PUBLICIDADE

Topo

CBLoL: a trajetória dos semifinalistas Vivo Keyd, Flamengo, FURIA e KaBuM

Semifinais serão disputadas em séries melhor de cinco no sábado e domingo - Divulgação/Riot Games
Semifinais serão disputadas em séries melhor de cinco no sábado e domingo Imagem: Divulgação/Riot Games

Gabriel Oliveira

Colaboração para o START

02/05/2020 04h00

Uma das edições mais loucas do Campeonato Brasileiro de League of Legends (CBLoL) chega às semifinais neste final de semana com Vivo Keyd, Flamengo, FURIA Esports e KaBuM na disputa pelo título. Os confrontos online que decidem os finalistas da 1ª Etapa acontecem no sábado (2) e domingo (3), a partir das 13 horas.

A temporada 2020 começou com o maior número de sul-coreanos e estrangeiros da história, mas teve ainda outro recorde: o de percalços e reviravoltas surpreendentes.

Temporada agitada

Primeiro, uma chuva torrencial destruiu o estúdio onde eram realizadas as partidas do CBLoL, na Vila Leopoldina, em São Paulo, em 10 de fevereiro, logo após a 3ª Semana. A Riot Games Brasil precisou suspender a competição e alugar outro estúdio provisoriamente. Os jogos foram retomados em nova casa em 29 de fevereiro.

Só que, depois da 6ª Semana, concluída em 15 de março, houve nova paralisação, desta vez em razão da pandemia de covid-19. Com as restrições impostas para evitar a disseminação da doença em São Paulo, a Riot precisou interromper a competição e, um mês depois, retomá-la pela internet. Os jogos das últimas três semanas foram disputados online.

Em meio aos imprevistos e às consequentes incertezas, as equipes da elite do LoL brasileiro lutavam para chegar à fase eliminatória.

Houve equilíbrio, domínio da Vivo Keyd, campanha de recuperação da KaBuM, raça da FURIA na busca pela classificação e crise nos bastidores do Flamengo.

Confira as trajetórias dos semifinalistas:

Vivo Keyd

Keyd - Divulgação/Riot Games - Divulgação/Riot Games
Imagem: Divulgação/Riot Games

Líder da fase de pontos, a Vivo Keyd venceu 14 partidas e perdeu sete. Vinda do Circuito Desafiante de 2019, a equipe iniciou o CBLoL 2020 perdendo os dois confrontos da 1ª Semana, mas depois emendou uma sequência de oito triunfos. O time só voltou a perder na 6ª Semana, para a INTZ.

Das nove partidas nas três últimas semanas, realizadas pela internet, a Keyd perdeu quatro. Mesmo assim, a equipe manteve a liderança, com aproveitamento de 67%.

Flamengo

Flamengo LoL - Divulgação/Riot Games - Divulgação/Riot Games
Ranger, jogador do Flamengo
Imagem: Divulgação/Riot Games

Campeão brasileiro de LoL na temporada passada, o Flamengo reformulou o elenco, mas chegou à 1ª Etapa de 2020 ainda como candidato ao título, principalmente por conta da presença dos sul-coreanos Jeong "WooFe" Woo-cheol (topo) e Han "Luci" Chang-hoon (suporte).

O Rubro-Negro começou a competição com sete vitórias em oito jogos nas quatro primeiras semanas. Depois, caiu de produção e passou a sofrer mais revezes.

O time teve 13 vitórias e oito derrotas, com aproveitamento de 62%, na 2ª colocação da tabela. Contudo, os problemas administrativos e as polêmicas nos bastidores do clube ofuscaram o desempenho esportivo e chamaram mais atenção.

Em 2 de abril, o Flamengo anunciou a demissão de quatro jogadores reservas e do técnico sul-coreano Son "Stardust" Seok-hee, alegando dificuldades financeiras provocadas pela pandemia de covid-19. Dias depois, recontratou dois deles.

