PUBLICIDADE

Topo

Coronavírus: campeonatos de League of Legends são suspensos em São Paulo

Jogador da Redemption em partida de sábado (14/03) do CBLoL - Divulgação/Riot Games
Jogador da Redemption em partida de sábado (14/03) do CBLoL Imagem: Divulgação/Riot Games

Gabriel Oliveira

Colaboração para o START

16/03/2020 15h20Atualizada em 17/03/2020 10h30

Competições de eSports no Brasil começaram a ser impactadas pela pandemia do novo coronavírus. A Riot Games anunciou a suspensão temporária do Campeonato Brasileiro de League of Legends (CBLoL) e do Circuito Desafiante, os dois principais torneios do cenário competitivo nacional.

Em comunicado nesta segunda-feira (16), a Riot Games Brasil disse que tomou a decisão em razão das novas recomendações do Ministério da Saúde e do Governo de São Paulo. Na tentativa de conter a disseminação da doença no País, autoridades ordenaram o fechamento de locais com potencial de aglomeração de pessoas e a suspensão de eventos públicos e privados.

Agenda em risco

O programa Depois do Nexus, transmitido ao vivo pela Riot, também está suspenso - Divulgação/Riot Games
O programa Depois do Nexus, transmitido ao vivo pela Riot, também está suspenso
Imagem: Divulgação/Riot Games

No último fim de semana, as partidas do CBLoL, o campeonato da elite do cenário brasileiro, ocorreram normalmente, em um estúdio em São Paulo, mas com medidas extras de higiene. Os equipamentos eram limpos a cada partida e os pro-players, ao contrário do que acontece normalmente, não se cumprimentavam ao término dos jogos.

"Diante da evolução das recomendações, é nosso dever e prioridade zelar pela segurança e pela proteção de todos os nossos jogadores e staff de organizações, parceiros da imprensa, patrocinadores e equipe de operação", justificou a desenvolvedora, em comunicado assinado pelo diretor de eSports, Carlos Antunes.

Os jogos da fase de classificação do CBLoL não contam com presença de público. Somente a final recebe torcida. A decisão da 1ª Etapa ainda não teve local de realização anunciado.

O jogador profissional Felipe "brTT" Gonçalves, da equipe paiN Gaming, se manifestou e elogiou a decisão de suspender o CBLoL.

O jogador brTT, da paiN Gaming, durante partida do CBLoL no sábado (14) - Divulgação/Riot Games
O jogador brTT, da paiN Gaming, durante partida do CBLoL no sábado (14)
Imagem: Divulgação/Riot Games

Jogos pela internet?

O comunicado informa ainda que a Riot Games Brasil considera a possibilidade de fazer as partidas do CBLoL pela internet, assim como é no Circuito Desafiante, o torneio da 2ª divisão.

"Temos grupos de jogadores profissionais e equipes de operação da Riot trabalhando em conjunto e preferimos adotar medidas mais cautelosas neste momento e avaliar flexibilizá-las no futuro, caso seja possível e responsável", explicou o diretor da empresa.

Pelo Twitter, Carlos detalhou que, mesmo em partidas online, "várias pessoas dos times de transmissão e operação precisam trabalhar juntas na produção dos conteúdos", assim como os pro-players necessitam estar reunidos em gaming house ou office. "Neste momento, preferimos ser mais cautelosos".

O anúncio vem horas depois de Flamengo e Team One, dois clubes que disputam campeonatos de LoL, anunciarem a suspensão de suas atividades operacionais e esportivas no centro de treinamento que ambos compartilham em um shopping de São Paulo. A Vivo Keyd fez o mesmo, e os colaboradores passarão a trabalhar remotamente em sistema de home office.

Como estão as competições

Com isso, o CBLoL é paralisado após a 6ª semana de disputas. O campeonato é liderado pela Vivo Keyd, com nove vitórias e três derrotas. Na vice-liderança aparece o Flamengo, com oito triunfos e quatro revezes.

Já o Circuito Desafiante, na 6ª rodada, tem o Santos como líder, com cinco vitórias e uma derrota.

Os dois campeonatos já estão com calendário atrasado em razão das chuvas que castigaram São Paulo nos dias 9 e 10 de fevereiro. O estúdio utilizado para o CBLoL e a produção de conteúdo acabou destruído por uma enchente e, por isso, as competições foram suspensas por duas semanas. O torneio da elite passou a ser realizado em outro estúdio.

No exterior, os campeonatos de League of Legends e outras modalidades também vêm sendo afetados. O Mid-Season Invitational (MSI), por exemplo, que conta com os campeões das ligas regionais de LoL do primeiro semestre acabou adiado de abril para julho, em razão da pandemia do covid-19.

Outros campeonatos

Team Liquid foi campeã da 1ª Etapa da Liga Brasileira de Free Fire neste domingo (15) - Divulgação/Garena
Team Liquid foi campeã da 1ª Etapa da Liga Brasileira de Free Fire neste domingo (15)
Imagem: Divulgação/Garena

No último fim de semana, a Liga Brasileira de Free Fire (LBFF) aconteceu com restrições. Não houve presença de público, como estava inicialmente previsto, nem liberação para que jornalistas fizessem a cobertura in-loco. A Team Liquid conquistou o título.

O campeonato de Counter-Strike: Global Offensive (CS:GO) CLUTCH, também teve as partidas desta semana adiadas, conforme anúncio da organização no Twitter nesta segunda-feira. Já houve três rodadas, disputadas presencialmente em São Paulo. São oito equipes participantes. A W7M Gaming é a líder, com três vitórias. A RED Canids Kalunga aparece logo atrás, com duas vitórias e um empate.

SIGA O START NAS REDES SOCIAIS

Twitter: https://twitter.com/start_uol
Instagram: https://www.instagram.com/start_uol/
Facebook: https://www.facebook.com/startuol/
TikTok: http://vm.tiktok.com/Rqwe2g/
Twitch: https://www.twitch.tv/start_uol