PUBLICIDADE
Topo

TV conta história de professora que morreu para salvar crianças

Heley Abreu Batista - Reprodução
Heley Abreu Batista Imagem: Reprodução
Ricardo Feltrin

Ricardo Feltrin é colunista do UOL desde 2004. Trabalhou por 21 anos no Grupo Folha, como repórter, editor e secretário de Redação, entre outros cargos.

Colunista do UOL

12/09/2020 00h09

Três anos atrás, em outubro, o Brasil assistiu a um dos mais horrorosos crimes já vistos: um perturbado vigilante da creche Gente Inocente, localizada em Janaúba, Minas Gerais, incendiou uma sala cheia de crianças e ateou fogo a si mesmo.

Damião Soares dos Santos estava afastado do trabalho na escola e com sérios problemas de saúde mental, mas entrou assim mesmo, invadiu uma sala de aula cheia de crianças, trancou a porta, jogou gasolina nas crianças, em si mesmo e ateou fogo.

Resultado: 12 crianças mortas e mais de 30 feridas.

Uma mulher gigante

A tragédia só não foi ainda maior porque uma professora da escolinha, Heley de Abreu Silva Batista se atirou sobre o criminoso em chamadas e ficou agarrada com ele em meio ao fogo, para que não machucasse mais ninguém.

Estima-se que Heley salvou a vida de pelo menos 25 outras crianças, mas não consegui manter a própria, morreu horas depois com mais de 90% do corpo queimado (o vigia também morreu, portanto, 14 mortos no total).

Com o país ainda chocado, a professora Heley foi enterrada com honras, como heroína.

A história dessa mulher do nascimento até esse incrível ato ao mesmo tempo de coragem e de generosidade será contado no documentário "Inesquecivel", da TV Escola.

Apresentado por Carlos Vereza, com reportagem do próprio presidente da TV e da fundação Roquette Pinto, Francisco Câmpera, o documentário estreia no próximo dia 21, às 21h no canal (que pode ser visto gratuitamente de várias formas, veja no final do texto)

"Inesquecível" será reprisado em vários horários até o dia 5 de outubro, quando completar-se-ão 3 anos da morte dessa mulher incrível, desse ser humano raríssimo.

Heley de Abreu foi transformada também em símbolo e "patrona" da TV Escola.

Filme: "Inesquecível" (a história da professora Heley de Abreu)
Onde: TV Escola
Quando: Dia 21 de setembro a 5 de outubro
Horário: Dia 21 às 21h

Como assistir a TV Escola

A TV Escola está em canal aberto digital em Brasília (Canal 2.3), Rio de Janeiro (Canal 2.3), São Paulo (Canal 1.3 ou 62.3) e para todo Brasil na parabólica digital.

Internet: https://tvescola.org.br/
Youtube: https://www.youtube.com/tvescola
Facebook: https://www.facebook.com/tvescola

Ricardo Feltrin no Twitter, Facebook, Instagram e site Ooops

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL