PUBLICIDADE
Topo

Ricardo Feltrin

TV paga: Arte 1 faz 8 anos e põe Grupo Band na era do streaming

Egberto Gismonti pode ser visto (e ouvido) no "Jazz Icons", no canal Arte 1, do Grupo Band - Fernando Lutterbach
Egberto Gismonti pode ser visto (e ouvido) no "Jazz Icons", no canal Arte 1, do Grupo Band
Imagem: Fernando Lutterbach
Ricardo Feltrin

Ricardo Feltrin é colunista do UOL desde 2004. Trabalhou por 21 anos no Grupo Folha, como repórter, editor e secretário de Redação, entre outros cargos.

Colunista do UOL

07/11/2020 06h57

No próximo dia 1º o canal Arte 1 completa oito anos. Para quem gosta de música, pintura, cinema, dança, biografias de celebridades e artes em geral, é de longe o que de melhor a TV paga no Brasil tem a oferecer.

Disponível em pacotes intermediários de todas as operadoras, o "aniversariante" Arte 1 também anotou outro feito: é o primeiro canal da Band a ter chegado de fato ao streaming, pela plataforma Looke.

O Grupo Band também prepara sua própria plataforma para oferecer streaming, mas o canal já saiu na frente.

A grade de programação do Arte 1 foi pensada de forma a alcançar todos os ramos das artes.

O "Em Movimento", por exemplo, traz boletins sobre as últimas notícias e tendências dos movimentos artísticos no Brasil.

O "In Concert", como o nome já diz, coloca na tela todo tipo de shows gravados pelo mundo.

E não fica só na música clássica. É possível a assistir a grandes shows de blue, jazz, MPB e eventualmente até pop.

Em "Autorretrato", os artistas mostram seu cotidiano criativo gravados com suas próprias câmeras.

Já em "Inspirações" o objetivo é saber quais são as referências famosas dos próprios artistas.

Para ninguém reclamar, o canal teve até um reality show: o "Arte na Fotografia", em que os participantes são desafiados em suas técnicas, habilidades e sensibilidades por dois curadores.

Trata-se de um canal de grande qualidade, 24 horas por dia.

Ora você assiste a uma biografia incrível sobre Von Karajan, ora assiste a um show antológico do Earth, Wind & Fire; num momento sabe tudo sobre os últimos lançamentos do cinema no país (programa "Multiplex"), no outro vê um documentário sobre guitarras.

Há mais de seis anos por trás do Arte 1 está um idealista e apaixonado: Caio Luiz de Carvalho, diretor do Grupo Band, que aposta num produto cheio de cultura, informações e, também, muita classe.

Algo cada vez mais em falta na TV brasileira. Seja aberta ou paga.

Ricardo Feltrin no Twitter, Facebook, Instagram e site Ooops

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL