PUBLICIDADE
Topo

Ricardo Feltrin

Com "A Fazenda" e conteúdo ao vivo, Record vira 2ª isolada no ibope

Elenco de "A Fazenda 12" reunido no 1º dia de confinamento  - Reprodução / Internet
Elenco de "A Fazenda 12" reunido no 1º dia de confinamento Imagem: Reprodução / Internet
Ricardo Feltrin

Ricardo Feltrin é colunista do UOL desde 2004. Trabalhou por 21 anos no Grupo Folha, como repórter, editor e secretário de Redação, entre outros cargos.

Colunista do UOL

03/11/2020 15h12

Após 42 meses a Record voltou a ser a vice-líder isolada de audiência na Grande São Paulo —principal praça da publicidade— , nas 24 horas do dia.

Mais: foi a única TV aberta que registrou crescimento no ibope em relação não só ao mês anterior (setembro), mas a outubro do ano passado.

A Record já liderava as 24 horas do dia no PNT (Painel Nacional de Televisão), que mensura as 15 maiores regiões metropolitanas do país.

Porém, em São Paulo ela não batia o SBT desde o início de 2017.

Motivo: o SBT sempre teve a vantagem e abria distância durante as madrugadas, quando a Record tem a presença de igreja e seu ibope cai.

A diferença nas madrugadas acaba influenciando a média geral.

Pois em outubro a Record fechou a média das 24 horas com 5,3 pontos, contra 5,0 do SBT (Globo liderou com 12,4 pontos).

A vitória parece pequena mas tem um grande simbolismo, pois o SBT também se apegava aos décimos de ibope para ainda se proclamar como vice-líder.

Das 7h à meia-noite

Já no chamado horário comercial —que vai das 7h à 0h, e concentra quase 85% de toda a publicidade—, a Record manteve a vice-liderança habitual com 6,7 pontos.

O SBT fechou com 5,8 pontos (fora da margem de erro, portanto, já que esses são números consolidados).

A Globo, como sempre, liderou com 14,8 pontos nesse horário.

Cada ponto nessa medição vale por cerca de 75 mil domicílios.

Todas as medições foram feitas pela Kantar Ibope Media e obtidas pela coluna junto a fontes nas emissoras. A Kantar não pode divulgar esses índices à imprensa, porque questões contratuais

Disparada no horário nobre

Com jornalismo, novela e "A Fazenda", que está "bombando" no ibope, o horário nobre foi onde a Record mais se destacou no mês passado: 8,9 pontos contra 6,7 pontos do SBT na Grande São Paulo.

No Painel Nacional de Televisão ela também ganhou: 4,6 x 4,0 do SBT.

A emissora de Silvio Santos ocupa agora o 3º lugar "isolado" no ibope da TV, tanto na média nacional como na de São Paulo.

O motivo óbvio é o excesso de reprises e de conteúdo "frio", já que a emissora foi uma das mais afetadas pela Covid 19.

A última vítima do coronavírus no SBT foi Ratinho.

Ricardo Feltrin no Twitter, Facebook, Instagram e site Ooops