PUBLICIDADE

Topo

The Last of Us: brasileiros fazem filme sobre game de PlayStation

A heroína Ellie é interpretada por Alice Grosseman (ao lado de sua pastora alemã Lariat), idealizadora do projeto - Bruno Nascimento/Divulgação
A heroína Ellie é interpretada por Alice Grosseman (ao lado de sua pastora alemã Lariat), idealizadora do projeto
Imagem: Bruno Nascimento/Divulgação

Giovanna Breve

Colaboração para o START

16/03/2020 11h30

Resumo da notícia

  • Grupo de amigos fãs do game revelam teaser e imagens inéditas de bastidores
  • Gravações ocorreram em Florianópolis (SC) e incluíram até uma pastora alemã no elenco
  • O "apocalipse" exigiu muito sangue falso e maquiagem para recriar os Estaladores, zumbis do game
  • Filme completo chega em abril, um mês antes do game The Last of Us - Parte 2

The Last of Us Part II é um dos games mais esperados de 2020. Ele chega em 29 de maio, e a expectativa só cresce, principalmente depois do anúncio de que a franquia vai receber uma série assinada pelos mesmos produtores de Chernobyl, da HBO. Mas enquanto a continuação da saga de Joel e Ellie não chega, fãs brasileiros estão produzindo um filme nesse universo de zumbis criado pela Naughty Dog.

Ele se chama The Last of Us: Bound, e a história se passaria em algum momento do segundo jogo, conforme explica ao START Alice Grosseman, ilustradora, diretora e responsável por interpretar Ellie no longa. A equipe divulgou nesta segunda (16) um teaser trailer (abaixo), e promete a versão completa de Bound para 23 de abril.

Por que Last of Us?

A ideia do fanfilm partiu da própria Alice após participar de um curta-metragem, em 2018. Fã da franquia, ela estava pensando em fazer um longa sobre o universo de The Last of Us com a participação de Lariat, sua pastora alemã.

"Sou apaixonada por The Last of Us e fiquei pensando que seria bacana fazer um curta contando uma história com os mesmos personagens e usando nossa cachorra, Lariat. Eis que meses depois vimos uma imagem da parte 2 do jogo mostrando justamente um pastor alemão na roupinha de motion capture muito parecida com nossa Lariat e esse foi o sinal que precisávamos", explica Alice.

Alice interpreta Ellie, que passa por situações difíceis de combate e sobrevivência - Bruno Nascimento/Divulgação
Alice interpreta Ellie, que passa por situações difíceis de combate e sobrevivência
Imagem: Bruno Nascimento/Divulgação

No ano seguinte ela juntou-se com mais nove pessoas, dentre elas seu marido Humberto Garcia e a cachorra Lariat para tirar do papel o filme. Alice fez a direção, produção, roteiro, storyboards, maquiagem e figurinos do longa, a equipe ajudou com a cinematografia, fotografia, pós-produção, edição e atuar desde personagens e estaladores.

Alice não esconde a paixão pela série de games de zumbis, já fez diversas fanarts da saga e participa do canal The Last of Us Inside (canal feito por fãs da franquia). Antes mesmo de criar o roteiro de The Last of Us: Bound, Alice fez uma tatuagem igual a Ellie no segundo jogo, que são folhas de plantas no antebraço direito. "Como The Last of Us é o jogo da minha vida e representa muito além do meu jogo preferido, resolvi marcar na pele meu amor pelo game no comecinho de 2018, antes de cogitar qualquer curta de The Last of Us. Veio a calhar para interpretar a Ellie."

Vimos uma imagem da parte 2 do jogo mostrando justamente um pastor alemão na roupinha de motion capture muito parecida com nossa Lariat, e esse foi o sinal que precisávamos
Alice Grosseman, diretora de The Last of Us: Bound

#YearOfTheDog

A post shared by Neil Druckmann (@druckmann) on

VÍNCULOS E RESPONSABILIDADE

Em The Last of Us: Bound, a Ellie, protagonista no segundo jogo, encontra uma cachorra dos WLF, um grupo territorial que adestra cachorros para farejar e atacar pessoas (o que é canônico a partir do gameplay divulgado no ano passado). A partir desse momento, o fanfilm tenta trazer a reflexão sobre as conexões que a sobrevivente cria e suas consequências.

"Em um dos trailers exibidos, vemos Ellie já mais velha invadindo um território e procurando alguém. Ela se depara com pessoas pertencentes ao WLF, um grupo territorial que adestra cachorros para farejarem e atacarem, então demos uma pequena pincelada nesse tipo de ambiente e situação do jogo", diz Alice em entrevista ao START.

