Topo

Jogos mobile


Veja 5 jogos que vão deixar você mais inteligente

Théo Azevedo

Do UOL, em São Paulo

02/03/2015 10h12

Jogar videogame faz bem. De acordo com um estudo da Academia Americana de Pediatria, crianças que jogam até uma hora por dia costumam ser mais sociáveis do que aqueles que não cultivam tal hábito, o que contraria o discurso de que se divertir com videogame é um hábito antissocial.

E, quem diria, jogos como “StarCraft e a até mesmo “Call of Duty”, são capazes deixar você mais inteligente ou mesmo desenvolver habilidades motoras.

Veja só:

"StarCraft"
Versão mais recente: "Starcraft II: Heart of the Swarm"

Será que jogos de estratégia em tempo real, que envolvem gerenciar múltiplas tarefas ao mesmo tempo e lidar com recursos limitados, podem deixar você mais esperto? Um estudo conduzido pela Universidade do Texas colocou 72 mulheres estudantes, que nunca haviam tido contato com o game, para jogar “StarCraft” uma hora ao dia, durante 40 dias. Ao fim do processo, as participantes tiveram um significativo aumento na flexibilidade cognitiva, que está ligada à capacidade de encontrar soluções criativas para problemas e conciliar diferentes conceitos simultaneamente.

"Civilization"
Versão mais recente: "Civilization: Beyond Earth"

Em "Civilization", uma das séries de estratégia mais aclamadas de todos os tempos, o objetivo do jogador é dominar o mundo, conduzindo uma civilização desde os seus primórdios até a Era Espacial. A épica trajetória envolve descobrir novas tecnologias, administrar relações diplomáticas e até declarar guerra contra grandes líderes da História, dentre eles George Washington, Napoleão e Genghis Khan. Por isso, "Civilization" já foi alvo de vários estudos e experimentos, tendo sido utilizado em salas de aula como ferramenta de ensino.

"Call of Duty"
Versão mais recente: "Call of Duty: Advanced Warfare"

Você sabia que jogar "Call of Duty" pode torná-lo um melhor motorista? É o que concluiu um estudo feito pela Universidade de Toronto, que colocou 25 pessoas para jogar "CoD: Modern Warfare 3" por dez horas - nenhuma delas havia jogado o game até então. O resultado mostrou que jogar shooters em 1ª pessoa, mesmo que um pouquinho, pode aprimorar as ondas cerebrais envolvidas na atenção visual, que atuam de forma vital em tarefas como... isso mesmo, dirigir. Outro estudo da mesma universidade mostrou que "Call of Duty" também melhora a capacidade de aprender novas habilidades motoras como as que entram em ação, por exemplo, em cirurgias por laparoscopia, que exigem enorme precisão manual para controlar instrumentos cirúrgicos remotamente.

"SimCity"
Versão mais recente: "SimCity"

"SimCity" é um dos games que melhor ensina a lidar com recursos limitados e com as consequências de decisões complexas. Não é fácil - mas é muito divertido - lidar com planejamento urbano, decidindo como zonear áreas urbanas, comerciais e industriais, além de manter serviços públicos e transporte. Por isso mesmo "SimCity" é outro daqueles jogos que coleciona historias de participação em salas de aula, como para aprender sobre arquitetura, urbanismo etc.

"Minecraft"
Versão mais recente: "Minecraft"

Com mais de 60 milhões de cópias vendidas (e contando), "Minecraft" é um fenômeno. Trata-se de um amplo mundo virtual composto por blocos que representam madeira, terra, água, pedras e por aí vai. A partir disso, como um "LEGO da nova geração", os jogadores constroem, exploram e travam combates, seja pela aventura da sobrevivência ou simplesmente para expressar criatividade. O jogo tem sido utilizado para educar crianças desde programação até planejamento de cidades. "'Minecraft' ensina as crianças sobre noção espacial, construção e compreensão do planejamento" disse Eric Klopfer, professor do MIT (Massachusetts Institute of Technology) ao site Raise Smart Kid.

Mais Jogos mobile