Topo

Jogos retrô


"Phantasy Star": RPG clássico do Master System completa 31 anos

"Phantasy Star" foi lançado em 1987 para o Sega Master System - Reprodução
"Phantasy Star" foi lançado em 1987 para o Sega Master System Imagem: Reprodução

Do GameHall

20/12/2018 13h49

Lançado em 20 de dezembro de 1987 no Japão, o clássico "Phantasy Star" completa hoje 31 anos de lançamento. Ele foi criado por uma equipe bastante competente, composta pelo designer principal Kotaro Hayashida - criador de "Alex Kidd in Miracle World" -, a designer gráfica Rieko Kodama (que também trabalhou em Miracle World), o programador Yuji Naka, que anos depois seria um dos criadores de "Sonic The Hedgehog", entre outros.

O título foi lançado pela Sega para o seu console Master System e trouxe várias inovações ao mundo dos RPGs, que tinha como principais representantes os primeiros títulos de franquias hoje bem conhecidas como "The Legend of Zelda", "Dragon Quest" - ambos lançados em 1986 - e "Final Fantasy", lançado apenas alguns dias antes de "Phantasy Star".

Comparado aos seus principais rivais da época, o RPG da Sega demonstrava um maior grau de criatividade, além de ser melhor estruturado tecnicamente em termos de complexidade, narrativa e visuais - incluindo incríveis cenários 3D em primeira pessoa.

Labirintos 3D em primeira pessoa eram revolucionários. - Reprodução
Labirintos 3D em primeira pessoa eram revolucionários.
Imagem: Reprodução

Para isso foi utilizado um cartucho de impressionantes 4 megabits - um verdadeiro "monstro" para um 8 bits -, que garantiram visuais bem detalhados, cutscenes e design artístico inspirado, ambientados em um universo que misturava os estilo de fantasia medieval e futurista.

Com fortes influências da saga espacial "Star Wars" (como já confirmado pelos seus criadores), aqui o jogador pode viajar e explorar outros planetas e enfrentar inimigos com armas avançadas, além das tradicionais magias e espadas, o que já criava um enorme diferencial em relação aos outros títulos de RPG.

Além disso tudo, o game ainda trazia uma outra grande novidade para o gênero: uma das primeiras protagonistas femininas em um game!

O jogador assume o comando de Alis Landale, uma heroína nada sexualizada (seu corpo é todo coberto por roupas e armaduras) que jura vingança pela morte injusta de seu irmão, em uma missão para destruir o reinado do tirano rei Lassic. Para isso ela junta forças com outros aventureiros, incluindo o guerreiro chamado Odin, um mago chamado Lutz (ou Noah em algumas versões) e uma criatura felina chamada Myau.

Alis Landale e seus companheiros de aventura. - Reprodução
Alis Landale e seus companheiros de aventura.
Imagem: Reprodução

No Brasil

Além de ser um grande representante dos RPGs, "Phantasy Star" também foi um dos principais responsáveis por popularizar o gênero aqui no Brasil, quando foi lançado em 1991 pela Tectoy totalmente em português.

Vale lembrar que na época jogos em português não eram tão comuns como hoje em dia e o inglês era uma barreira para muitos jogadores. Até hoje muitos fãs lembram da icônica propaganda do jogo nas revistas de games, que trazia o vilão Lassic encarando o jogador. Certamente "Phantasy Star" foi o primeiro RPG de muitos jogadores brasileiros.

Propaganda da Tectoy veiculada nas principais revistas da época. - Reprodução
Propaganda da Tectoy veiculada nas principais revistas da época.
Imagem: Reprodução

A saga ainda contou com três sequências diretas no Mega Drive, até que tomou novos rumos com o lançamento de "Phantasy Star Online" para o Dreamcast, em 2000.

Sem dúvida um dos jogos mais importantes da história dos videogames, que marcou época especialmente aqui no Brasil, com uma narrativa, personagens e aventura épica que mesmo depois de mais de 30 anos, ainda conseguem encantar jogadores de todas as idades!

Jogos retrô