PUBLICIDADE

Topo

Nintendo Switch está esgotado nas lojas físicas e virtuais dos EUA

A quarentena aumentou a demanda pelo console Nintendo Switch  - Divulgação/Nintendo
A quarentena aumentou a demanda pelo console Nintendo Switch Imagem: Divulgação/Nintendo

Do START, em São Paulo

15/04/2020 22h37

Mais de três anos após o seu lançamento, o Nintendo Switch está esgotado nas lojas físicas e virtuais dos Estados Unidos. E, por conta da pandemia do novo coronavírus, o problema não será resolvido tão cedo: a previsão é que o console só volte às prateleiras entre maio e junho.

Questionada pelo Business Insider, a fabricante repete a mesma explicação há semanas: "O hardware do Nintendo Switch está esgotado em diversas lojas nos EUA, mas mais sistemas estão sendo enviados. Pedimos desculpas pela inconveniência."

Os consumidores não demoraram a perceber que, hoje, é quase impossível encontrar um console à venda pelo preço original, US$ 300 (cerca de R$ 1.570). Revendedores cobram mais de US$ 550 (cerca de R$ 2.880) pelo mesmo produto. E não para por aí: quem quer comprar o Nintendo Switch Lite, a versão totalmente portátil do videogame, enfrenta o mesmo problema.

A quarentena aumentou a demanda pelo produto, o que contribuiu para a escassez. De acordo com Daniel Ahmad, da consultoria sobre a indústria asiática de marketing em games Niko Partners, a situação só deve se normalizar em maio, talvez junho:

"Isso porque a produção está aumentando agora. Então vamos começar a ver os efeitos disso no final de maio, começo de junho — certamente no final do segundo trimestre", disse em entrevista à Business Insider.

SIGA O START NAS REDES SOCIAIS

Twitter: https://twitter.com/start_uol
Instagram: https://www.instagram.com/start_uol/
Facebook: https://www.facebook.com/startuol/
TikTok: http://vm.tiktok.com/Rqwe2g/
Twitch: https://www.twitch.tv/start_uol