PUBLICIDADE

Topo

Jogos de tiro podem causar danos ao cérebro, diz estudo

Divulgação
Imagem: Divulgação

Do UOL, em São Paulo

10/08/2017 11h32

Um novo estudo publicado pela Universidade de Montreal, no Canadá, sugere que games de tiro em primeira pessoa podem causar danos cerebrais aos jogadores.

No estudo, 100 pessoas jogaram 90 horas de games do gênero, incluindo títulos como "Call of Duty" e "Borderlands". Depois de jogarem, os voluntários foram examinados e o resultado foi que eles tinham menos massa cinzenta no cérebro do que as pessoas que não jogam games de tiro.

Segundo a pesquisa, jogos como "Call of Duty" ativam uma seção do cérebro chamada de "piloto automático", diminuindo o tamanho do hipocampo (que processa respostas emocionais e memória de longa duração), o que pode levar a perda de memória e depressão, entre outras coisas.

Em outro teste, os participantes jogaram games de quebra-cabeça 3D, como "The Witness", que exigem mais raciocínio e noção espacial. Esses jogos, segundo o estudo, causaram um aumento da massa cinzenta e o fortalecimento do hipocampo.

Vale notar, o estudo da Universidade de Montreal não é conclusivo e foi feito com uma quantidade limitada de pessoas.

ACOMPANHE UOL JOGOS NO YOUTUBE!

Start