Topo

eSport


Vascaíno fã de brTT torce para o Flamengo no League of Legends: "Meu ídolo"

Jefferson diz que resistiu, mas acabou torcendo para o Flamengo em LoL por causa do ídolo brTT - Bruno Izidro/UOL
Jefferson diz que resistiu, mas acabou torcendo para o Flamengo em LoL por causa do ídolo brTT Imagem: Bruno Izidro/UOL

Bruno Izidro

Do START, no Rio de Janeiro*

09/09/2019 12h59

Na final da Segunda Etapa do Campeonato Brasileiro de League of Legends (CBLoL) 2019 entre INTZ e Flamengo, no Rio, uma bandeira do Vasco chamava atenção no mar de torcedores rubro-negros. Será que um torcedor de futebol veio parar na arquibancada errada?

O vascaíno é Jefferson Souza, 23 anos, que ostentava a cruz de malta do Vasco, seu time do coração. Mas se engana quem pensa que ele estava perdido na Jeunesse Arena, ou ainda torcendo contra. No "League of Legends", o vascaíno torce é para o rival Flamengo.

Torcida rubro-negra era maioria na arena para a final contra a INTZ - Riot Games/Divulgação
Torcida rubro-negra era maioria na arena para a final contra a INTZ
Imagem: Riot Games/Divulgação

"No LoL eu torço pro flamengo por causa do brTT", confessa Jefferson, referindo-se ao pro-player Felipe "brTT" Gonçalves. "Eu torço pro time em que ele tá, foi assim na paiN, na Red Canids..."

No início não aceitei muito (o brTT no Flamengo), mas o cara é meu ídolo, então tive que torcer pro Flamengo
Jefferson Souza, vascaíno que tem brTT como ídolo

Jefferson diz que foi por causa de brTT que ele começou a jogar "League of Legends" anos atrás e, inclusive, também passar a jogar como Atirador (ou ADC), mesma posição do ídolo. No fim das contas, a torcida vai mais para o pro-player do que para o time do Flamengo em si.

Por isso, mesmo que estivesse vestindo a camisa do Vasco na arena, Jefferson estava com um sorriso no rosto ao ver brTT levantar a taça do CBLoL mais uma vez, dessa vez bem perto dele, ainda que defendendo o time que é rival no futebol.

BrTT dedicou troféu do CBLoL à torcida rubro-negra - Divulgação/Riot Games
BrTT dedicou troféu do CBLoL à torcida rubro-negra
Imagem: Divulgação/Riot Games

Após perderem duas finais seguidas do CBLoL, na Segunda Etapa de 2018 contra a KaBuM, e na Primeira Etapa de 2019 contra a INTZ, o Flamengo finalmente se consagrou campeão brasileiro de "League of Legends" ao vencer a INTZ por 3 a 2.

"No futebol é muito violento"

Jefferson não era o único vascaíno entre o público que assistiu à final do CBLoL na Arena. Gabriel Vianna, 20, amigo de Jefferson, ostentava também uma bandeira cruzmaltina, mas diferente do companheiro, ele foi para zicar o clube da Gávea.

"Como bom vascaíno eu sou anti-flamengo", diz. "No LoL eu torço pra paiN, mas mesmo se fosse a CNB aqui eu torcia igual (contra o Flamengo)"

Jefferson (esquerda) e Gabriel (direita) foram devidamente uniformizados para a final do CBLoL 2019 - Bruno Izidro/UOL
Jefferson (esquerda) e Gabriel (direita) foram devidamente uniformizados para a final do CBLoL 2019
Imagem: Bruno Izidro/UOL

Os dois dizem que, apesar de terem sido zoados por um ou outro flamenguista na Arena, nunca chegaram a ter medo de uma confusão maior. "Uma coisa é no esporte eletrônico e outra é no futebol. No futebol é muito violento", diz Gabriel.

Segundo eles, alguns até pararam para tirar fotos, admitindo a coragem dos dois de estarem em um lugar em que a torcida era predominante rubro-negra.

Apoio da torcida

BrTT conquistou pela quinta vez o CBLoL, mas essa foi especial para o atirador, já que a vitória foi em sua cidade-natal e defendendo o Flamengo, seu time do coração. Após a partida, ele admitiu que o apoio da torcida fez toda a diferença.

Eu acho que nunca senti uma energia daquelas em todos esses anos de carreira
BrTT sobre a torcida na final do CBLoL 2019

A cada abate do Flamengo nas partidas, o lugar quase se transformava em um estádio de futebol, com os gritos de "Mengo! Mengo!" ecoando pela arena. Se a jogada era de brTT, então, a torcida ia à loucura.

Riot Games/Divulgação
Imagem: Riot Games/Divulgação

Tudo isso, segundo o jogador, refletiu bastante durante a disputa. "Foi algo único mesmo, o momento que eu vi como que é realmente representar essa camisa", disse durante a coletiva de imprensa. "Foi surreal pra mim e eu sou muito grato por essa torcida".

SIGA O START NAS REDES SOCIAIS

Twitter: https://twitter.com/start_uol
Instagram: https://www.instagram.com/start_uol/
Facebook: https://www.facebook.com/startuol/
TikTok: http://vm.tiktok.com/Rqwe2g/
Twitch: https://www.twitch.tv/start_uol

*O jornalista viajou a convite da Riot Games

eSport