PUBLICIDADE

Topo

GGWP

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Rainbow Six Siege: Team oNe vai da magia ao ouro no Major do México

Team oNe Rainbow Six - Divulgação/Team oNe
Team oNe Rainbow Six Imagem: Divulgação/Team oNe
Conteúdo exclusivo para assinantes
Leo Bianchi

Leo Bianchi é jornalista, já foi repórter e apresentador do Globo Esporte. É apaixonado por competição e já cobriu Copa do Mundo, Fórmula 1, UFC e mundiais de CS:GO, R6, FIFA, Just Dance e Free Fire. Também é youtuber e pro-player frustrado. No GGWP você encontra análise dos cenários competitivos no Brasil e no mundo, além dos bastidores do universo envolvendo times, jogadores e novidades em geral.

Colunista do UOL

30/08/2021 11h15

No futebol, certas frases ou expressões estão diretamente ligados a determinadas equipes. Basta falar "Timão", por exemplo, que você pensa logo no Corinthians. "Estrela Solitária" ou "Cruz de Malta" se referem a Botafogo e Vasco, respectivamente.

Nos eSports, o Team oNe está atrelado a um lema simples, mas muito significativo: "Acredita na Magia". E, nesse fim de semana, com a vitória no Major do México de Rainbow Six Siege, eles realmente pareceram mágicos.

A organização já havia se notabilizado pelo título da Segunda Etapa do CBLOL em 2017, o que os levou a representar o Brasil no Worlds; e pelo crescimento da line up de Counter-Strike: Global Offensive, que deixou o país para alçar voos maiores na América do Norte. Mas o troféu no Major de R6 colocou Team oNe em outro patamar, escrevendo o maior capítulo de sua história.

"É engraçado dizer, mas o Major significou literalmente tudo para nós. Estamos desde 2017 buscando um título mundial de grande expressão, e ele veio. Isso carimba todo nosso trabalho duro, expectativas e metodologia de trabalho. É como se fosse um certificado de qualidade. Foi muito suor e sangue derramado por cada peça de dentro da empresa", contou Bruno "Buzz", COO da Team oNe, em entrevista ao GGWP.

Após não ficar entre as selecionadas para o sistema de parcerias a longo prazo proposto pela Riot Games para o CBLOL, a Team oNe passou a focar totalmente nos FPS, sigla em inglês para jogos de tiro com perspectiva em primeira pessoa. O Rainbow Six Siege tornou-se o "carro-chefe" da organização, que chegou ao topo do mundo meses após também varrer o Six Invitational, alcançando as três primeiras posições.

"Optamos por manter muito foco nessas modalidades antes de expandir, e as nossas expectativas são as melhores. Estamos buscando marcar nosso nome em todas as modalidades que disputamos. Entramos em algo para fazer muito bem feito e para brigar pelo topo sempre. Caso contrário, ficamos fora", complementou Buzz.

O caso da Team oNe é uma prova de como as organizações de esportes eletrônicos podem, a longo prazo, se reinventar para não ficarem presas a um único cenário competitivo. Não há qualquer problema em um game específico, mas é necessário sempre olhar o mercado de forma atenta. Os Golden Boys se desenvolveram e criaram "cancha" no Rainbow Six até atingir o topo do mundo.

A "magia" não é só marketing. É a criação de uma imagem sustentada por muito trabalho e capacidade de se levantar. Fundador e CEO da Team oNe, Alexandre "Kakavel" sempre teve um método próprio de cativar os funcionários e mostrar que a organização agrega uma "cultura familiar" ao mercado: seguir em frente e dar a volta por cima.

Aliás, voltando a falar de CBLOL, vale lembrar: o sistema de franquia pode contemplar mudanças ao longo dos anos... E os Golden Boys não desistiram.

"Retornar ao CBLOL é e sempre foi nosso objetivo, pois nossa ascensão começou no League of Legends e estamos prontos para voltar a qualquer momento. Infelizmente não fomos aceitos na franquia, mas estamos mostrando que onde colocamos a mão trazemos resultados expressivos. Isso deve ter algum valor aos olhos da Riot", finalizou Buzz.

SIGA O START NAS REDES SOCIAIS

Twitter: https://twitter.com/start_uol
Instagram: https://www.instagram.com/start_uol/
Facebook: https://www.facebook.com/startuol/
TikTok: https://www.tiktok.com/@start_uol?
Twitch: https://www.twitch.tv/startuol

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL