PUBLICIDADE
Topo

Ricardo Feltrin

Canais Discovery batem recorde de participação na TV paga

Divulgação
Imagem: Divulgação
Ricardo Feltrin

Ricardo Feltrin é colunista do UOL desde 2004. Trabalhou por 21 anos no Grupo Folha, como repórter, editor e secretário de Redação, entre outros cargos.

Colunista do UOL

16/01/2020 10h23Atualizada em 16/01/2020 13h50

Os canais do Grupo Discovery fecharam o ano passado com a maior participação de sua história no total de TVs pagas ligadas no país.

Os canais atingiram 14,69% de share (de cada 100 TVs quase 15 sintonizando o portfólio) e também bateram o recorde histórico de permanência média diária dos telespectadores —86 minutos.

Os dados foram calculados pela Kantar Ibope Media.

Mesmo com a TV paga em crise e sangrando assinantes, ainda assim canais como Discovery Kids, Channel, Home & Health tiveram grande desempenho e terminaram o ano passado entre os 10 canais mais vistos da TV por assinatura brasileira.

O Discovery Channel, por exemplo, cresceu pelo sexto ano consecutivo. O TLC tamb´pem teve o melhor ano entre o público feminino com mais de 18 anos.

O TLC só perde nessa categoria —estilo e beleza— para outro canal do grupo, o H&H —que cresceu 7% no ano passado e líder entre mulheres de 25 a 54 anos.

Entre os programas mais vistos do H&H estão duas produções canadenses: "Irmãos à Obra" e "Vancouver: Ame-a ou Deixe-a".

"Foi um ano de consolidação e confirmação da força de nosso portfólio voltado ao público feminino", diz Monica Pimentel, VP de Conteúdo da Discovery no Brasil.

Ricardo Feltrin no Twitter, Facebook e site Ooops

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL