Topo

eSport


Só se fala em "Auto Chess": o xadrez de "Dota 2" que está virando tendência

"Auto Chess" surgiu em janeiro de 2019 como modificação de "Dota 2" - Reprodução
"Auto Chess" surgiu em janeiro de 2019 como modificação de "Dota 2" Imagem: Reprodução

Gabriel Francisco Ribeiro

Do START, em São Paulo

23/06/2019 04h00

Resumo da notícia

  • Modificação de "Dota 2" traz um combate tático em tabuleiro
  • Sucesso recente deu origem a novos jogos, como "Dota Underlords" e "Team Fight Tactics"
  • Gênero exige mais pensamento estratégico do que reflexos rápidos

Se você está cansado de jogos de ação frenéticos e modos battle-royale, saiba que o bom e velho combate tático por turnos está sendo redescoberto, graças ao sucesso de "Auto Chess".

Esse mod de "Dota 2", criado pelo pequeno Drodo Studiosu, da China, foi lançado no Steam em janeiro de 2019. Em abril, segundo a consultoria Newzoo, ele já contava com mais de 7 milhões de downloads e picos de até 300 mil jogadores simultâneos, o que o colocaria entre os principais games da plataforma. Vale lembrar, porém, que "Auto Chess" não é um game "stand alone", mas uma modificação grátis de um jogo já gigantesco como "Dota".

Um tipo de xadrez automático?

O "Auto Chess" combina elementos do "Dota 2" original, incluindo os personagens do game, mas leva as ações para um tabuleiro transformado em campo de batalha. O jogador enfrenta outras sete pessoas online em cada partida, posicionando seus heróis antes do início e tomando decisões a cada round.

Game estratégico "Auto Chess" em Dota 2 tem batalhas em um tabuleiro de xadrez - Reprodução
Game estratégico "Auto Chess" em Dota 2 tem batalhas em um tabuleiro de xadrez
Imagem: Reprodução

A jogabilidade é baseada em sobrevivência, com jogadores enfrentando ondas de "peças" de outros gamers, assim como personagens controlados pelo computador. O objetivo final é ser o último sobrevivente nas batalhas, que são automatizadas depois que você posiciona as peças - é um game puramente de combate estratégico.

Apesar de parecer complexo, o "Auto Chess" vem cativando a base de jogadores no PC e também nos smartphones. O Auto Chess Mobile manteve todos os aspectos do modo de "Dota 2", trocando apenas os nomes e as aparências dos heróis que podem ser escolhidos por você.

Dota Underlords

Divulgação
Imagem: Divulgação

Com o sucesso do modo gratuito no Steam, a própria Valve, criadora de "Dota 2", lançou recentemente "Dota Underlords", ainda em fase de testes. Trata-se de um jogo "stand alone", independente de "Dota 2", e com conceito semelhante: o jogador é colocado em um campo de batalhas estratégicas contra outros sete oponentes do mundo.

Na Live do START, o Gigante Richard jogou "Dota Underlords", explicando o funcionamento do jogo.

Neste sábado (22), segundo estatísticas do próprio Steam, "Dota Underlords" havia atingido um pico de 196.600 jogadores simultâneos, ficando à frente de jogos como "Rainbow Six Siege" e "GTA V".

Teamfight Tactics

Riot quer embarcar no sucesso com versão de "Auto Chess" para LoL - Divulgação
Riot quer embarcar no sucesso com versão de "Auto Chess" para LoL
Imagem: Divulgação

Outra gigante dos games que está de olho nesse sucesso inesperado é a Riot Games, dona do "League of Legends". A empresa anunciou "Teamfight Tactics", uma espécie de "Auto Chess de LoL". O "TFT" está em fase de testes fechados, e deve ser lançado em etapas, para diferentes regiões, a partir de 25 de junho.

Nessa versão, os jogadores terão de enviar lutadores para um campo de batalha em forma de tabuleiro, sempre pensando em sinergia de personagens e bom uso dos itens. Segundo a Riot, o objetivo é proporcionar uma experiência de jogo acessível para quem curte os diferentes modos de jogo de LoL, e os jogadores poderão usar as contas que já possuem do MOBA para jogar "TFT".

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

eSport