Assim como em The Last of Us, o fanfilm vai ter muito sangue e estaladores, como são chamados os zumbis na franquia - Bruno Nascimento/Divulgação
Assim como em The Last of Us, o fanfilm vai ter muito sangue e estaladores, como são chamados os zumbis na franquia
Imagem: Bruno Nascimento/Divulgação

O foco do filme é o vínculo (Bound), a responsabilidade e a forma que ela precisa entender o peso de suas ações e lidar com as consequências de seus atos
Alice Grosseman

LUZ, CÂMERA E SANGUE FALSO

As gravações de The Last of Us: Bound foram feitas na casa do pai de Grosseman, na região da Lagoa da Conceição, em Florianópolis (SC). "Como fica num lugar super isolado e uma das construções estava abandonada, a área como um todo funcionou perfeitamente como cenário do curta ", conta Alice.

Confira a seguir algumas imagens inéditas dos bastidores do longa.

The Last of Us Bound: confira imagens inéditas de bastidores

Durante as gravações, a diretora conta que rolou muito sangue falso espalhado no cenário, móveis, nas pessoas e até a cachorra Lariat acabou suja de sangue, um digno cenário de um apocalipse zumbi.

Descobrimos que o sangue fica com uma consistência melhor para o Estalador quando misturado na cerveja, então o ator Victor Lebarbenchon, quem deu vida ao infectado, tinha uma baba gosmenta de sangue e cerveja durante toda a filmagem e quase saiu bêbado
Alice Grosseman

Questionada se a Naughty Dog, dona e criadora da franquia de The Last of Us, está ciente sobre The Last of Us: Bound, Alice respondeu que a equipe vai enviar um e-mail notificando, mas acredita que eles vão gostar pois a desenvolvedora apoia os projetos feitos por fãs e divulga toda sexta-feira alguma arte feita pelos jogadores. "O próprio Youtube possui diversos fã filmes de The Last of Us, então creio que não teremos problemas autorais já que está tudo discriminado sobre a propriedade intelectual pertencente a eles. Tomara que gostem, vai que eles resolvem nos divulgar?"

Confira a entrevista com Alice Grosseman, diretora e atriz no fanfilm de The Last of Us.

START: Quando surgiu a ideia de fazer um fanfilme de TLOU?

Alice Grosseman: Em 2018 fiz parte de um curta metragem chamado "Animal", onde meu marido Humberto foi diretor e ator e nosso amigo Bruno Nascimento foi ator e cinegrafista. Depois de filmar e publicar "Animal", pensamos que seria bacana continuar produzindo e fiquei incubando ideias.

Sou apaixonada por The Last of Us desde que joguei em 2013, e fiquei pensando que seria bacana fazer um curta contando uma história com os mesmos personagens e usando nossa cachorra, Lariat. Eis que meses depois vimos uma imagem da parte 2 do jogo mostrando justamente um pastor alemão na roupinha de motion capture muito parecida com nossa Lariat e esse foi o sinal que precisávamos.

No ano seguinte inclusive foi possível ver no trailer do Outbreak day os cachorros e que serão (a princípio) inimigos. Depois disso começamos a produção e escrevi o roteiro e storyboard imaginando um encontro de Ellie com um cachorro e como seria sua reação com o cão inimigo. Falei com o Humberto [marido] e Bruno Escobar, juntei uma equipe de profissionais excelentes e a produção aconteceu logo em seguida.

START: Quantas pessoas estão participando? Qual é a sua função na filmagem além de ser a Ellie? Onde são feitas as gravações?

Alice Grosseman: O grupo possui nove pessoas eu uma cachorra. Fiz a direção, produção, roteiro, storyboards, maquiagem e figurinos, a cinematografia e fotografia foi feita por Bruno Nascimento, pós-produção e tratamento de imagem de Baltazar Sobierajski e atuação comigo, Victor Vieira Paulo, Zé Maciel, Bruno Escobar, Larissa Dutra Lopes, Victor Lebarbenchon, Humberto Garcia e a Lariat.

O arco e flecha foram alugados e produção é feita em parceria com o portal "The Last of Us Brasil", que publicará o curta no canal do Youtube.

Como a equipe é pequena todo mundo se aventurou como assistente de produção e contra-regra, nos divertimos bastante nas gravações. Fizemos todas as filmagens na Lagoa da conceição em Florianópolis (SC), na casa do meu pai. Como fica num lugar super isolado e uma das construções estava abandonada, a área como um todo funcionou perfeitamente como cenário do curta.

Equipe durante a produção de Bound, em Florianópolis - Divulgação/Bruno Nascimento
Equipe durante a produção de Bound, em Florianópolis
Imagem: Divulgação/Bruno Nascimento

START: Sobre que se trata a história? Onde se passa a história, depois do primeiro ou antes?

