Topo

The Legend of Zelda


The Legend of Zelda no Switch: por onde começar?

O Nintendo Switch está cheio de jogos da série Zelda - Reprodução
O Nintendo Switch está cheio de jogos da série Zelda Imagem: Reprodução

Tiago Alcântara

Colaboração para o START

17/09/2019 04h00

O Nintendo Switch está recheado de lançamentos de peso em setembro e "The Legend of Zelda: Link's Awakening" é o que mais chama a atenção. Remake do jogo de Game Boy de 1993, o título é uma explosão de fofura e novos desafios.

Ele também funciona como ponto de entrada bastante acessível para quem nunca jogou um Zelda, já que conta uma história contida em si. Porém, antes de ficarmos bem ocupados com mais um Zelda no Switch, reunimos aqui todos os demais games da série disponíveis no console, além de algumas dicas para saber por onde começar.

"Breath of the Wild"

Quando o assunto é uma lista de melhores games da série Zelda, é impossível não incluir "Breath of The Wild". O jogo lançado junto com o console híbrido figura como a experiência definitiva de exploração, ambientação e tudo que a franquia de mais de 30 anos tem para oferecer.

No game, Link acorda depois de um longo período adormecido e encontra uma Hyrule em ruínas. O mundo aberto cheio de possibilidades de exploração e atividades, além de missões bem divertidas, faz desse jogo um bom ponto de partida para quem está tendo o primeiro contato com a franquia.

"A Link To The Past"

Game pode ser jogado com o serviço online do Switch - Reprodução
Game pode ser jogado com o serviço online do Switch
Imagem: Reprodução

O clássico game de Super Nintendo é uma ótima opção para quem deseja se preparar para os desafios e a jogabilidade de "Link's Awakening", já que eles são parecidos nesses aspectos.

"A Link to the Past" está disponível no Switch por meio do serviço de assinatura online da Nintendo e possui até alguns recursos que não estavam disponíveis quando foi lançado, como a possibilidade de jogar online e de "passar o controle" para um amigo remotamente te ajudar naquela parte mais complicada de uma dungeon, por exemplo.

"Cadence of Hyrule"

Esse jogo, que mistura personagens de Zelda com o game indie "Crypt of the Necrodancer", é aquele seu primo legal com quem você passa um tempo vez ou outra. Ele tem uma jogabilidade baseada em ritmo, exigindo que você derrote os inimigos no tempo certo da batida das músicas.

"Cadence" foi desenvolvido pelo time indie da Brace Yourself Games e autorizado por duas lendas da japonesa: o próprio criador de Zelda, Shigeru Miyamoto, e o produtor dos jogos mais recentes da franquia, Eiji Aonuma. Tudo porque a dupla curtiu muito "Crypt". Que moral, não é mesmo?

"The Legend of Zelda"

Primeiro Zelda também pode ser jogado no Switch - Reprodução
Primeiro Zelda também pode ser jogado no Switch
Imagem: Reprodução

Se você está disposto a fazer uma sessão de jogatina realmente cheia de nostalgia, também é possível jogar o primeiro "The Legend of Zelda", lançado em 1986. Se os gráficos já não enchem mais tanto os olhos, a estreia da franquia ainda tem um valor histórico sem igual.

Para jogar essa versão do game, é preciso ter o serviço de assinatura online da Nintendo, já que ele faz parte do catálogo do NES disponível na plataforma. Vale a pena, ao menos, experimentar o game em sua versão portátil.

"Zelda II: The Adventure of Link"

O segundo game da franquia está disponível da mesma forma para os jogadores do Nintendo Switch: pelo serviço online da Nintendo. Vale a pena acompanhar como a franquia evoluiu ao longo dos anos, mas mantém vários de seus contornos e conceitos originais, adaptando-os para as gerações mais novas de hardware e também, claro, à demanda dos novos jogadores.

"Hyrule Warriors: Definitive Edition"

Esse spin-off da franquia é um musou, gênero de ação em que você controla um herói ou general e varre campos inteiros de inimigos com golpes poderosos. A versão definitiva, lançada para o Switch, é um port do título de Wii U e, mesmo com uma história bem básica, o game não faz parte das linhas do tempo oficiais de The Legend of Zelda.

Por outro lado, ele é repleto de personagens da série e pode ser divertido caso você esteja procurando algo mais casual. Indicamos para aqueles fãs mais aficcionados de Zelda.

SIGA O START NAS REDES SOCIAIS

Twitter: https://twitter.com/start_uol
Instagram: https://www.instagram.com/start_uol/
Facebook: https://www.facebook.com/startuol/
TikTok: http://vm.tiktok.com/Rqwe2g/
Twitch: https://www.twitch.tv/start_uol

Mais The Legend of Zelda