PUBLICIDADE
Topo

Ricardo Feltrin

Exclusivo: "Lives" pagas de Gusttavo e Safadão faturam R$ 5 milhões

Wesley Safadão e Gusttavo Lima  - Reprodução/Instagram
Wesley Safadão e Gusttavo Lima
Imagem: Reprodução/Instagram
Ricardo Feltrin

Ricardo Feltrin é colunista do UOL desde 2004. Trabalhou por 21 anos no Grupo Folha, como repórter, editor e secretário de Redação, entre outros cargos.

Colunista do UOL

13/06/2021 00h09

Dois dos maiores artistas populares brasileiros reuniram duas multidões de fãs nos últimos dias 4 e 5, na estreia da do ZoOme Hall at Teatro B32, em São Paulo.

O ZoOme é a plataforma de transmissão do teatro tecnológico dedicado a produzir e exibir shows e "lives" pagas. O espaço faz parte de um complexo idealizado pelo empresário Rafael Birmann e que custou mais de R$ 1,2 bilhão. Inclui, além do teatro, prédio empresarial de alta tecnologia e outros espaços.

O teatro conta com um dos melhores sistemas de áudio, vídeo e cenários da América Latina. Só sua construção custou mais de R$ 120 milhões.

160 mil "ingressos"

Safadão e Lima reuniram nada menos que 160 mil espectadores, segundo a assessoria da casa revelou à coluna.

Como os ingressos eram vendidos a R$ 29,90 a estimativa é de que os dois shows virtuais possam ter arrecadado quase R$ 5 milhões.

Os cálculos são desta coluna e esse valor pode ser um pouco maior ou menor. A assessoria, no entanto, se recusou a falar de montantes ou de como o faturamento é dividido entre contratantes e contratados.

Apesar de ser um faturamento enorme é bom lembrar que há também um custo imenso para a produção desses shows, que envolvem centenas de pessoas. Fora o custo da casa em si.

De qualquer o teatro prova que deverá ser altamente rentável. Presencialmente, ela tem capacidade para 500 pessoas (sendo 300 na plateia e 200 nos camarotes).

Futuro será híbrido

Para o CEO da plataforma ZoOme, Ricardo Kurtz, com a vacinação e progressiva volta de shows presenciais, o modelo do futuro deverá ser o de shows "híbridos": com público virtual e presencial ao mesmo tempo.

"Esse formato traz aos artistas vantagens de melhor monetização, já que além dos ingressos presenciais, também vendem ingressos online e sem limites", diz ele.

"Para o público, por sua vez, o formato possibilita 'ir' aos shows de seus artistas favoritos, independentemente da localização, e com um custo menor", afirma Kurtz.

O teatro tem ainda uma câmera 360 graus para quem deseja assistir aos shows em realidade aumentada.

As próximas apresentações serão de Xand Avião, Jonas Esticado e Simone e Simaria, ainda esse mês --mas sem datas definidas ainda.

Anderson Silva

No dia 19 a plataforma também vai transmitir o retorno de Anderson Silva aos ringues, em uma luta que acontecerá no México --e também no formato pay-per-view.

A casa também está em negociação com algumas peças de teatro e outras produções de entretenimento.

Ricardo Feltrin no Twitter, Facebook, Instagram e site Ooops