Topo

Agora por R$ 299, Zeebo está a venda em todo o país

Zeebo aposta em novo preço para aumentar vendas -
Zeebo aposta em novo preço para aumentar vendas

16/11/2009 15h18

A Tectoy anunciou a queda de preço do Zeebo, videogame produzido em parceria com a americana Qualcomm. Agora, o console passa a ser vendido em todo o país e tem preço sugerido de R$ 299. Trata-se de uma estratégia de preço visando o Natal, quando o comércio fica mais aquecido.

Até lá, o Zeebo pretende ter mais 15 títulos, entre eles dois games da linha de esportes radicais - "Zeebo Extreme Boia Cross" e "Zeebo Extreme Jet Board" - e mais dois títulos para o controle de gestos Boomerang, com temáticas de vôlei e queimada.

Com esse games, a companhia pretende atingir um catálogo de 40 títulos até o final do ano. Para 2010, o objetivo é ter mais de cem títulos, de acordo com Sergio Buch Jr., gerente de negócios da Tectoy.

Para Fernando Fischer, executivo-chefe da companhia, foi o lançamento do videogame no mercado mexicano, ocorrido no começo do mês, que permitiu baixar o preço no Brasil. "Com as vendas no mercado mexicano, os componentes do Zeebo passam a ser produzidos em maior escala e por um custo menor, o que torna possível a redução do preço do videogame em todo o mundo”, comentou.

Videogame nacional

O Zeebo, fabricado nas instalações da Tectoy em Manaus, representa o fim da mídia física: todos os games serão armazenados no disco rígido do aparelho, e baixados através de uma rede 3G proprietária em parceria com a Claro.

Para comprar novos jogos é necessário adquirir Z-Credits, a moeda virtual do Zeebo, e eles podem ser comprados por meio de cartão de crédito, cartão de débito, boleto bancário ou débito em conta corrente. A faixa de preço dos jogos varia de R$ 9,90 a R$ 29,90. O Zeebo foi lançado em maio no Rio de Janeiro e em lojas online, por R$ 499, e, em setembro, baixou o preço para R$ 399.

Conheça o Zeebo, videogame desenvolvido pela Tectoy
Mais
Zeebo é lançado no México
Preço oficial do Zeebo cai para R$ 399
Zeebo é lançado oficialmente no Brasil

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Start