Em 3 de abril, o clube informou que Luci estava retornando, temporariamente, à Coreia do Sul. Oficialmente, o motivo seria "questões de saúde", potencializadas pela preocupação com o novo coronavírus. Na época, o Globoesporte.com noticiou que o coreano estava insatisfeito na equipe e com medo do avanço da covid-19 no Brasil.

O clima nos bastidores só piorou a partir daí. No dia 21, a ESPN Brasil revelou que a Team One deixaria de tocar a operação do Flamengo Esports por problemas administrativos, como constantes atrasos no pagamento de salários aos pro-players e ausência de patrocinadores. Jogadores não escondiam incômodo com a situação tensa.

Para quem não sabe, a partir de 2020 o departamento de eSports do Flamengo passou a ser licenciado à Simplicity One, empresa constituída por 10% da brasileira Team One e 90% da norte-americana Simplicity Esports.

A Team One enfrenta uma profunda crise econômica, com dívidas sendo cobradas na Justiça, processos trabalhistas com acusações de condições de trabalho ruins e ameaça de debandada da equipe de Counter-Strike: Global Offensive (CS:GO). A Simplicity Esports assumiu a administração do Flamengo.

FURIA Esports

FURIA - Divulgação/Riot Games - Divulgação/Riot Games
Imagem: Divulgação/Riot Games

A 1ª Etapa do CBLoL 2020 é a competição de estreia da FURIA no League of Legends. O clube, que tem Neymar como torcedor ilustre no CS:GO, adquiriu a Uppercut para fazer parte da competição de elite do cenário nacional.

O time passou para as semifinais com uma campanha de altos e baixos, na 3ª posição da tabela. Foram 11 vitórias e dez derrotas, o que corresponde a aproveitamento de 52%.

No último dia da fase de classificação, a equipe disputava duas vagas remanescentes nas semifinais com paiN Gaming, PRG Esports e KaBuM.

No Twitter, a FURIA se destacou pelas provocações e comentários irreverentes aos adversários, como na mensagem publicada após a vitória sobre a paiN na rodada decisiva.

KaBuM

KaBuM - Divulgação/Riot Games - Divulgação/Riot Games
Imagem: Divulgação/Riot Games

A KaBuM ficou em 4º lugar na classificação da primeira fase, com as mesmas 11 vitórias e dez derrotas da FURIA, mas permaneceu atrás dos rivais por critério de desempate.

O clube da empresa de Limeira (SP) fez uma incrível campanha de recuperação. Nas seis primeiras semanas, o time perdeu oito jogos e só venceu quatro. Nas três semanas decisivas, disputadas pela internet, levou a melhor em sete de nove confrontos, com direito a uma sequência de seis triunfos nas últimas rodadas.

Após péssimo início na competição, a KaBuM trocou de treinador. Em 26 de março, dispensou Guilherme "Kake" Braga, três semanas depois da contratação do norte-americano Alexander "Abaxial" Haibel como novo técnico estratégico. O estrangeiro, com passagens bem-sucedidas por INTZ e Vivo Keyd, assumiu o comando e levou a equipe à disputa pelo título.

Jogos decisivos

Pela internet, as semifinais acontecem neste fim de semana, a partir das 13 horas, com confrontos melhor de cinco partidas.

A final, também online, está marcada para o dia 9 de maio. Será a primeira vez na história que um título de CBLoL não será decidido em um duelo presencial.

O campeão somente levará para casa o prêmio de R$ 70 mil, porque o Mid-Season Invitational (MSI), que reuniria os vencedores da 1ª Etapa dos torneios regionais, acabou cancelado por conta da pandemia de Covid-19.

SIGA O START NAS REDES SOCIAIS

Twitter: https://twitter.com/start_uol
Instagram: https://www.instagram.com/start_uol/
Facebook: https://www.facebook.com/startuol/
TikTok: http://vm.tiktok.com/Rqwe2g/
Twitch: https://www.twitch.tv/start_uol