Topo

Uncharted


10 anos atrás, "Uncharted" redefiniu o que esperar dos games de PlayStation

Divulgação
Imagem: Divulgação

Pablo Raphael

Do UOL, em São Paulo

22/11/2017 04h00

No último fim de semana, "Uncharted: Drake's Fortune" completou 10 anos. O primeiro game do caçador de tesouros da Naughty Dog foi um dos principais títulos do PlayStation 3 em 2007 e, mesmo longe das super produções que marcaram a série na década seguinte, redefiniu o que os jogadores esperam dos games exclusivos do console da Sony.

"Uncharted" é um jogo de ação e aventura, com elementos de plataforma, tiroteio e resolução de quebra-cabeças. Nele, o jogador encarna um caçador de tesouros ao melhor estilo de Indiana Jones, ou, mais exatamente, Lara Croft. Não a toa, o jogo sempre foi comparado com "Tomb Raider". Naquela época, era comum dizer que Drake era "uma Lara Croft de calças", tamanha a semelhança.

VEJA TAMBÉM:

Ainda assim, "Uncharted" se diferenciava das aventuras de Lara Croft ao adotar o tiroteio com cobertura, que já fazia sucesso em "Gears of War", no concorrente Xbox 360 - mecânica de jogo que marcou toda a geração e foi adotada por diversos jogos, desde vários clones mequetrefes de "Gears" até jogos excelentes como os dois "Grand Theft Auto" daquela geração.

Outro elemento importante, talvez o principal motivo para o sucesso de "Uncharted", eram os personagens: se Lara Croft era uma aventureira milionária super-habilidosa e cheia de princípios morais, praticamente uma super-heroína dos games, o jovem Nathan Drake era um malandro ladrão de tumbas, meio desastrado, metido a galã e cheio de nuances de cinza que o colocavam em cima do muro entre os mocinhos e os bandidos que enfrentava.

Assim como Indiana Jones e Lara Croft, Nathan está sempre em busca de tesouros lendários. Em "Drake's Fortune" o herói procura pelo El Dorado, a cidade de ouro da América do Sul. Um objetivo maior dá uma camada extra de profundidade ao ladrão e conecta essa e suas outras aventuras: Drake é decendente do pirata inglês Sir Francis Drake e sonha em encontrar o tesouro enterrado pelo antepassado.

A relação entre Drake e Elena evoluiu ao longo da série, mas desde o primeiro jogo, a mocinha era capaz de se virar sozinha - coisa bem rara no mundo dos games de 10 anos atrás. - Divulgação
A relação entre Drake e Elena evoluiu ao longo da série, mas desde o primeiro jogo, a mocinha era capaz de se virar sozinha - coisa bem rara no mundo dos games de 10 anos atrás.
Imagem: Divulgação

Para isso, Drake usa o diário do antepassado (qualquer semelhança com o diário do Dr. Henry Jones em "A Última Cruzada" não é mera coincidência), cheio de anotações sobre os templos, armadilhas e lugares exóticos que o aventureiro frequenta ao lado dos amigos - o mentor Sullivan, a companheira Elena e outros personagens que ganharam cada vez mais importância ao longo da série.

Victor Sullivan é o mentor de Drake no mundo do crime e da caça ao tesouro, a figura paterna ausente na vida do jovem ladrão de tumbas. Elena Fisher, por sua vez, tem um dos históricos mais curiosos dos games atuais: mulher forte e independente, ela não é uma donzela esperando pelo resgate, mas uma aventureira ousada, documentarista em busca de uma grande história e vencedor do reality show "Survivor", o "No Limite" norte-americano.

Evolução e amadurecimento

Tanto as mecânicas de jogo quanto a relação entre Drake e Elena evoluiu ao longos da série, o que definiu  em "Among Thieves", a aventura segue para o Nepal, onde Drake busca a cidade perdida de Shambhala.

"Uncharted 2" trouxe elementos de ação furtiva, modos multiplayer tanto competitivos quanto cooperativos, gráficos de cair o queixo e alguns dos melhores momentos da série. Novos personagens, como a ex-namorada de Drake, Chloe Frazer, foram introduzidos, mostrando que o mundo de "Uncharted" era maior e mais complexo do que as aventuras que jogávamos. É interessante notar que em "Uncharted 2", os personagens começam a dar sinais de amadurecimento: ao final da aventura, Drake e Elena ficam noivos.

