Topo

Radar


The Game Awards: você se lembra de todos os "melhores do ano"?

"God of War" foi eleito Jogo do Ano no The Game Awards 2018 - Divulgação
"God of War" foi eleito Jogo do Ano no The Game Awards 2018 Imagem: Divulgação

Do START, em São Paulo

23/11/2019 04h00

De todas as 29 categorias da premiação The Game Awards, nenhuma causa mais controvérsia que o "GoTY", ou "jogo do ano" – o prêmio máximo. Este ano, se por um lado temos "Control", "Death Stranding" e "The Outer Worlds", outros nomes importantes ficaram de fora, como "Devil May Cry 5".

Enquanto o dia 12 de dezembro não chega, com a transmissão ao vivo que você poderá acompanhar no START, vamos relembrar os anos anteriores. Quais foram todos os "GoTY" desde 2014?

2014 - Dragon Age: Inquisition

Divulgação
Imagem: Divulgação

O terceiro episódio do RPG épico da BioWare foi lançado em novembro, já quase no final do ano, e venceu as duas indicações que disputou: Jogo do Ano e Melhor RPG.

"Inquisition" combinava elementos dos dois primeiros "Dragon Age", e uma das principais novidades foi a inclusão de um modo de visão tática para os combates. Era opcional, é claro, mas ajudava bastante a ter uma visão mais objetiva das batalhas.

O RPG deixou para trás games de peso como "Dark Souls II" e "Bayonetta 2", além de "Hearthstone".

Indicados:

2015 - The Witcher 3: Wild Hunt

Foi aqui que pediram um bruxo? - Divulgação
Foi aqui que pediram um bruxo?
Imagem: Divulgação

O TGA 2015 consagrou "The Witcher 3" e o eterno bruxo Geralt. O RPG da CD Projekt Red foi indicado em 6 categorias e venceu como Jogo do Ano e Melhor RPG. Enquanto isso, a CD Projekt foi eleita a melhor desenvolvedora.

Considerado um dos melhores RPGs da atual geração, "The Witcher 3" impressionou pelos gráficos, história e pelo mundo autêntico a que deu vida. É um jogo denso e longo, que exige dedicação do jogador, mas que recompensa com momentos inesquecíveis.

Concorrendo com o bruxão pelo título estavam "Bloodborne", "Fallout 4" e "Metal Gear Solid V: The Phantom Pain", entre outros.

Indicados:

2016 - Overwatch

Com personagens carismáticos e um gameplay inovador, "Overwatch" foi destaque em 2016 - Reprodução/Nvidia
Com personagens carismáticos e um gameplay inovador, "Overwatch" foi destaque em 2016
Imagem: Reprodução/Nvidia

Onde você estava quando "Overwatch" surgiu para o mundo? O game da Blizzard foi lançado em maio, explodindo em popularidade, e só durante a fase de beta aberto foram mais de 9 milhões de jogadores participantes.

No The Game Awards daquele ano, "Overwatch" teve cinco indicações, empatado com "Firewatch" e "Inside", só ficando atrás de "Uncharted 4". Além de Jogo do Ano, ele foi eleito também Melhor Multiplayer e Melhor eSports. E falando em eSports, foi em 2016 que Marcelo "Coldzera" David, que jogava Counter-Strike pela SK Gaming, levou o prêmio de jogador do ano.

Indicados:

2017 - The Legend of Zelda: Breath of the Wild

Divulgação
Imagem: Divulgação

A superprodução com Link no Nintendo Switch não teve concorrência fácil em 2017, mas se deu bem. O jogo tinha 6 indicações, mesmo número de "Destiny 2", "Horizon Zero Dawn" e "Super Mario Odyssey", e levou três prêmios para casa: Jogo do Ano, Melhor Direção e Melhor Jogo de Ação/Aventura.

E basta dar uma olhada nas outras categorias para ver como 2017 foi um ano espetacular. Só para citar alguns jogos: "Persona 5", "Resident Evil 7", "What Remains of Edit Finch" e "Cuphead".

Indicados:

2018 - God of War

Divulgação
Imagem: Divulgação

O The Game Awards 2018 foi uma disputa de gigantes. Enquanto Kratos ficou com Jogo do Ano, Melhor Direção e Melhor Jogo de Ação/Aventura em 2018, "Red Dead Redemption" levou Melhor Narrativa, Melhor Trilha Sonora, Melhor Design de Áudio e Melhor Atuação (Roger Clark como Arthur Morgan).

O ano também foi marcado por pérolas indies como "Celeste", "Dead Cells" e "Return of the Obra Dinn".

Indicados:

Radar