Topo

Jogos mobile


"BTS World": jogamos o game mobile dos reis do k-pop

Divulgação
Imagem: Divulgação

Rodrigo Lara

Colaboração para o START, em São Paulo

24/06/2019 12h00

Depois de explorar novos planetas, ganhar a Copa do Mundo e lutar na Segunda Guerra Mundial, achei que os games já tinham testado todas as minhas habilidades, mas fui surpreendido mais uma vez. Na semana passada, fui encarregado de gerenciar o grupo BTS, fenômeno do k-pop que passou recentemente pelo Brasil.

Eu escolhi figurino, conversei com a banda e chegamos até a trabalhar em algumas músicas inéditas. Mas isso só durou enquanto eu testava a demo de "BTS World", o jogo mobile com lançamento para iOS e Android nesta terça-feira (25). Eu criei minha própria versão do BTS antes da fama e voltei para contar o que o jogo tem de mais legal.

Siga o UOL Start no

Em "BTS World", os fãs se transformam em gerentes da banda antes da fama - Divulgação
Em "BTS World", os fãs se transformam em gerentes da banda antes da fama
Imagem: Divulgação

1 - Participação direta

Mais do que licenciarem seus nomes e sua imagem, os membros do BTS tiveram participação direta na produção de "BTS World". "O game tem mais de 10 mil fotos e 100 vídeos exclusivos", afirma Chastity Irizarry, chefe de relações públicas da Netmarble US, a desenvolvedora do game.

Ou seja: além de jogar, os fãs poderão ter acesso uma extensa biblioteca de materiais sobre a banda.

2 - Músicas exclusivas

Além de um vasto material de imagens, o "BTS World" terá músicas inéditas, lançadas diretamente pelo game. "Dream Glow" e "A Brand New Day" são dois exemplos que, em poucos dias, já colecionam milhões de visualizações no YouTube. A presença de músicas exclusivas é "algo que deverá atrair muitos fãs para o jogo", de acordo com Joon Yoon, diretor de marketing da Netmarble US.

3 - Caminhando para o sucesso

"O game leva os jogadores para 2012, muito antes do sucesso. Eles terão que lidar com diversas situações e desafios para se tornarem a 'boy band' mais famosa do mundo", explica Irizarry.

"BTS World" transcorre como uma 'visual novel': para progredir, o jogador precisa escolher cartas de cada membro do grupo - que podem ser colecionadas e aprimoradas conforme os estágios são concluídos. Cada fase possui uma classificação de até três estrelas, que mede o desempenho do jogador. "É uma maneira de incentivar o retorno a estágios já vencidos para obter as três estrelas", diz Irizarry.

Os integrantes da ARMY devem passar algumas horas escolhendo o figurino dos integrantes - Divulgação
Os integrantes da ARMY devem passar algumas horas escolhendo o figurino dos integrantes
Imagem: Divulgação

4 - Liberte o estilista que há em você

Os produtores acreditam que uma característica em especial de "BTS World" deverá prender a atenção: a possibilidade de deixar cada integrante da banda com um visual único.

Nós experimentamos essa função e, sim, as possibilidades de personalização são enormes. É possível escolher desde itens de vestuário separadamente até a cor e o corte de cabelo dos garotos.

5 - É possível "falar" com cada membro do BTS

O sonho de boa parte dos fãs do BTS é ter a chance de falar com um dos membros da banda. Em "BTS World" isso será possível? quer dizer, de certa forma. Em uma aba do jogo é possível acessar uma lista de contatos com cada integrante. Por lá, é possível selecionar algumas mensagens pré-definidas para enviar para cada um deles, que respondem de acordo, ou ainda entrar em uma chamada por vídeo. "Há uma interação individual com cada membro do grupo, o que é algo que acreditamos que os fãs vão gostar", diz Irizarry.

É possível trocar mensagens com os integrantes, que participaram da concepção do jogo - Divulgação
É possível trocar mensagens com os integrantes, que participaram da concepção do jogo
Imagem: Divulgação

6 - Tendo um gostinho do jogo

O site do game dá algumas amostras do que os fãs do BTS encontrarão em "BTS World". Além de ouvir as músicas exclusivas, é possível ter uma prévia das histórias relatadas no game e também alguma de suas funções. Pelo site - e também pelas lojas de aparelhos Android e iOS - já é possível fazer o download antecipado do game. E uma ótima notícia para os fãs brasileiros: estará tudo traduzido para o português.

7 - Não precisa gastar nada (ou quase isso)

"BTS World" é um jogo gratuito, porém os produtores afirmam que haverá a possibilidade de comprar itens (com dinheiro real, claro) que permitam, por exemplo, avançar pelos estágios mais rapidamente. O que não foi revelado, no entanto, é se o game receberá mais conteúdos com o passar do tempo.

As cartas de cada integrante podem ser colecionadas e aprimoradas - Divulgação
As cartas de cada integrante podem ser colecionadas e aprimoradas
Imagem: Divulgação

8 - Quem está por trás?

Em desenvolvimento há cerca de dois anos, "BTS World" tem como produtora a Netmarble, uma empresa sul-coreana que, atualmente, ocupa o posto de maior do segmento de games mobile em todo mundo. Ela chegou a desenvolver games baseados em propriedades da Disney, como "Marvel: Future Fight", "Disney Magical Dice" e "Star Wars: Force Arena". A relação com o BTS surgiu em 2018, quando ela adquiriu parte da Big Hit Entertainment, a agência que cuida da carreira da banda.

Reis do mundo

Se você ainda não foi atingido pelo furacão, deve ter chegado só agora no planeta Terra. O BTS é o grupo musical mais famoso atualmente, e por "mais famoso" entenda algo como os Beatles foram nos anos 1960 ou os Backstreet Boys na segunda metade da década de 1990. A grande diferença é que, aqui, falamos de um gênero que vem ganhando uma força tremenda nos últimos anos: o pop coreano, ou "k-pop".

O nível de sucesso é tão grande que, a cada disco lançado, o número de vendas praticamente dobra. Só do último álbum, "Map of the Soul: Persona", de 2019, já são mais de 4 milhões de cópias vendidas.

Mais Jogos mobile