Tanto quanto cidades perdidas e tesouros lendários, a trama de "Uncharted" vai cada vez mais fundo na relação entre o protagonistas e os companheiros, em especial Elena e Victor Sullivan. - Reprodução
Tanto quanto cidades perdidas e tesouros lendários, a trama de "Uncharted" vai cada vez mais fundo na relação entre o protagonistas e os companheiros, em especial Elena e Victor Sullivan.
Imagem: Reprodução

"Drake's Deception", o terceiro jogo, mesmo sendo o episódio mais fraco de "Uncharted", explora a relação entre Nathan Drake e Sullivan. O game começa com um flashback onde você joga com uma versão mais jovem do herói, num orfanato na América Central - papel que será vivido por Tom Holland, o atual Homem-Aranha, no filme baseado no game. Nessa fase, vemos o primeiro encontro entre os dois aventureiros. De volta ao presente, Nathan Drake busca pelo mentor em uma viagem pelo Oriente Médio, seguindo os passos do herói Lawrence da Arábia.

A saga de Nathan Drake chega ao fim em "Uncharted 4: A Thief's End", o primeiro jogo da série feito para PS4. Aqui, Drake já desistiu da vida de caçador de tesouros e tenta levar uma vida normal ao lado de Elena. Tudo muda quando o irmão mais velho do herói, Sam, aparece para levar Natham em uma nova busca. Sam estava supostamente morto após um golpe mal suscedido anos atrás e seu retorno serve como desculpa para a aventura de narrativa mais íntima da série.

Em "A Thief's End", Nathan, Sam e Sully partem em busca de um artefato pirata e do tesouro de Sir Francis Drake, em uma jornada que vai da Escócia até a costa africana, na ilha de Madagascar. Ao longo da aventura de despedida de Nathan Drake, lacunas da história do personagem são cobertas e a relação do ladrão com Elena (que fica para trás) é explorada como poucas vezes se viu num videogame.

Conheça curiosidades sobre a série "Uncharted"

Start

Impacto da série

O desenvolvimento dos personagens em "Uncharted" tem um impacto tão grande nos jogos de PlayStation quanto o aprimoramento dos gráficos e as sequencias dignas de cinema. Todos esses elementos passaram a ser o esperado de um jogo exclusivo dos consoles da Sony, mesmo que poucas vezes o resultado esperado pelos fãs fosse alcançado.

Dez anos atrás, a Naughty Dog se inspirou em "Tomb Raider" para criar "Uncharted"... que acabou inspirando a reformulação de "Tomb Raider" e o surgimento da carismática (e azarada) Lara Croft dos games atuais. - Divulgação
Dez anos atrás, a Naughty Dog se inspirou em "Tomb Raider" para criar "Uncharted"... que acabou inspirando a reformulação de "Tomb Raider" e o surgimento da carismática (e azarada) Lara Croft dos games atuais.
Imagem: Divulgação

"Uncharted" influenciou o outro jogo da Naughty Dog, "The Last of Us", e sua narrativa cinematográfica; o primeiro "InFamous" de PS4, que trouxe personagens mais críveis do que os jogos da série no PS3; o próximo "God of War", que aparenta uma preocupação em explorar as motivações de Kratos e sua relação com o filho; e até mesmo jogos de outras produtoras, como, veja só, a série "Tomb Raider", inspiração original para as aventuras de Drake e seus amigos.

"Tomb Raider" passou por um recomeço em 2013, trazendo uma Lara Croft mais jovem e menos habilidosa, que, mesmo milionária, passava longe da heroína infalível dos games mais antigos. Nos dois games mais recentes, Lara é uma aventureira mais realista, tanto no visual quanto nos movimentos e motivações: a "musa dos games" ganhou mais personalidade e uma história com a qual os fãs se importam.

O futuro de "Uncharted"

A aventura de Nathan Drake chegou ao fim com "A Thief's End", mas desde "Uncharted 2" ficou claro que o universo dos ladrões de tesouro da Naughty Dog não se limita ao herói nascido 10 anos atrás no PS3.

Assista à videoanálise de "Uncharted: The Lost Legacy"

Start

Lançado neste ano, o jogo mais recente da série, "Lost Legacy", é estrelado por Chole Frazier, de "Uncharted 2", e Nadine Ross, uma das vilãs de "Uncharted 4". A aventura se passa na Índia e é mais curta do que os outros jogos - até por ter surgido como expansão de "A Thief's End" - mas não deixa nada a dever aos games de Drake e mostra que a série pode seguir em frente com outros personagens.

Você pode jogar os games da série "Uncharted" no PS4: a coletânea "Uncharted: Nathan's Drake Collection" traz a trilogia do PlayStation 3 remasterizada. "Uncharted 4" e "Lost Legacy" são exclusivos do console atual da Sony.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Uncharted