PUBLICIDADE
Topo

Nunca exibido em público, quadro de Van Gogh é leiloado por R$ 93 milhões em Paris

O quadro "Cena de rua em Montmartre", de Van Gogh, nunca foi exibido em público - STEPHANE DE SAKUTIN/AFP
O quadro 'Cena de rua em Montmartre', de Van Gogh, nunca foi exibido em público Imagem: STEPHANE DE SAKUTIN/AFP

Da RFI

25/03/2021 14h55

Uma pintura de Vincent Van Gogh, nunca antes exibida em público, foi leiloada hoje na Sotheby's em Paris, batendo todos os recordes esperados pela organização do evento. Inicialmente estimado em um valor entre £ 5 milhões (aproximadamente R$ 33 milhões) e £ 8 milhões (aproximadamente R$ 53 milhões), o quadro "Cena de rua em Montmartre", oriundo de uma coleção particular, foi vendido por £ 14 milhões (aproximadamente R$ 93 milhões).

"Cena de rua em Montmartre" foi pintada pelo mestre holandês em 1887, quando ele vivia em Paris com o irmão Théo. O óleo sobre tela acaba de ser recuperado de uma coleção particular, nunca aberta ao público.

Poucos eleitos viram o quadro pessoalmente, mas ele foi retratado em um catálogo que lista a obra do artista. "A pintura esteve em mãos de particulares há mais de um século, foi adquirida pela família na década de 1920 e nunca saiu daquela casa até hoje", disse Claudia Mercier, leiloeira, em entrevista à France Info.

Vincent Van Gogh se afirma como um "superstar" da arte pós-impressionista. Suas pinturas se tornaram ícones e ele corresponde à imagem do "artista maldito": se agrediu em um acesso de loucura, suicidou-se aos 37 anos. Quando, por algum "milagre", uma de suas pinturas reaparece em leilão, trata-se de um acontecimento na cena europeia.

Uma pintura surpreendente

O curioso, segundo Mercier, é que "esse Van Gogh não se parece com um Van Gogh". "Um moinho, árvores, o campo... Parece sua Holanda natal, mas é a colina de Montmartre do lado do jardim, quando Vincent mora em Paris", explicou.

Enquanto os pintores da mesma época, como Toulouse-Lautrec ou Degas, escolheram representar os cabarés e o festivo bairro parisiense de Montmartre, Van Gogh, ainda desconhecido, optou por uma visão muito mais pessoal e intimista do local. Uma imagem eternizada pelas mãos do artista e leiloada nesta quinta-feira por uma pequena fortuna, em Paris.