PUBLICIDADE

Topo

GGWP

Time de eSports de Casemiro mostra profissionalismo e visão a longo prazo

O volante do Real Madrid é apaixonado pelo jogo Counter-Strike - Juan Medina/Reuters
O volante do Real Madrid é apaixonado pelo jogo Counter-Strike Imagem: Juan Medina/Reuters
Leo Bianchi

Leo Bianchi é jornalista, já foi repórter e apresentador do Globo Esporte. É apaixonado por competição e já cobriu Copa do Mundo, Fórmula 1, UFC e mundiais de CS:GO, R6, FIFA, Just Dance e Free Fire. Também é youtuber e pro-player frustrado. No GGWP você encontra análise dos cenários competitivos no Brasil e no mundo, além dos bastidores do universo envolvendo times, jogadores e novidades em geral.

Colunista do UOL

01/11/2020 09h00

Não é mais novidade para ninguém que acompanha minimamente eSports que Casemiro, além de um dos melhores volantes do mundo, também é fã de Counter Strike: Global Offensive. O jogador do Real Madrid e da seleção brasileira já recebeu em sua casa, na capital espanhola, Gabriel "FalleN" e companhia à época da MiBR. Agora, o profissional optou por uma interessante escolha: investir no mercado de games, justamente a começar pelo CS:GO. Um caminho já seguido por figuras como Ronaldinho Gaúcho, Ruud Gullit e Mesut Özil e outros.

A Case Esports, como foi batizada a organização fundada por Casemiro, surgiu de uma diversão do volante, mas que ele levou para o lado profissional. É interessante observar que o jogador não entrou no cenário competitivo "por entrar", ou simplesmente para reforçar sua imagem diante de um público diferente, mas sim para trabalhar de forma relevante e verdadeiramente em alto nível.

"A equipe nasceu de um hobby que tenho e gosto muito, mas que quis levá-lo para um lado profissional, e como em minha carreira, quero que eles sejam os melhores. Sei que criar uma equipe nova e ganhar títulos levará tempo e necessitará de muito trabalho, mas espero que os jogadores e os fãs desfrutem muito deste projeto", resumiu o jogador.

As contratações de Casemiro para a equipe, que competirá na Espanha, já dão o tom de que o investimento projeta resultados imediatos e também um projeto a longo prazo. O elenco é encabeçado por Paulo "land1n", ex-paiN Gaming e tricampeão da Gamers Club Masters. O jogador é considerado uma das principais revelações do cenário nacional e terá a companhia de Yan "yepz", Denis "dzt", Felipe "delboNi" e Vinicius "n1ssim".

Casemiro já tem um contexto no cenário gamer. É patrocinado pela HyperX - marca que será responsável por fornecer os equipamentos da bela estrutura projetada por sua equipe. Além de um gaming office, escritório dedicado aos treinamentos e à criação de conteúdo, o grupo também terá à disposição uma gaming house —com quartos individuais e funcionários dedicados ao dia a dia da organização. Marcas de um profissionalismo indispensável para quem quer investir no cenário.

Quero que os jogadores estejam muito à vontade dentro e fora das competições, e para isso quis lhes dar as melhores instalações e conforto necessários para que estejam felizes enquanto estejam jogando
Casemiro, jogador do Real Madrid

Além de contar com a proximidade de ídolos do calibre de FalleN e coldzera, que já mandaram seus recados à nova equipe (veja recado de FalleN abaixo), Casemiro está cercado de profissionais competentes, para uma experiência que só tem a acrescentar ao Brasil nos eSports. A figura carismática do volante, revelado pelo São Paulo, certamente facilitará a aproximação dos fãs de CS:GO com seu time e será mais um motivo de orgulho para o país no game que tanto nos trouxe alegrias.

FalleN manda recado para Casemiro

Start

Além disso, quem acompanha o cenário assiduamente sabe que não se trata de um aventureiro querendo "surfar na onda" dos eSports. Pelo contrário. A montagem da equipe, da estrutura e de tudo que envolve sua nova marca já deixam claro que o profissionalismo de Casemiro no futebol se estenderá ao seu novo investimento - que pode se tornar um caminho para cada vez mais companheiros de profissão dele, com um trabalho tão sério quanto. O esporte eletrônico brasileiro agradece.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL.