PUBLICIDADE

Topo

League of Legends


LoL: Riot Games anuncia Forge, selo para expandir o mundo do game

Riot Forge é novo selo para publicar jogos baseados em LoL - Divulgação
Riot Forge é novo selo para publicar jogos baseados em LoL Imagem: Divulgação

Bruno Izidro

Do START, em São Paulo

05/12/2019 17h43

Já imaginou se "League of Legends" fosse um RPG da Bioware, um adventure da LucasArts ou mesmo um jogo de plataforma ao estilo de "Mega Man"? Esses são alguns exemplos que poderemos ver no futuro com a Riot Forge, iniciativa que pretende levar o MOBA para novos gêneros, com jogos desenvolvidos por outros estúdios.

O START conversou com Leanne Loombe, líder do projeto na Riot, para entender os planos de expandir o universo de LoL, e também saber se jogos como "Legends of Runeterra" ou "Wild Rift" têm algum papel nessa nova fase.

Leanne Loombe é líder da Riot Forge - Reprodução
Leanne Loombe é líder da Riot Forge
Imagem: Reprodução
Leanne entrou na indústria dos games em 2006, e está na Riot há 3 anos. Ela trabalhou na Electronic Arts e tem em seu currículo a produção de jogos recentes da série "Need for Speed", como "Most Wanted" (2012), "Rivals" e "Payback". Segundo ela, a ideia da Riot Forge é fazer parcerias com desenvolvedoras para criar jogos inspirados no universo de LoL.

"A Riot Forge vai trazer novas experiências de League of Legends para uma variedade de jogadores que curtem jogos que podem ser terminados", diz Loombe, citando jogos "single player" e com histórias imersivas.

Um FPS com campanha single player protagonizado por Graves ou Jhin? É possível. Ou talvez um jogo com foco em narrativa centrado no badalado casal Lucian e Senna? Também pode acontecer. Tudo vai depender dos fãs. "Nós não vamos focar em um gênero de jogo específico", revela Loombe, "mas vamos buscar (opções) no que os jogadores estão interessados e certas experiências que possam preencher esse interesse".

Por enquanto, porém, a Riot Forge ainda não tem nenhum jogo para ser anunciado, mas a empresa pretender lançar dois desses projetos por ano. Já outros jogos recentemente anunciados pela Riot, como "Legends of Runeterra" e "LoL: Wild Rift" ou mesmo Teamfight Tactics, não fazem parte da Riot Forge, até porque eles estão sendo desenvolvidos internamente na Riot, e o intuito da nova iniciativa é fazer parcerias com estúdios.

Acompanhe a entrevista completa com Leanne Loombe:

START: Qual é o propósito por trás da Riot Forge?

Leanne Loombe: Sabemos que existem muitos jogadores que amam jogos single player e com história imersiva. Essa é uma das razões para a Riot Forge existir. A Riot Forge vai trazer novas experiências de League of Legends para uma variedade de jogadores que curtem games que podem ser terminados.

Também tentamos diferentes versões de desenvolvimento conjunto, mas isso pode ser bem complexo e nem sempre permite aos parceiros o nível certo de liberdade, o que nos leva a fazer parcerias com estúdios que são experts em seus gêneros. Eles criam os jogos e nós ficamos com o papel de publicadoras mais tradicionais, dando a eles a flexibilidade e liberdade de usar o talento deles para fazer o que fazem de melhor: criar ótimos games.

START: Como a Riot Forge vai funcionar? Vocês vão publicar somente jogos relacionados a League of Legends?

Leanne Loombe: A Riot Forge faz parcerias com desenvolvedoras e possibilita a elas a colocarem a própria marca no universo de League of Legends, usando seus estilos únicos e experiência para fazer bons jogos. Nós os guiamos com o conhecimento de League of Legends que construímos nos últimos 10 anos e ajudamos a serem coerentes com o "lore" e nossos Campeões. Nós damos aos desenvolvedores parceiros a liberdade de expandir e avançar as histórias dentro de League of Legends e criar algo sob medida e interessante para novos jogadores.

Nessa jornada, nós ajudamos com suporte em Controle de Qualidade (QA), localização, dublagem, pesquisa, marketing e outras coisas, para ajudar o game a chegar nos jogadores e entregar uma experiência que eles vão curtir.

START: Como a Riot Forge está conectada com os novos jogos da Riot, como Legends of Runeterra e LoL: Wild Rift?

Leanne Loombe: Ainda estamos explorando como esses jogos podem interagir com os game anunciados pela Riot, mas por enquanto, eles serão independentes dos jogos como Legends of Runeterra ou LoL: Wild Rift.

Jogos recentes anunciados pela Riot, como Legends of Runeterra, não fazem parte da Riot Forge - Reprodução
Jogos recentes anunciados pela Riot, como Legends of Runeterra, não fazem parte da Riot Forge
Imagem: Reprodução

START: Quantos games a Riot Forge pretende lançar?

Leanne Loombe: Quantos jogos os jogadores quiserem! Nós já estamos trabalhando em múltiplos games e planejamos ter dois (lançados) a cada ano.

START: Já há parceiros ou projetos que vocês possam anunciar? Quando o primeiro jogo da Riot Forge será lançado?

Leanne Loombe: Infelizmente, não podemos compartilhar mais informações dos nossos parceiros ou projetos ainda. Mas vocês saberão quando estivermos prontos para compartilhar mais!

START: Há algum gênero de jogo específico que os jogos da Riot Forge terão nesse início?

Leanne Loombe: Não estamos focando em gêneros específicos, mas vamos buscar no que os jogadores estão interessados e certas experiências que possam preencher esse interesse. Todos os nossos jogos serão sob medida, com experiências com começo, meio e fim, em gêneros de jogos diferentes.

START: Estúdios brasileiros de games podem se tornar parceiros para criar um jogo de LoL para a Riot Forge?

Leanne Loombe: Com certeza! Adoraríamos trabalhar com estúdios no Brasil! Eles podem encontrar mais informações no nosso site.

SIGA O START NAS REDES SOCIAIS

Twitter: https://twitter.com/start_uol
Instagram: https://www.instagram.com/start_uol/
Facebook: https://www.facebook.com/startuol/
TikTok: http://vm.tiktok.com/Rqwe2g/
Twitch: https://www.twitch.tv/start_uol

League of Legends