Alice Grosseman: A história passa em algum momento do segundo jogo. Em um dos trailers exibidos no Outbreak day em 2019 vemos Ellie já mais velha invadindo um território e procurando alguém. Ela se depara com pessoas pertencentes ao WLF, um grupo territorial que adestra cachorros para farejarem e atacarem, então demos uma pequena pincelada nesse tipo de ambiente e situação do jogo.
Sobre o roteiro, em meio à busca de vingança de Ellie, ela se depara com essa cachorra do inimigo, causando um conflito emocional. O foco do filme é o vínculo (Bound), a responsabilidade e a forma que ela precisa entender o peso de suas ações e lidar com as consequências de seus atos.

É muito bacana o pensamento artístico expressado não só por mídias diferentes (telas, cinema), mas no modo que o corpo cria arte ao incorporar personagens, vozes, ações
Alice Grosseman, sobre seu trabalho em ilustração, dublagem e atuação

START: Tem alguma curiosidade de bastidores ou história engraçada que acha legal compartilhar para o START?

Bruno Nascimento/Divulgação
Imagem: Bruno Nascimento/Divulgação
Alice Grosseman: Poucos dias antes de filmar, eu estava com um pedaço da sobrancelha raspada para fazer a cicatriz da Ellie e Humberto com um talho raspado na barba para seu personagem. Todos os olhos curiosos ficavam na gente em qualquer local público que passamos.

Nos divertimos horrores no dia das filmagens, muito disso por conta do sangue. Como tem cenas de morte, era importante que o sangue aparecesse bem nas câmeras, então Humberto estava o tempo inteiro andando com um pote de sangue falso e jogando sangue em todo mundo.

Descobrimos que o sangue fica com uma consistência melhor para o Estalador quando misturado na cerveja, então além de tudo o ator Victor Lebarbenchon, quem deu vida ao infectado, tinha uma baba gosmenta de sangue e cerveja durante toda a filmagem e quase saiu bêbado. Era tanto sangue que deixamos o chão, móveis, grama e até a cachorra ensanguentada como consequência, que se alguém passasse pelo local pensaria que houve uma chacina das bravas. E como o sangue falso é comestível e doce, também atraiu muitas moscas. No início foi chato, mas o excesso de moscas acabou trazendo um detalhe de cena ótimo onde o personagem do Victor Vieira aparece morto e vimos só depois na edição que uma mosquinha pousa na boca dele bem na hora!

START: Nas imagens vi que você está com a tatuagem no braço igual a Ellie no segundo, é de verdade é uma temporária para o papel?

Alice Grosseman: É verdadeira! Como The Last of Us é o jogo da minha vida e representa muito além do meu jogo preferido, resolvi marcar na pele meu amor pelo game no comecinho de 2018, antes até de filmamos nosso curta "Animal" e antes de cogitar qualquer curta de The Last of Us. Veio a calhar para interpretar a Ellie.

Ellie e os estaladores podem ser amigos, mas só nos bastidores - Divulgação/Bruno Nascimento
Ellie e os estaladores podem ser amigos, mas só nos bastidores
Imagem: Divulgação/Bruno Nascimento

START: Vocês estão fazendo um fanfilme baseado em uma franquia da Naughty Dog, eles estão sabendo da produção? Se sim, ficaram de boa?

Alice Grosseman: Ainda não entramos em contato, mas planejamos enviar um e-mail bonitinho informando-os a respeito. Sei que de modo geral a Naughty Dog dá muito apoio às produções de fãs e toda sexta-feira publicam uma arte, cosplay, tatuagem ou algo do gênero quando os fãs enviam. O próprio youtube possui diversos fã filmes de The Last of Us, então creio que não teremos problemas autorais já que está tudo discriminado sobre a propriedade intelectual pertencente a eles. Tomara que gostem, vai que eles resolvem nos chamar divulgar?

START: E o que acharam da notícia recente que vão produzir uma série oficial na HBO?

Alice Grosseman: Foi bastante inesperado, visto que Neil Druckmann anteriormente havia dito que não pretendia fazer nenhuma produção cinematográfica. Como a equipe terá não apenas Neil e Gustavo Santaolalla mas também os produtores de Chernobyl, acho que vem coisa boa por aí e estamos super animados para ver a série.

The Last of Us: Parte II - Tudo que sabemos sobre o game exclusivo de PS4

SIGA O START NAS REDES SOCIAIS

Twitter: https://twitter.com/start_uol
Instagram: https://www.instagram.com/start_uol/
Facebook: https://www.facebook.com/startuol/
TikTok: http://vm.tiktok.com/Rqwe2g/
Twitch: https://www.twitch.tv/start_uol