PUBLICIDADE
Topo

Ricardo Feltrin

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Serviço de streaming gratuito estreia conteúdo para 'pimpolhos'

Novo serviço de streaming exibe o desenho "Os Smurfs" em sua versão "raiz" (episódios antigos) - Reprodução / Internet
Novo serviço de streaming exibe o desenho "Os Smurfs" em sua versão "raiz" (episódios antigos) Imagem: Reprodução / Internet
Ricardo Feltrin

Ricardo Feltrin é colunista do UOL desde 2004. Trabalhou por 21 anos no Grupo Folha, como repórter, editor e secretário de Redação, entre outros cargos.

Colunista do UOL

07/04/2021 07h11

Estreia no um novo serviço de streaming gratuito e dedicado a crianças até 12 anos. Trata-se do VixTV Kids, que ainda está em fase inicial, mas já pode ser acessado pelo público.

O Vix foi lançado no ano passado e é uma opção para quem não quer pagar pelo serviço e também não se importa em ver publicidade enquanto assiste.

Na estreia do Kids há uma animação "raiz": "Os Smurfs", com os episódios originais dos anos 80. Além desse há a série "Hello Kitty e Amigos", além de "A Galinha Pintadinha.

O catálogo é dividido nas seções "Pequeninos" (até 3 anos), "Vix Kids Jr." (3 a 6 anos) e "Aventura e Diversão" (acima de 6 anos) além de "Hora do Cineminha", para a família curtir junto no sofá.

O serviço já está disponível na web e em aplicativos para celular e dispositivos como Amazon Fire, Apple TV, Roku e Android TV. O endereço na web é www.vix.com/tv

Streaming gratuito para adultos

A versão adultos" do serviço tem alguns filmes até que razoáveis para quem gosta de ação sem compromisso (como "Assassino a Preço Fixo", com Jason Statham), mas seu acervo não chega nem perto do acervo dos concorrentes ainda.

O mesmo vale para a versão Kids. Mas, para uma plataforma gratuita ainda incipiente, não é possível ter altas expectativas.

Além do Vix, outro serviço de streaming gratuito já no Brasil é a Pluto TV (pluto.tv), que também chegou ao país no ano passado.

A Pluto tem um inventário imensamente maior que o Vix, mas ainda apresenta problemas básicos de navegação (não tem janela de busca, entre outras coisas).

O consumo de streaming no mundo e no Brasil tem disparado nos últimos tempos, em detrimento da TV por assinatura, que só em janeiro último perdeu mais de 180 mil assinantes.

Ricardo Feltrin no Twitter, Facebook, Instagram e site Ooops