do time que realmente mantivesse os treinadores virtuais ocupados com a gestão do plantel. Acesso aos jogadores da base para compor o time também não seria nada mal.

FIFA Carreira - Reprodução - Reprodução
Imagem: Reprodução

Ah, evitar algumas transferências improváveis de grandes jogadores entre clubes rivais durante a temporada também ajuda. Afinal de contas, essa é uma das reclamações mais constantes sobre esse modo de jogo nos fóruns do game.

Aquele licenciamento caprichado

Esse pode ser um sonho um pouco distante para o torcedor brasileiro. Ter todos os times e jogadores da Série A do Campeonato Brasileiro seria uma ótima forma de atrair novos e antigos jogadores para a nova edição do simulador de futebol.

Como você sabe, o licenciamento oficial é um processo pra lá de complicado no país. Além de negociar com federações, clubes e atletas, a EA ainda precisaria superar os acordos que alguns times possuem com a sua rival Konami. No entanto, não custa nada sonhar, né?

FIFA 20 2 - Reprodução - Reprodução
Osvaldinato, Laranjo e outros craques genéricos estão na Libertadores
Imagem: Reprodução

SIGA O START NAS REDES SOCIAIS

Twitter: https://twitter.com/start_uol
Instagram: https://www.instagram.com/start_uol/
Facebook: https://www.facebook.com/startuol/
TikTok: http://vm.tiktok.com/Rqwe2g/
Twitch: https://www.twitch.tv/start_uol