PUBLICIDADE

Topo

Longe de "Minecraft", criador do game hoje se sente "isolado" em sua mansão

Notch (à esquerda) recebe os amigos na cozinha de sua mansão - Reprodução/Instagram
Notch (à esquerda) recebe os amigos na cozinha de sua mansão Imagem: Reprodução/Instagram

Pedro Henrique Lutti Lippe

Do UOL, em São Paulo

03/10/2016 16h55

Em 15 de setembro de 2014, a Microsoft anunciou que tinha comprado o estúdio responsável por "Minecraft". Foi um dia que não mudou muito nas vidas dos fãs do game - apesar da nova diretoria, o mais bem-sucedido jogo independente da história continuou igual. Mas o mesmo não pode ser dito sobre a vida de Markus "Notch" Persson, o desenvolvedor solitário que deu à luz o mundo virtual de blocos.

Quando concluiu a venda de sua startup, Notch tornou-se um bilionário. A Microsoft pagou US$ 2,5 bilhões por "Minecraft". Ele dividiu parte do dinheiro entre sua equipe e anunciou sua 'aposentadoria'. "Não é pelo dinheiro. É por minha sanidade", avisou, em pronunciamento feito na ocasião.

Em publicações nas redes sociais, Notch sempre relatou dificuldades em lidar com sua imagem pública. "Eu não quero ser um símbolo, responsável por algo enorme que eu não entendo (...) Eu sou um programador nerd que gosta de ter opiniões no Twitter", disse.

O sueco de 37 anos jurou nunca mais lançar comercialmente outro game. "Se eu acidentalmente criar algo que pareça ganhar tração, eu provavelmente abandonarei o projeto imediatamente", afirmou. Até a publicação desta nota, ele permanece fiel a sua palavra.

Notch trocou sua fria terra natal por uma mansão em Beverly Hills, que ele comprou com um lance de US$ 70 milhões, batendo propostas de famosos como o casal Jay-Z e Beyoncé.

Parede de doces da mansão do Notch - Reprodução/Instagram - Reprodução/Instagram
Modelo posa em frente à parede de doces da mansão de Notch
Imagem: Reprodução/Instagram

O novo lar de Notch tornou-se ponto de encontro para celebridades e a alta sociedade de Los Angeles. Com uma parede de doces e garagem espelhada com plataformas giratórias para supercarros, a mansão tornou-se cenário para cliques de famosos como Selena Gomez, Skrillex e Zedd no Instagram.

"Viajo para Ibiza com os amigos, festejo com gente famosa, faço o que eu quiser, mas nunca me senti tão isolado", admitiu Notch em um tuíte de agosto de 2015. "Eu achei uma garota legal, mas ela tem medo de mim e do meu estilo de vida, e preferiu seguir em frente com uma pessoa normal".

"Pessoas que tiveram sucesso repentino dizem que sentir tudo isso é normal e passageiro. É bom saber!", concluiu.

Ainda que conviva com grandes nomes da indústria de games, como Tim Schafer, John Romero, o ex-chefe criativo da Blizzard Rob Pardo e o dono da Respawn Entertainment Vince Zampella, Notch garante que não faz mais parte deste mundo.

No Twitter, ele interage com seguidores discutindo suas questões existenciais, sem revelar muito o que ele faz para passar o tempo. De certa forma, Notch hoje é apenas uma curiosa janela para esse mundo de jovens que tornaram-se ricos do dia para a noite com a internet.