PUBLICIDADE

Topo

Brasileiro prepara livro sobre jogos antigos com apoio de designers famosos

Pablo Raphael

Do UOL, em São Paulo

05/02/2015 11h50

Fã de jogos de computador desde a infância, em especial pelo gênero RPG, o publicitário Felipe Pepe (27), de São Paulo (SP) decidiu levar a paixão pelo tema um passo adiante e contar a história desses games em um livro. Não é pouca coisa: com 400 páginas, o CRPG Book terá artigos sobre quase 300 jogos.

"Eu faço parte do RPG Codex, um fórum especializado em RPGs de PC, e no começo de 2014 organizei uma votação para listar os melhores RPGs de todos os tempos. A ideia era fugir dos 'Top 10' tradicionais e buscar jogos fantásticos mas pouco conhecidos, como 'Albion', 'Geneforge' ou 'Heroine's Quest'. O resultado foi um fantástico guia de recomendações de RPGs escrito por mais de 100 colaboradores, listando 72 RPGs, com imagens, fata de lançamento, fotos da caixa e tudo mais", contou Felipe ao UOL Jogos.

"Daí partiu a ideia de expandir o artigo, criando um livro que condense as informações que hoje estão espalhadas por centenas de fóruns, sites, wikis e pessoas. O propósito do livro é informar sobre a história e evolução do gênero, recomendar jogos e ajudar as pessoas a aproveitarem esses games, sugerindo mods, updates e patches", disse o publicitário.

  • Divulgação

    Felipe estima já ter gasto aproximadamente de R$ 700 em material de pesquisa e quase mil horas dedicadas ao projeto, que não tem fins lucrativos.

Felipe não está sozinho nessa aventura. O brasileiro é o organizador do CRPG Book, mas o projeto conta com colaboradores em todo o mundo. "Dez, quinze anos atrás seria difícil fazer isso morando no Brasil, mas hoje, com a internet, é fácil interagir com pessoas do mundo todo", disse. "A única coisa que me atrapalhou foi a falta de material de pesquisa, isso me custou uma boa grana com importação de livros, manuais e guias".

Participações especiais

Entre os 80 colaboradores do CRPG Book estão figuras ilustres: Tim Cain (designer e programador do primeiro "Fallout") e Chris Avellone (designer de "Fallout 2"). Ambos os designers são considerados lendas entre os programadores e fãs de RPGs clássicos e com Felipe não é diferente. "Passei centenas de horas com os jogos deles quando morava no interior e não tinha internet... nunca imaginei que um dia conversaria com eles, muito menos que criaria um projeto com a participação deles".

"Também é legal por ver como além de serem desenvolvedores famosos, eles também são fãs como nós. Cada tem um jogo que admira, que o influenciou e o motivou a trabalhar na indústria. Acho interessantíssimo, por exemplo, saber que Tim Cain criou o mundo aberto e não-linear de 'Fallout' inspirado na exploração espacial de 'Star Control 2'".

É justamente sobre "Star Control 2" que Tim Cain escreve no livro. Já Avellone fala sobre "Wasteland", RPG pós-apocalíptico que também serviu de inspiração direta para a franquia "Fallout". Entre outros envolvidos no projeto estão Ian Frazier (de "Kingdoms of Amalur" e do próximo "Mass Effect").

  • Divulgação

    As primeiras 100 páginas do CRPG Book já podem ser baixadas pelo público

Digital e gratuito

Inicialmente, o CRPG Book será distribuído em formato digital e gratuito. "Gostaria de disponibilizar o livro de todas as maneiras possíveis, mas ainda preciso estudar mais isso. Até onde eu sei, a Amazon e o iTunes não distribuí livros sem fins lucrativos", explicou Felipe, que espera ter o conteúdo do livro pronto nos próximos 6 meses.

Questionado sobre lançar o CRPG Book em português, o publicitário explica que não é uma tarefa fácil: "Gostaria muito de fazer e acho que o país carece desse tipo de conteúdo, mas seria um trabalho enorme. O livro tem mais de 400 páginas, muitos termos técnicos difíceis de traduzir e um layout com pouco espaço para mudanças. E ainda há o fato de que mesmo com o livro traduzido, a grande maioria dos jogos mencionados só existe em inglês".

"O fato de ser um projeto sem fins lucrativos também dificulta um pouco. Não posso simplesmente vender para uma editora ou pagar um tradutor profissional, teria que traduzir o livro sozinho ou com a ajuda de voluntários. Mas a edição física existirá sim, nem que seja uma tiragem limitada, impressa sob demanda ou financiada pelo Catarse".

Uma  versão prévia do CRPG Book está disponível para download, em um arquivo com as 100 primeiras páginas do projeto. "Essa versão já foi baixada 14 mil vezes", contou o autor. "Gostaria que as pessoas lendo esta reportagem também baixassem a prévia, dessem uma olhada e e compartilhassem sugestões. Ajuda muito na hora de corrigir defeitos!"